Sexta-feira, 30 DE Março 2012

O Benfica recebeu o Chelsea e fez um bom jogo.. Dominou, controlou, teve a iniciativa de jogo e remeteu o Chelsea para o seu meio campo defensivo. Falhou bastante na finalização, rematando muito para fora ou à figura de Peter Cech.. O Chelsea atacava pouco e com poucos homens, normalmente apenas em contra-ataque ou em lances de bola parada. Na primeira parte, apenas um remate de longe de Meireles e defendido por Artur para canto é que causou calafrios.. já na segunda, houve um remate de Mata ao poste depois de contornar Artur e o golo de Kalou após contra-ataque de Ramires e Torres.. antes desse golo, o Benfica tinha falhado várias oportunidades.. viu Cech agarrar tudo o que ia à baliza (quase sempre na sua direcção), David Luiz ainda aliviou uma bola sobre a linha de golo e Terry cortou uma bola com o braço dentro da área, que nem o árbitro nem os assistentes (nomeadamente o de baliza que estava a 2 ou 3 metros) viram.. O Benfica perde um jogo pela margem mínima, tendo sido sempre superior ao adversário, sai castigado pela ausência de pontaria no ataque, pelo erro do árbitro que não marcou o penalty com o jogo ainda empatado e pela fragilidade defensiva dos dois homens mais fracos da equipa, Jardel e Emerson! Embora neste jogo, o Benfica tenha sido superior, dificilmente irá conseguir repetir essa superioridade fora, ainda para mais com o adversário em vantagem.

O Sporting recebeu o Metalist e a primeira parte foi muito fraca, jogada em ritmo muito lento e sem grandes oportunidades de golo. Após o intervalo, o Sporting entrou muito mais decidido e a colocar muito mais velocidade no jogo, com Capel e Izmaelov a imprimirem muito mais velocidade para desmontar a organização defensiva dos ucranianos. Aos 54’, o espanhol assistiu o russo que inaugurou o marcador. O Sporting estava muito forte e acabou por chegar ao segundo num livre de Insua aos 64’. Entretanto, por fadiga e problemas físicos, o Sporting tirou 3 dos melhores em campo (Capel, Izmaelov e Carriço – não joga a segunda  mão por castigo) e o Metalist cresceu no último quarto de hora, obrigando Patricio a 3 ou 4 fantásticas intervenções até ser obrigado a cometer um penalty que o Metalist converteu já nos descontos. O 2-1 é justo, mas perigoso para uma segunda eliminatória que se prevê complicada, embora o Sporting seja mais forte que o Metalist..

publicado por Spaceship às 16:03
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
29
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contador de Visitas
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Este senhor quer tapar o sol com a peneira......ex...
Os portistas Saõ e serao sempre os mesmos m...
Ah caiu o mito porque tu o dizes? Makes sense.
E não vao ficar por aqui... este ano tb ja esta de...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO