Segunda-feira, 13 DE Fevereiro 2012

A jornada iniciou-se com o Sporting na Madeira para defrontar o Marítimo na luta pelo 4º lugar. A equipa da casa foi sempre superior, foi dominando e foi tendo as melhores oportunidades de golo. Foi sem surpresa que chegou ao golo aos 21’ por Benachour, com Rui Patricio a ficar mal na fotografia. Ao intervalo a vantagem era escassa para a diferença que se viu em campo. Na segunda parte, o Sporting melhorou e equilibrou o jogo, mas foi Danilo quem marcou aos 60’ e fixou o resultado final em 2-0. Resultado justo que coloca o Marítimo com os mesmos pontos que o Sporting, mas em vantagem por ter ganho os dois jogos!

Seguiu-se o Benfica que recebeu um Nacional atrevido e a querer explorar a adaptação de Witsel a lateral direito. Esta fraqueza defensiva foi totalmente compensada pelo excesso de jogadores de ataque que o Benfica apresentou. Ainda assim, o primeiro a marcar foi o defesa Garay aos 9’. O Benfica continuou a carregar e para além das defesas de Marcelo, há uma bola ao poste de Cardozo e um falhanço de Rodrigo de baliza aberta. Mas aos 21’ Gaitan faz uma jogada magistral e deu o golo a Cardozo. Aos 28’ há um choque perfeitamente casual na área do Benfica que o árbitro entendeu oferecer um penalty ao Nacional em que Claudiomir aproveitou para reduzir. Mas o Benfica não acusou o toque e Rodrigo bisou marcando aos 39’ e aos 60’. Até final ainda houve uma boa hipótese para o Nacional reduzir e mais umas três ou quatro para o Benfica dilatar o marcador, incluindo um penalty falhado por Cardozo. Resultado justíssimo.

No dia seguinte, o Porto recebeu um Leiria super defensivo. O Porto dominou e controlou todo o jogo mas teve muita dificuldade em furar a muralha defensiva extremamente populosa do Leiria. Durante a primeira parte, foram escassas as oportunidades, mas ainda assim, suficientes para o Porto inaugurar o marcador. Logo após o reatamento, Schaffer é expulso por agressão a Moutinho e a defesa Leiriense começa a desmoronar-se. Pouco depois, há um lance para penalty na área do Leiria por derrube a Hulk, mas que o árbitro ignorou.. Aos 65’, James assiste Janko para o golo e aos 72’, o próprio James marcou o golo da tranquilidade. Já sobre o final, os defesas Alvaro Prereira (85’) e Maicon (88’) colocaram o resultado com números de goleada. Vitoria mais que justa, mas cujos números acabam por disfarçar as dificuldades iniciais do Porto.

publicado por Spaceship às 15:43
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
19
20
22
23
24
26
28
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contador de Visitas
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Este senhor quer tapar o sol com a peneira......ex...
Os portistas Saõ e serao sempre os mesmos m...
Ah caiu o mito porque tu o dizes? Makes sense.
E não vao ficar por aqui... este ano tb ja esta de...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO