Segunda-feira, 04 DE Janeiro 2010

Meus Caros,

 

Antes de qualquer comentário, não podia deixar de vos desejar um excelente 2010.

Posto isto, venho comentar os primeiros jogos do novo ano. E novo ano, erros e vicios antigos.

Isto a proposito do Benfica-Nacional. Nesse jogo, o Benfica voltou a ser escandalosamante beneficiado por uma má arbitragem. Mas sem perder mais tempo, vou elencar os erros grosseiros:

  • Golo mal anulado ao Nacional, quando o jogo ainda estava 0-0;
  • Penalti do caceteiro David Luiz do tamanho do estádio da Luz;
  • Entrada inacreditável do Maxi Pereira aos joelhos de um jogador do Nacional e apenas amarelo;
  • Agressão do Luisão a um jogador do Nacional, que incrivelmente é sancionado com um cartão amarelo (nestas duas últimas situações, o que me choca é o arbitro ter assinalado e mostrado apenas amarelo..quase que a indiciar que é uma forma de não prejudicar nem no momento, nem posteriormente evitando um sumarissimo).

Ora, todas estas situações demonstram o que verdadeiramente me preocupa no futebol nacional esta época. Independentemente do Benfica jogar muito melhor do que o ano passado, esta á mais uma demonstração de como tem sido beneficiado. E a isto, juntamos a imensa pressão existente, quer na imprensa quer nos túneis, a juntar à CD da Liga.

Todos sabemos do estado financeiro do clube, e dos enormes investimentos que estão a ser feitos com o pressuposto de que o clube vai ganhar alguma coisa este ano. E tem mesmo de ganhar, sob pena de o Benfica colapsar.

No fundo, quero com este primeiro post do ano, demonstrar a minha única preocupação este ano. A necessidade do benfica vencer este ano. E os indícios que estão à vista de todos.

 

Votos de um bom ano!!  

publicado por AR às 12:42
Contra factos não há argumentos!
Até o "Record" diz exactamente o que tu dizes sobre esses lances.
Independentemente de o benfica ter boa equipa (que tem) e estar a jogar bem (que está), esta época está, claramente, a ser ajudado pelas arbitragens...só não vê quem não quer.
Joca a 4 de Janeiro de 2010 às 14:35
Meus caros, antes de mais, bom ano a todos!
Raltivamente aos erros do Sr. Larápio Benquerença (que acreditem ou não, aparentemente é o arbitro português melhor colocado para ir ao Mundial), embora tenha beneficiado o Benfica, também errou contra o Benfica.
1 - Não há golo anulado, uma vez que segundo os argumentos que já aqui ouvi mais do que uma vez, há uma jogada anulada por fora-de-jogo e só após o apito do arbitro é que o jogador mete a bola na baliza. Logo não há nenhum golo anulado. Se a jogada foi bem ou mal anulada, tenho algumas dúvidas pela rapidez do lance e dou o beneficio da duvida ao fiscal de linha que assinalou o fora-de-jogo (o famoso tribunal do jogo tb dá por 2-1 a razão ao arbitro).
2 - Para mim, tenho a impressão que o David Luiz toca com o joelho na bola e só depois derruba o jogador. De qq modo, caso fosse marcado penalty, aceitava. O famoso tribunal, dá 2-1 contra o arbitro.
3 - Foi um lance sem maldade e aparatoso, nas imagens vê-se que Maxi tenta cortar a bola e que o jogador do Nacional foi mais rápido e desviou a bola, levando dps com o pe de maxi que vinha lançado. Por mim, foi acidental.. O tribunal volta a dar 2-1 contra o arbitro.
4 - É verdade! Devia ter sido vermelho directo. No entanto, Luisão tinha sofrido falta que o arbitro não vê e como resposta agride o adversário no chão.. No seguimento da jogada, J. Garcia faz falta sobre Amuneke e é agredido pelas costas por este que também apenas vê amarelo. Logo aqui, o arbitro devia ter dados vermelho aos dois e acabou por perdoar uma expulsão para cada lado, de positivo, apenas o facto de ter tido critério idêntico para ambas as equipas! O tribunal é unânime em considerar que ambos deviam ter sido expulsos, logo dão 3-0 contra o árbitro.
Por fim, mais duas coisas que não foram referidas (para além da agressão de Amuneke a Javi Garcia):
a) O jornal Ojogo fala de uma hipotética grande penalidade de Patacas sobre F. Coentrão aos 21mn. Aqui, e embora o tribunal dê por 2-1 razão ao arbitro, o mais importante é que Patacas já tinha usado e abusado das faltas, Jorge Coroado (o único a afirmar que era penalty) refere que "Patacas já há muito tempo que não deveria falar com Coentrão. Aproveitou para o abraçar e convidá-lo a sentar-se no solo." Ou seja, Patacas já devia ter ido para o balneário mais cedo e acabou o jogo sem ver amarelo.
b) Na fase final, o arbitro empurrou o Benfica para trás, marcando nos últimos 5mn, 3 faltas contra o Benfica (duas delas na zona lateral da área), sendo que em apenas 1 dos lances é que seria falta contra o Benfica, e nos outros dois, assinalou mal porque eram faltas do Nacional..

De qualquer modo, independentemente dos erros e de quem foi mais ou menos prejudicado, pela quantidade de erros e de maus juizos, penso que foi mais uma péssima arbitragem de um mau arbitro português!
Spaceship a 4 de Janeiro de 2010 às 14:58
Caro Spaceship,
Verdadeiramente engraçada a tua análise ao lance do golo anulado. Então consideras tu que enquanto a bola vem no ar, cruzamento/cabeceamento (lembro que o quim se fez à bola mas não conseguiu defender) não há golo anulado porque o arbitro apitou antes. Mas no jogo do FCP, uma jogada que não foi assinalado o maior fora de jogo de 2009, e que na sequencia de um alivio do FCP há uma 2ª vaga, já não tem qualquer interferencia. Mas dás o beneficio da dúvida. Gostava antes de ouvir a tua opinião clara!! É ou não fora de jogo?? Engraçado.
Depois o penalti, é de tal maneira evidente, que nem vou comentar mais.
E finalmente a constatação mais importante: é que tu voltas a assumir que foi uma má arbitragem que tem alguns denominadores comuns: é mais uma arbitragem má num jogo do benfica e com o benfica a ser mais beneficiado. Tudo como antes...
AR a 4 de Janeiro de 2010 às 16:04
A teoria de que não há golo anulado, é uma teoria sobejamente defendida aqui por muitos de vocês, em que tendo o arbitro apitado antes do cabeceamento, independentemente do que aconteceu depois, já a jogada tinha sido interrompida, logo não se pode falar em golo anulado..
De qualquer maneira, eu acho que essa jogada é de difícil análise (tanto que o tribunal do jogo até dá razão ao arbitro). É um lance rápido e com fora-de-jogo (ou não) no limite. Já este ano, no campeonato, o SLB tinha sofrido um golo do Nacional, em que o jogador estava em fora-de-jogo e tal não foi sancionado.. Assim como já marcou em fora-de-jogo (Ramirez no 4-0 ao Belém) e como o FCP tb já marcou (à Académica) e de certo tb já sofreu.. Infelizmente, são erros normais e que acontecem com alguma regularidade.
Há lances de fora-de-jogo que são mesmo no limite e só após as repetições em câmara lenta se percebe se é ou não fora-de-jogo!
Quanto à tua tentativa de colar este lance ao do SLB – FPC, estamos a falar de lances completamente distintos. Reforço que houve fora-de-jogo não assinalado (não sei se é o mais escandaloso de 2009 ou não, mas é fora-de-jogo), o qual, dá origem a um ataque perigosíssimo do SLB com um jogador do FCP a tirar a bola sobre a linha e em que o FCP tenta dar inicio a nova jogada de contra-ataque ao meter a bola com dois ou três toques em Farias, mas David Luiz antecipa-se e corta, desmarcando Saviola que fez o golo, duas jogadas depois.. Não tarda nada, estás a dizer que este golo do Saviola ao Nacional não é legal porque 80 jogadas antes a bola tinha saído e o árbitro deu lançamento lateral para uma equipa quando devia ser para a outra!

Quanto ao facto de a arbitragem ter sido má (e relembro que é o arbitro português melhor colocado para nos representar no mundial), não acho que tenha sido premeditada ou que tenha beneficiado o SLB de propósito, pois se o Larápio Benquerença (alcunha antiga e que já vem dos longos anos que leva a errar nos nossos relvados, em que saliento o golo não validado de Petit ao Baia na Luz à quase meia dúzia de anos), tivesse sido suficientemente rigoroso ao ponto de expulsar Luisão, Amuneke e Maxi (embora considere que neste último caso, o cartão amarelo fosse justo, porque não houve intenção de tocar no adversário), também teria expulsado o Patacas pela quantidade de faltas que fez nos primeiros 20 minutos e que passaram todas sem qualquer advertência.
O árbitro é mau e não sabe fazer melhor! Ontem errou bastante e prejudicou ambas as equipas, obviamente que prejudicou mais o Nacional, mas como os lances e os erros não se compensam e também errou contra o Benfica, considero que o Benfica também foi prejudicado pela má arbitragem!
1 - Golo não validado ao Petit??!!
Sê sério!
Não há nenhuma imagem que mostre que a bola entrou!!
Da mesma forma que eu não posso dizer que a bola não entrou, tu também não podes dizer que entrou porque não há nenhuma imagem que tire as dúvidas.
2 - Quanto ao lance do fora-de-jogo mal assinalado, não há qualquer dúvida...foi mal assinalado!
A linha da grande área permite tirar qualquer dúvida...o jogador do Nacional está em linha.
Se, como dizes, é um fora-de-jogo no limite, relembro-te que, em caso de dúvida, não deve ser assinalado, beneficiando-se quem ataca...é o que diz a lei!
3 - O penálti cometido pelo David Luiz e não assinalado é um escândalo...mais um!!!
4 - A entrada do Maxi é assassina e ele só viu o amarelo!

Enfim, mais uma arbitragem escandalosa com o habitual branqueamento por parte da comunicação social...ai se fosse o F.C.Porto a ser beneficiado desta forma...
Joca a 4 de Janeiro de 2010 às 17:25
Joca:
1) Para mim, é claro que o remate do Petit foi golo! Mas se não concordas, também não vamos desenterrar isso.. Era apenas um exemplo da incompetência deste árbitro, mas posso dar outros, como nesse mesmo SLB - FCP, não ter assinalado penalty de Seitaridis sobre Karadas ou no SCP - SLB da época passada não ter assinalado um corte com o braço do Maxi a remate do Izmaelov que ia para a baliza, entre muitos outros. Este arbitro é mau e ganhou a alacunha de Larápio Benquerença por isso mesmo.
2) O fora-de-jogo é no limite, como tantos outros que já foram marcados esta época.. Assim como houve lances limpos que foram anulados por foras-de-jogo mal assinlados. Neste cápitulo todos podemos apontar prejuizos e beneficios para todas as equipas. No caso particular do SLB e do Nacional, se para o campeonato beneficiaram de um golo em fora-de-jogo, agora poderão ter ficado erradamente sem um..
3) Eu vi o jogo com um sportinguista que disse que o corte era limpo.. e o primeiro contacto que existe é do joelho do David Luiz na bola e só depois é que há contacto entre os jogadores. De qq modo, repito, se fosse marcado penalty, aceitava!
4) Considero que o amarelo foi merecido, não houve nenhuma tentativa de agressão, nem mesmo de cometer falta, apenas de cortar uma bola.. que por maior rapidez de execução do homem da Nacional e azelhice do Maxi, em vez de acertar na bola, acertou no adversário..
Spaceship a 4 de Janeiro de 2010 às 17:51
Em relação a este jogo, acho que o Benfica foi claramente beneficiado pelo Sr. Benquerença. Não me vou referir ao "não-golo" do Petit ao Baía porque ninguém conseguiu mostrar sem sombra de dúvidas se a bola entrou ou não.

Agora que o Luisão e o Maxi tinham que ter sido expulsos ninguém de bom senso pode duvidar. Assim como o Amuneke. É indiferente que tenham sido provacados antes, porque são profissionais de futebol e não de kickboxe.

Não me preocupa o facto de o Benfica estar a ser levado ao colo, é algo a que já me fui habituando se bem que às vezes (leia-se nos últimos anos) não tenha chegado para serem campeões. Preocupa-me o encobrirem as agressões que alguns jogadores de vermelho tem praticado porque para além de serem proibidas pelas leis do jogo, podem vir a lesionar gravemente os colegas de profissao. E essas agressoes ( destaco o David Luiz como o principal "pauliteiro" que anda no campeonato português) têm passado incólumes aos senhores árbitros que acham um piadão a tudo o que é feito por quem joga de vermelho. Mas enfim...também isto não é novo - basta lembrar o lance em que partiram uma perna ao Anderson e nem falta foi!

Ano novo, os amigos do costume. Esperemos que o campeão também seja o do costume.
Bom ano para todos
Rui Barros a 4 de Janeiro de 2010 às 17:29
lolololol.. o que vocês vão buscar.. lembro que Andersson, depois da falta, voltou ao relvado e ainda lá andou uns 5mn antes de ser substituído..
Se se fala do Golo-fantasma do Petit, acho que é da maior adequação falar do Anderson. E o facto é que lhe partiram a perna e nem falta assinalaram...
Rui Barros a 4 de Janeiro de 2010 às 18:03
O golo do Petit foi apenas para mostrar o longo historial de erros deste arbitro. De qualquer modo, apresentei já mais duas situações (e muitas mais se podem apresentar, basta ter tempo e paciência), de modo a mostrar de forma clara e inequívoca que este arbitro é mau e não prejudica ninguém propositadamente, uma vez que já deve ter prejudicado todas as equipas do nosso campeonato!
Spaceship a 4 de Janeiro de 2010 às 18:10
Uma estatistica:

Castigos a jogadores dos 3 grandes nos últimos anos(no campeonato, onde interessa):

Benfica: 43 jogos de castigo
Sporting: 42 jogos de castigo
Porto: 25 jogos de castigo

Depois na taça da liga dá para tudo. É penaltys na final, é foras de jogo, é expulsões perdoadas.....tudo o que for necessário para suportar o discurso que o Benfica é o principal beneficiado dos erros de arbitragem (com muito pouco proveito em termos de titulos, o que se estranha). Enquanto outros vão papando campeonatos graças aos méritos e metodos de uma estrutura consolidada durante anos pela ironia de Pinto da Costa....vão gozar com outro
Bogalho a 4 de Janeiro de 2010 às 18:59
Resumindo tudo.

No jogo com o Nacional o Luisão devia ter vindo para a rua, e o preto do Nacional devia ter lhe feito companhia. O David Luiz faz um corte limpinho não há qualquer penalty. Em relação ao lance do Maxi o amarelo é o cartão correcto. No que diz respeito ao golo do Nacional, as imagens são claras, o jogador embora milimetricamente está adiantado, logo boa a decisão. Podemos dizer que era humanamente impossível ver aquele fora de jogo, mas o que é certo, é que o fiscal viu, e viu bem, pois estava fora de jogo. Obviamente que é bom dar a ideia que o Benfica está a ser levado ao colo, serve para justificar muita coisa.

Voltando a falar do jogo com o FCP. O Katsoranis é o responsável pela lesão do Anderson?? Essa é de bradar aos céus. O jogador sai, volta a entrar, joga, sai 5 minutos depois, no fim está ao pulos a festejar com os colegas e foi o Katsoarnis que lhe partiu a perna. É preciso lata.....!

heteronimo de um artista a 4 de Janeiro de 2010 às 19:43
Caro Spaceship,
Na realidade o facto de o SLB estar à frente, não do campeonato (apesar de a irracionalidade que existe actualemte assim o parecer) mas do FCP, e que vitória isso representa para o pequeno benfica, tem trazido à tona um enorme grau de estupidez a todas as discussões de futebol. Mas de ti não esperava isso.
Para terminar este assunto, porque parece-me evidente para alguém que queira ser sério e honesto a analisar os lances que as quatro situações que refiro no post são evidentes emqualquer parte do mundo (e não estou a discutir a expulsao que o jogador do nacional também deveria ter acontecido), parece me incrivel que defendas não existir o penalti do David Luiz. E mais incrivel parece-me que defendas que o aliívio do defesa do FCP depois do maior fora de jogo do ano tenha sido uma saída para contra ataque. E mais incrivel ainda que, e depois das imagens que já estao neste blog, venhas voltar a falar do lance do Petit/Baía, dizer claramente que achas que foi golo!!!! Como é possível que ainda sonhem com isso??? e pior de tudo!!! defendas a teoria doentia e patética (só a defino assim porque me estou a referir a ti que muito respeito, caso contrário classificaria de forma diferente) que o Anderson não partiu a perna no lance com o Katsonaris!! Isso não esperava. E mais não vou dizer...
AR a 4 de Janeiro de 2010 às 22:33

O nosso amigo Spaceship deve ter dado o código de acesso ao "_"!!!
Não compreendo como é que ainda se defende o indefensável... era mais honesto entregar já os titulos em que o benfica está envolvido e deixar a taça de Portugal para os outros... ISTO METE NOJO!!!

Dizer que este penalti não é penalti e defender que existiu um penalti em Leiria já ultrapassa os limites da má fé... entra no aboslutamente ridiculo. Cada um acredita no que quer, mas não obriguem os outros a ler estas apreciações "idóneas".

E ainda me aparece a desenterrar uma jogada em que nunca foi provado que a bola tinha entrado. Ainda há 15 dias ninguém se queria lembrar que o Sr. L Baptista esteve presente no maior escandalo recente do futebol português, com influência directa no resultado e no detentor do troféu!!!

Enfim... acho que já é desespero de tentar disfarçar o indesfarcável, de tentar limpar o que já fede, de ignorar o óbvio!! Só lhe dou mérito por uma coisa: pelo menos ainda cá está... sem noção da realidade, mas está!!!
fred a 4 de Janeiro de 2010 às 23:50
Realmente, parece o tipo de posições que o "_" costuma defender...:)
Joca a 5 de Janeiro de 2010 às 00:30
Eu já disse tudo o que tinha a dizer! Mas faço o resumo para que fiquem bem esclarecidos:
Considero que o ábitro errou claramente ao não ter expulso o Luisão e o Amuneke!
Também considero incrivel como é que o Patacas aos 20mn ainda estava em campo, mas pior foi nunca ter levado um único amarelo!
Embora o David Luiz tenha tocado primeiro na bola e só depois no jogador, aceito que se pudesse ter marcado penalty.
Quanto ao resto, o lance anulado ao Nacional é milimétrico e só em camara lenta se consegue ver com clareza, como em tantos outros lances deste ano, dou o beneficio da dúvida ao assistente! O lance do Maxi também foi furtuito e acidental, como tal, o amarelo foi correcto.

Repito que foi mais uma má arbitragem de um mau arbitro! Que já muito errou, umas fazes a favor de uns, outras a favor de outros. Se desta vez, o Benfica foi o menos prejudicado, já em outras situações tinha sido o mais prejudicado!
Spaceship a 5 de Janeiro de 2010 às 09:42
Este último comentário já parece mais do velho Spaceship e menos do “_”… já admite o gamanço evidente de uma arbitragem memorável!!! Sim, porque ver a agressão do Luisão e mostrar amarelo entra directamente para o top10 dos escândalos na arbitragem mundial. Depois lá no meio ainda aparece com um devaneio do Patacas para amenizar, mas quem vê o Luisão e o Maxi não pode, no seu perfeito juízo, vir falar do Patacas. Ou pode? Naaaaaaaaa… deve estar desorientado.

A título de curiosidade, e já que o desespero em defender o indefensável o levou a comentar o lance do Anderson, relembro que ainda recentemente o Manuel Fernandes fez o jogo todo pelo Valência e só no final lhe diagnosticaram a perna fracturada. Nem todos que andam por aí são como o Fábio Coentrão que rebolou 23 ½ vezes quando lhe puxaram o cabelo.

fred a 5 de Janeiro de 2010 às 13:20
Painel do trio de Ataque, com opiniões unânimes dos 3 membros e por ordem cronológica de acontecimentos:
- Lance anulado ao Nacional e em que o jogador introduz a bola na baliza, é bem anulado.
- Penalty por marcar a favor do Benfica por falta de Patacas sobre Coentrão.
- Vermelho por mostrar a Luisão por pontapear Salino.
- Vermelho por mostrar a Amuneke por cotovelada a J.Garcia.
- Penalty por marcar a favor do Nacional por falta de D. Luiz.
Quanto ao lance do Maxi, os membros do painel afectos ao FCP e SCP concluiram que ficou por mostrar o vermelho, enqanto o membro afecto ao SLB, embora aceitasse o vermelho, considera que o amarelo é mais justo.
Rocha a 6 de Janeiro de 2010 às 09:48
Comentário apagado.
Anónimo a 6 de Janeiro de 2010 às 12:17
Acho que o Sr. Rocha se referia ao programa Trio de Ataque e não aos comentadores deste painel blogista.
heteronimo de um artista a 6 de Janeiro de 2010 às 12:40
Eu já tinha aqui falado na questão do Patacas, mas até dou de barato esse suposto penalty..
Apenas só mais uma nota, posso acrescentar que vi esse programa e que os três comentadores também defenderam que Joao Aurelio devia ter visto o 2º amarelo (se não, mesmo vermelho directo) por falta por tráz sobre Saviola no inicio da segunda parte e que o arbitro assinalou falta, mas não mostrou amarelo..
Dois dos comentadores também defenderam que J. Garcia devia ter sido expulso no lance com o Amuneke!
No total, dois penalties não assinalados (um para cada lado) e cinco expulsões perdoadas (três para o Benfica e duas para o Nacional). Sendo que o primeiro erro foi o penalty perdoado ao Nacional e como tal, logo aí se desvirtua toda a verdade desportiva!
Spaceship a 6 de Janeiro de 2010 às 13:08
Acho interessante virem aqui defender posições sustentadas em "comentadores" de futebol. mas não têm argumentos suficientes??? mas que competencia ou credibilidade têm esses senhores para merecem referência?? dos ex-arbitros (com excepção do antónio rola) ainda aceito, pois são supostamente técnicos, mas comentadores??? Não entendo.
Ainda sobre um anterior comentário, gostaria de questionar o seu autor do seguinte: como interpreta V. Exa. o número de castigos e suspensões??? é mérito da CD da dila, ou favorecimento ao FCP?? ou será mérito da equipa e jogadores do FCP que são mais discipliandos?? É que como já escrevi, o presidente da CD da liga e alguma imprensa então a passar a ideia que esses números mostram uma "preferência" do CD pelo FCP!! Defesa essa no mínimo ignóbil!!!
AR a 6 de Janeiro de 2010 às 16:34

Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
15
16
23
24
28
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO