Sexta-feira, 26 DE Fevereiro 2010

Francisco José Rodrigues da Costa, conhecido no mundo do futebol como Costinha acabou de ser apresentado como 4º director desportivo para a área do futebol do Sporting Clube de Portugal na presente época.

 
Como futebolista, Costinha representou grandes clubes e disputou campeonatos importantes, tendo ganho vários troféus a nível interno e grandes competições internacionais. Também conseguiu um lugar de destaque na selecção de Scolari, sendo um dos capitães e habitual convocado, mesmo quando não jogava no clube que representava na altura.
A experiência que ganhou como futebolista e a sua maneira de ser (para além do respeito que ganhou como um dos capitães da selecção, ganhou ainda a alcunha de “o ministro”) deixam boas perspectivas para esta nova carreira.
No entanto, será que é o homem certo para esta posição? Penso que não..
Em primeiro lugar, é a primeira vez que Costinha vai experimentar este tipo de funções, sendo que ainda há pouquíssimo tempo era jogador de futebol. Para além de ser completamente inexperiente, vai trabalhar num clube que nunca representou (embora seja aparentemente o seu clube do coração), pelo que desconhece a forma de trabalhar e de funcionar do clube.
Por outro lado, chega ao clube numa altura em que o Sporting vive uma das suas piores fases desportivas, com grande instabilidade (em 4 ou 5 meses, este será a 4º pessoa a exercer esta função), com um treinador que segundo o presidente está dependente de resultados e que não foi a primeira escolha, com uma direcção que começa a ser bastante criticada, com uma equipa que tirando a taça Europa, luta apenas por manter o 4º lugar,.. Penso que dificilmente se conseguiriam reunir piores condições no clube!
 
Posto isto, penso que Costinha se possa ter precipitado ao aceitar este cargo e que o Sporting deveria ter escolhido alguém mais experiente e mais familiarizado com a função e o clube para levar esta função a bom porto!
publicado por Spaceship às 18:39

 

Meus Caros,
 
Encontrei um texto do jornalista Jorge Maia que, por economia de tempo utilizo fazendo minhas as palavras dele para descrever o que senti ontem ao saber as nomeações dos árbitros desta jornada. Aqui fica:
Esta jornada é decisiva para o FC Porto. Aliás, sem margem de erro na luta pelo título, todas as jornadas são decisivas para o FC Porto, mas esta será particularmente complicada. Como é que eu sei? Porque a Comissão de Arbitragem o tornou evidente ao nomear, para os dois jogos mais importantes da ronda - o Braga que me desculpe, mas é o único candidato ao título que joga em casa -, nada menos que João Ferreira e Lucílio Baptista. Ora, é evidente que tanto João Ferreira como Lucílio Baptista são dois homens em quem Vítor Pereira, presidente da Comissão de Arbitragem, tem a mais completa e cega confiança. São os eleitos para as tarefas mais complicadas, as que exigem os homens certos no lugar certo. Foram eles os escolhidos para o clássico da Luz entre o Benfica e o FC Porto, onde ambos se revelaram decisivos durante e após o jogo. E é por serem dois homens em quem Vítor Pereira confia cegamente para os trabalhos mais exigentes que ambos vão estar em campo esta jornada. João Ferreira vai a Alvalade apitar o clássico onde o FC Porto joga uma parte significativa da temporada, Lucílio Baptista vai ao Leixões dirigir aquela que costuma ser uma deslocação complicada para o Benfica. É caso para dizer que Vítor Pereira, à semelhança de outros presidentes, de outras comissões, não deixa nada ao acaso...”
 
Até breve,
publicado por AR às 10:57

 

 

Caríssimos,

 

Confesso que estou algo nostálgico! O jogo com o SCP aproxima-se e foi com o SCP, no Estádio dos Azulejos, que o Hulk arrancou para um golo memorável, calou grande parte dos seus críticos e se afirmou como um enorme potencial futebolístico que culminou com a recente chamada ao Escrete. Não gosto de repisar assuntos, mas não deixa de ser triste que o futebol e os adeptos fiquem privados de um fenómeno apenas porque alguém conferiu demasiados poderes ao Dr. Ricardo Costa, doravante “o Palhaço”.

Atenção, não gosto, nem posso pactuar com as agressões. É minha convicção que os jogadores devem ser castigados dentro da razoabilidade mas não vou ser pseudo-moralista com os erros dos outros, sobretudo quando surgem de cabeça quente a provocações encomendadas… para isso tínhamos cá o Catequista Pateta, amigo do Palhaço. Apenas gosto de futebol e custa-me que a carreira de um bom jogador esteja a ser prejudicada por uma manobra paralela, de aproveitamento e empolamento de uma falha… que por mais que me expliquem, não consigo achar mais grave do que as agressões de Scolari (pela responsabilidade acrescida de ser seleccionador nacional) ou de João V. Pinto (pelo importância que um árbitro merece enquanto juiz e pelos antecedentes que detinha).

 

Pegando o fio à meada gostaria de lançar algumas curiosidades desta Liga [patrocinador do Benfica], umas factuais/sérias e outras hilariantes para não dizer escandalosas:

 

§         Branding: O patrocinador deste campeonato, e a consequente designação acoplada ao termo “Liga” resulta na denominação oficial da competição. Curiosamente, esse patrocinador é comum ao eixo Liga/Federação/Benfica. Distracção ou intenção? No mínimo, desvirtua a imparcialidade, sabendo-se de histórias antigas sobre a pressão que alguns patrocinadores fazem nos clubes/jogadores durante as competições.

 

§         Clube do Regime: iniciou o defeso deste ano em franco estado débil e sem ponta por onde lhe pegue, à beira da bancarrota e prestes a ser nacionalizado, com o estádio constantemente às moscas e com resultados perfeitamente humilhantes quer interna quer externamente, a precisar, corrijo, a precisar-a-todo-o-custo de vencer, num espírito de “os fins justificam os meios”! A pressão e o lobbie das instituições financeiras que gerem o dia-a-dia desse clube é de tal forma predominante que o fazem parecer um Real Madrid no que respeita a contratações, contratações essas que são pagas do modo que só Deus sabe. Por outro lado, temos os empréstimos obrigacionistas bombeados a todo o vapor, como que de carvão se tratasse na caldeira de uma locomotiva. Com as contas vermelhas e o buraco crescente, talvez venha a ser o novo Dínamo de Kiev… o clube do exército, com direito de preferência dos recrutas e receitas do Estado na ordem de 0,05% do PIB Nacional.

 

§         Victor Hugo Cardinalli: Não irei falar muito das palhaçadas do Palhaço. De facto, nunca antes foi visto o espectáculo circense de assistir a um juiz vir à praça pública justificar-se e dizer demonstrar o porquê de uma determinada sentença, e mais, manifestar que até foi benevolente e bom-rapaz, face à moldura penal que tinha em mãos, com a qual até discordava! Rocambolesco… não querendo alongar mais sobre esta matéria, todo este filme é, per si, o retrato fidedigno dos bastidores deste ano.

 

§         O Bom, o Mau e o Vilão: o Luisão agride barbaramente e a despropósito um colega de profissão no Benfica-Nacional, leva amarelo mas continua virgem e incólume! Em Olhão, David Luiz crava os pitons na perna do Miguel Garcia, e escapa miraculosamente de qualquer amarelo, expulsão ou sumaríssimo (já o Miguel Garcia não teve a mesma sorte e viria a ser expulso por um lance idêntico e inverso no final desse jogo)! Hulk foi expulso no Paços-Porto sem agredir ninguém (palavras ao árbitro), e passados estes meses todos tem antecedentes que lhe pesam no julgamento de uma agressão. Pergunto: Será Racismo? Não me parece, já que o primeiro e o último são brasileiros, morenos e até usam aparelho nos dentes. Será Clubismo? Pois, aqui não sei. Sei que, de facto, as camisolas são diferentes!

 

§         Olho de Águia: Nunca nenhum benfiquista me conseguiu explicar as diferenças entre a “mão-na-cara” que culminou com a suspensão do Mossoró e as “mãos-nas-caras” entre Cardoso e Djalmir no Olhanense-Benfica (na altura Djalmir foi expulso pela “mão-no-pêlo” do Fábio Coentrão e as “mãos-na-caras” foram arquivadas no esquecimento). Se alguém conseguir, por favor explique aos restantes mortais não dotados de visão periférica.

 

§         A Máscara: de Zoro! Ficará para sempre ligado a esta triste Liga. Jogador de recursos limitados, foi necessário envergar a camisola do Setúbal para protagonizar uma boa exibição pelo Benfica. No Bonfim, contra a entidade patronal que lhe paga os salários, este costa-marfinense fica ligado ao primeiro golo do Benfica por deixar o David Luiz (jogador que estava a marcar) cabecear solto ao primeiro poste; depois protagoniza um lance de bola na mão dentro da área que o árbitro, bem, não assinalou (apesar de parecer involuntário não deixa de ser esquisito); e aos 90 minutos, na iminência do empate, faz uma falta escusadíssima que garantiu o penalti salvador. Não querendo colocar em causa a integridade do jogador (tudo o que aqui relatei são apenas factos indesmentíveis), fica a seguinte constatação objectiva: não fosse a falta de jeito do Cardozo, e este teria sido o empréstimo mais profícuo do ano.

 

§         Saudade: a famosa música interpretada pela Cesária Évora foi levada à letra por um elemento técnico da equipa do Benfica, Mário Monteiro, que irrompeu pelo hotel em que um dos seus directos adversários estagiava antes do jogo com o Belenenses, para abraçar o Rentería, contratado dias antes pelo Braga. Ouviram-se depois muitas versões, umas relatavam a entrega desse bem raro e difícil de encontrar (mala LV), outras referiam apenas a enorme saudade que não lhe permitiu esperar nem mais um dia. Seja ela qual for… será sempre um momento querido e amoroso que deveria constar no filme do campeonato deste ano.

 

§         Empresa Pública de Urbanização de Lisboa e Benfica: aqui há atrasado, o Euromilhões registou jackpot mais alto de sempre. Para alguns foi a oportunidade de uma vida de enriquecer, para outros… peanuts. Depois de ainda no ano passado ter sido perdoada à EPUL uma divida de 9,5 M€, fruto de negócios misteriosos com os dois grandes de Lisboa, a EPUL voltou à ribalta com a notícia de ter galardoado ao Benfica cerca de 65M€. E como, perguntam vocês? Nada mais fácil… por exemplo 32M€ desses 65M€ resultaram da empresa pública ter adquirido um terreno que havia sido cedido em tempos, pela Câmara de Lisboa ao SLB para a construção de equipamentos desportivos. Ao que parece o equipamento construído terá sido um pelado!

 

§         Steward vs. D. Alzira: não gosto de me repetir mas acho gritante o desenquadramento das primeiras personagens à luz da jurisdição vigente, bem como tudo que ladeia desde a sua contratação até à definição dos locais que (supostamente) têm acesso. Por ventura, a mulher da limpeza será ainda mais “assistente de recinto desportivo” que os próprios stewards, e desconfio que terá um código de conduta moral mais inatacável que estes, mas o Palhaço discordou… e o Pateta aplaudiu.

 

§         Coro de Igreja: histórico! Pela primeira vez num jogo do S.C. Braga em casa contra o Marítimo, com portas abertas aos sócios e simpatizantes (e sem cachecóis azuis na bancada), assistiu-se ao cântico “SLB, SLB, SLB, SLB, SLB, f… d… p… SLB, f… d… p… SLB”. Algo impensável há uns anos atrás numa cidade de benfiquistas dissimulados que preferiam assobiar o próprio Braga nos jogos com o Clube do Regime. Sinal dos tempos e da roubalheira deste ano… favor deduzir alguns aos já famosos 6 milhões.

 

§         Filho e enteados: independentemente do futuro campeão ser Braga, Benfica ou Porto, a competição ficará sempre manchada… apenas e só porque 2 dessas 3 equipas foram manifestamente e escandalosamente prejudicadas, por artimanhas de túneis/stewards e com a conivência do CD da Liga … e nem vou repisar o tema da arbitragem.

 

Lanço à colação estes pontos para V/ reflexão. E aproveito para relembrar que a procissão ainda não terminou e por mais que os Palhaços e restante comandita da Liga carreguem o ANDOR, só quando este chegar ao altar é que vamos ver quem ganha.

 

Abraço Champions

publicado por fred às 01:12
Quinta-feira, 25 DE Fevereiro 2010

Meus Caros,

Hoje encontrei um texto que fala da rivalidade, e do bom que ela pode trazer ao desporto. Sempre retirando a vertente negativa, claro está. Aqui fica para V/ comentários:

 

"A rivalidade é bipolar: tem um lado mau, feito de agressividade e polémicas e, nos casos mais extremos, violência; mas também tem um lado bom, feito de concorrência e competição e, nos casos mais extremos, excelência. Ora, a rivalidade entre FC Porto e Benfica está num dos seus pontos mais altos dos últimos tempos. Há sinais disso na agressividade de algumas declarações, nas polémicas que crescem à sombra dos túneis e até nos felizmente pontuais casos de violência, como foi o do apedrejamento do carro de Pinto da Costa, quando os portistas foram jogar ao Estoril. Mas também há sinais disso nas goleadas que o FC Porto impôs ao Sporting na Taça e ao Braga no campeonato, e nas que o Benfica usou para bater o Hertha de Berlim na Liga Europa e o Sporting na Taça de Liga. Há sinais de rivalidade na excelência do futebol que tanto o FC Porto como o Benfica têm praticado e na qualidade dos espectáculos que têm oferecido ao público português. Há sinais de rivalidade nesta espécie de braço-de-ferro à distância que leva os jogadores das duas equipas a superarem-se a cada jogo para marcarem só, só, só mais um. No fim, só uma das equipas vai ganhar, mas até lá quem ganha somos nós, que gostamos de futebol."
 
Cumprimentos
publicado por AR às 13:02
Terça-feira, 23 DE Fevereiro 2010

Meus Caros,

"Estamos cansados é de ganhar muitas vezes", afirmou o indivíduo que é treinador do Benfica.

Ora, a pergunta que gostava de lhe fazer é a seguinte:
Ganhou o quê?? Nem que seja por uma vez??
 
É que posso andar bastante distraído, mas não me recordo de alguma coisa que o slb do indivíduo tenha ganho. Ou por outro lado, poderia ir estar a referir-se ao que ele já ganhou na sua carreira… é que também não me lembro de nada…
Triste o arrogante que é ignorante!!
publicado por AR às 14:40

Meus Caros,

 O pavão voltou a atacar. Não, não me enganei a escrever pavão no lugar de Falcão, esse enorme jogador que chegou à nossa Liga. Refiro-me ao pavão a quem lhe conferiram o cargo de Presidente do Conselho de Disciplina da LPFP.

Tal como previa, os castigos aos jogadores do FCP, Hulk e Sapunaru foram pesados. Não vou voltar a explicar todos os prejuízos económicos e desportivos que esta situação pode implicar, pois tornar-me ia repetitivo. No entanto, não posso deixar de concluir o meu entendimento jurídico desta vergonha nacional, em seguimento do meu anterior post.
O pavão no seu show televisivo invocou duas coisas fantásticas:
·          Que a decisão tinha sido célere;
·          E que, coitado, tinha aplicado um castigo superior ao que considerava justo, mas que a culpa não era dele mas dos regulamentos.
Ora sr. Pavão, desde já lhe digo que palha comem os burros, e o povo não é burro, senão vejamos. A decisão saiu 2 meses depois dos factos terem sido praticados. Se isto é ser célere, estamos falados. Mas mais, referiu ainda que considerava os castigos excessivos, mas será que ao fim de 2 meses e 13 jogos, os castigos já não eram excessivos??
Depois disse que excessivos mas por culpa dos regulamentos e não da CD. Mas digo eu, excessivos por causa de uma enorme má-fé e falta de vergonha da interpretação e aplicação das normas dos regulamentos. Nunca em momento algum ouvi alguém do FCP defender que não houve agressões. Mas essas agressões resultaram de inúmeras provocações de que todo o staff do FCP foi alvo antes, durante e no fim do jogo por um Stewards que era da responsabilidade do SLB. Isto é também um facto provado, e que segundo o sábio pavão serviu até para uma redução especial da pena. Ora aqui está o cerne da questão. A definição e o enquadramento do Stewards. E foi aqui que o pavão cumpriu a sua missão, ao abusivamente ter enquadrado a questão.
 O delito dos dois jogadores foi mal qualificado, com a CD a aplicar erradamente os regulamentos desportivos, daí resultando um castigo mais grave do que a infracção merecia. Considerar os stewards intervenientes do jogo, quando são elementos de segurança privada que estão lá para proteger os elementos do jogo de eventual violência ou indisciplina do público, vai contra tudo o que está estabelecido, quer na Lei Geral de Segurança Privada quer na Lei de Bases do Desporto ou da Violência, as quais definem quem são e quem não são os intervenientes do jogo. Mas pavao agiu no sentido contrário, ou porque não sabe nada de Direito, o que eu desconfio, ou porque estava de má-fé.
Esta mesma explicação é defendida por inúmeros pareceres de reputados e insuspeitos Juristas. Carlos Abreu Amorim, na sua natural frontalidade disse que, “Ao considerar os stewards intervenientes do jogo, contrariando as leis, está a colocar a infracção como muito grave, cuja pena vai de 6 meses a 3 anos de suspensão. O presidente da CD da Liga surgiu na TV com ar benevolente, como se estivesse no papel de protector das vítimas e até me fez lembrar um velho ditado do Direito: 'mal do juiz que tenta justificar uma boa decisão com uma lei errada!' É que o dr. Ricardo Costa veio dar a entender que muito embora considere a lei má, a pena até foi boa. Aliás, se um jogador agride outro, pode levar entre 1 a 5 jogos de castigo e por aqui se vê a desproporção da pena aplicada. O problema não está no Regulamento Disciplinar da Liga, mas sim na CD que aplicou erradamente a pena".
Mas disse mais:
Cabe na cabeça de alguém que a pena de agressão a um steward seja substancialmente maior do que a um jogador? O Hulk acaba por ser castigado com 23 jogos, quando se tivesse protagonizado, por exemplo, uma atitude idêntica à do Pepe, que agrediu um adversário, em Portugal apenas teria de cumprir 5 jogos? Essa desproporção não está nos regulamentos, mas na interpretação errada, falaciosa, e que tresanda a má-fé da CD da Liga". E, a finalizar, Carlos Abreu Amorim foi peremptório - "A Justiça Desportiva em Portugal tem um problema e um nome: Ricardo Costa. O desfecho deste processo é uma vergonha do ponto de vista jurídico"”.
Eu digo mais: se o pavão considera injusta a aplicação dos regulamentos com que tem e trabalhar, tem duas hipóteses sérias: ou demite-se, ou aplica a lei com critério de bom senso e razoabilidade, não enquadrava os stewards da maneira que fez, fazendo uma correcta aplicação da Lei.
publicado por AR às 13:37
publicado por Joca às 12:50
publicado por Joca às 12:49
Segunda-feira, 22 DE Fevereiro 2010

 

 

Carissímos,

 

Depois de há uns anos atrás o Presidente do SLB ter ameaçado abandonar o barco caso o clube não atingisse a marca dos 300 mil sócios (defuntos incluídos), e de ter mantido a sua palavra de benfiquista... eis que, a  brilhante época do Benfica, que contabilizou um sem número de titulos na pré-temporada, despontou uma nova corrida às filiações.

A actual campanha de angariação de novos sócios do Benfica está a ter enorme sucesso. Diáriamente, novas e importantes forças se reunem e aderem a este esforço de crescimento e de grandeza... como são vivo exemplo, este grupo de cidadãos que se acabaram de filiar neste clube glorioso....

 

ESTE ANO É QUE VAI SER ... TODOS JUNTOS CHEGAREMOS AO TÍTULO!!!!!

 

O QuartetoDefensivo tentou contacar o Olegário Benquerença para questionar o porquê de não ter sido convidado para este evento... ao que parece esteve na passada semana de férias em Berlim a convite de "um amigo", mas confiante que outras opotunidades não faltarão.

 

Abraço Champions

 

publicado por fred às 23:52

A vigésima jornada teve a particularidade de ter tido inicio a 3 de Fevereiro, quando se jogou antecipadamente o Benfica – Leiria, devido aos compromissos europeus do Benfica.

Este foi um jogo tranquilo, com o Benfica a vencer por 3-0, com golos de Cardozo aos 10mn, Saviola aos 60mn e Ruben Amorim aos 89mn. Foi um jogo fácil, sem casos e que permitiu que o Benfica ascendesse à primeira posição isolado, na altura à condição, mas após o desfecho da jornada, ficou definitivamente sozinho em primeiro lugar.
 
Entretanto no sábado o Sporting deslocou-se a Olhão e num jogo fortemente marcado pelas más condições climatéricas (mais do que a chuva, muito vento), conseguiu um empate.
Embora este empate tenha sido suficiente para manter o 4º lugar, é preciso salientar que este foi o sétimo jogo consecutivo sem ganhar (2 empates e 5 derrotas).
Se na próxima quinta-feira, o Sporting não inverte a tendência, é eliminado da Taça Europa e termina a época!
 
Já este domingo, jogou-se o jogo grande da jornada, o Porto recebia o Braga num jogo que podia deixar mossa na classificação! O jogo começou bem disputado com ocasiões de perigo em ambas as balizas. No entanto o Porto fez um jogaço e Varela esteve verdadeiramente endiabrado, fazendo o que queria e entendia de Filipe Oliveira. Varela deu o primeiro a Meireles logo aos 10mn, aos 35mn Álvaro Pereira manda uma bomba do meio da rua e aos 37mn Falcao faz o terceiro. Falcao volta a marcar aos 73mn e 10mn depois foi a vez de Belluschi acentuar os números da goleada! Alan ainda conseguiu o tento de honra já nos descontos!
Este resultado de 5-1 é mérito de um jogo fabuloso do Porto e de alguns dos seus jogadores! É preciso notar que o Porto conseguiu o seu resultado mais dilatado contra a melhor defesa do campeonato (e a melhor dos principais campeonatos da Europa). Em 19 jornadas, o Braga apenas tinha sofrido 8 golos e neste jogo sofreu 5 de uma assentada!
 
Como ponto de situação agora que estão cumpridos dois terços do campeonato, temos:
- Benfica na frente com a melhor defesa (11 golos sofridos) e melhor ataque (52 golos marcados).
- Braga em 2º a apenas 1 ponto, com a 2ª melhor defesa (13) e o 3º melhor ataque (30).
- Porto em 3º a 6 do líder, com a 3ª melhor defesa (15) e o 2º melhor ataque (43).
- Sporting em 4º a 20 do líder e a 14 do 3º, embora tenha a 4ª melhor defesa (16), tem um ataque mediano (20).
- De salientar ainda o 5º lugar do Leiria (a apenas 2 pontos do Sporting e em igualdade com o Guimarães), o facto de o 10º classificado estar a apenas 5 pontos do 4º o que pode indiciar uma luta intensíssima pela Europa, o último lugar do Belenenses (embora com um jogo a menos, apenas tem 11 pontos, contra os 15 de Leixões e os 16 do Setúbal).
publicado por Spaceship às 12:41
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
16
17
20
21
24
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Contador de Visitas
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Este senhor quer tapar o sol com a peneira......ex...
Os portistas Saõ e serao sempre os mesmos m...
Ah caiu o mito porque tu o dizes? Makes sense.
E não vao ficar por aqui... este ano tb ja esta de...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO