Segunda-feira, 30 DE Agosto 2010

 

in www.abola.pt

 

Abraço hilariante

publicado por fred às 21:01
Caro fred,

Temos de ser rigorosos: o hleb preferiu um clube de renome como o Birmingham, não foi um qualquer... Benfica ou Birmingnham??!!??! engraçado... E ainda há pouco tempo andava por aí um papagaio a criticar o Bruno Alves por ter ido para o Zenit... enfim, como sempre pela boca morre o peixe.
Esperto foi o Rui Costa que foi fazer uma viagem à linda cidade de Barcelona.
AR a 31 de Agosto de 2010 às 10:25
O Bruno Alves não é um central de top europeu essa é a verdade. Nenhuma equipa do top 20 europeu esteve disposta a dar 22 milhões por ele. Se fosse realmente um central top como sempre se defendeu tinham vindo buscá-lo.O Bruno Alves em termos de clube foi de cavalo para burro. Ele como jogador teve noção que em termos de prestigio não alcancaria nenhum clube superior ao FCP. Nisso provou ser mais realista que os adeptos do seu clube. Perente esta boa análise das suas qualidades futebolisticas, optou por um clube de menor dimensão mais que lhe pagasse dinheiro.
lmb a 31 de Agosto de 2010 às 11:50
O jogador Hleb optou por um campeonato bem mais interessante que o nosso. Em termos monetários as previsões futuras serão mais vantajosas se ficar no Birminghman do que se vier para Portugal. O jogador tem 29 anos, esteve no Barcelona onde ganhou tudo que tinha para ganhar, é normal que queira assegurar a reforma. Para um jogador que esteve no Barcelona, ir para um clube só para jogar a Champions parece-me curto. A nossa realidade é essa, não podemos oferecer ordenados milionários.

O Helb fez o que outros fizeram, como o Bruno Alves, para melhor não vou e não, então que vá ganhar dinheiro e que vá para quem me der mais.
lmb a 31 de Agosto de 2010 às 11:56
Muito sinceramente (e sem falsas hipocrisias), ainda bem que não veio para o Benfica!
Hleb foi um jogador muito bom e que esteve em destaque no Arsenal em 2006 e 2007, se não estou em erro. Depois sofreu uma série de lesões complicadas que o fizeram perder protagonismo na equipa londrina, mas ainda assim conseguiu mudar-se para o Barcelona, onde pouco jogou (normalmente era suplente). A época passada regressou por empréstimo ao Estugarda (clube onde jogou 5 anos que o lançaram para o estrelato e para o Arsenal), e embora os alemães tivessem a possibilidade de ficar com ele a título definitivo ou renovar o empréstimo, resolveram devolver ao Barcelona que logo o colocou no mercado.
Embora seja um jogador de qualidade, penso que já está numa fase descendente da carreira e temo que as lesões lhe tenham deixado marcas..
Quando se começou a falar na sua vinda para o Benfica, temi que viesse passar um ano de pré-reforma e que o Benfica embora so suportassse metade dos seus salários, ainda assim ficasse com um encargo elevado. Fiquei mais satisfeito quando soube que o Birmingham se tinha intrometido e oferecia melhores condições ao jogador e ao Barça, mas assustei-me quando soube que o Rui Costa ia a Barcelona dar o tudo por tudo (e este tudo por tudo é que me assustou verdadeiramente, pois acho que o Benfica nunca poderia suportar a totalidade do ordenado do jogador, nem deveria voltar a pagar para ter jogadores emprestados - como fez com Salvio). Felizmente, foi mesmo apra Inglaterra!
Penso que a decisão de regressar a Inglaterra para um clube que nunca jogou na Europa em detrimento de vir para um clube que está na Champions, mostram nitidamente que o jogador não está interessado no prestígio, mas sim que está acomodado e prefere o dinheiro.

Felizmente, gostei de ver que "E tudo o vento Hlebou!"..
Spaceship a 31 de Agosto de 2010 às 12:23
A posição assumida neste caso pelo ika e spaceship demonstra bem a postura de cada um deles... um entende que foi positivo não ter vindo, e ia ser um erro estratégico da direcção. Outro vem logo defender de forma cega a direcção e tentar justificar a opção do jogador por um clube de terceira de forma absurda... enfim... são posturas
AR a 31 de Agosto de 2010 às 13:09
A vontade de dizer mal de tudo que eu escrevo é tão grande por parte do Sr.Ar que nem se apercebe das asneiras que escreve. Eu e o Sr. Spaceship dissemos praticamente o mesmo.
Vejamos eu disse coisas como " em termos monetários as previsões futuras serão mais vantajosas se ficar no Birminghman do que se vier para Portugal."ir para um clube só para jogar a Champions parece-me curto. A nossa realidade é essa, não podemos oferecer ordenados milionários." "O Helb fez o que outros fizeram, como o Bruno Alves, para melhor não vou e não, então que vá ganhar dinheiro e que vá para quem me der mais."

O Sr. Spaceship disse coisas como: "... para um clube que nunca jogou na Europa em detrimento de vir para um clube que está na Champions" "mostram nitidamente que o jogador não está interessado no prestígio, mas sim que está acomodado e prefere o dinheiro".

Acho que fica claro que ambos dissemos o mesmo por outras palavras: preferiu o dinheiro.

Depois gostava de saber onde eu defendi a direcção, eu limitei-me a comentar a opcção do jogador e nada mais disse. Nem que era a favor ou contra a vinda do jogador.

lmb a 31 de Agosto de 2010 às 14:16
Ontem, quando vi que o Hleb não vinha para o benfica, também pensei em colocar um post sobre isto...
A quantidade de capas que se fizeram a dizer que a contratação estava mais do que assegurada.:)

Eu não percebo como é que vocês dizem que ele preferiu o dinheiro...
Qualquer que fosse o clube para onde ele fosse, o seu salário dele era o mesmo, isto é, o que consta do contrato com o Barcelona (o que pode, eventualmente, variar é a percentagem que cada um dos clubes - Barcelona e clube que o recebe - paga).
Parece-me óbvio que Hleb preferiu jogar no" poderoso" Birmingham do que no "glorioso" benfica...acho que isto diz muito sobre o prestígio (ou falta dele) desse clube.

Quanto ao Bruno Alves, dizer que não é um dos melhores centrais da Europa é demonstrativo de uma de duas coisas...facciosismo cego ou completa ausência de conhecimentos futebolísticos.
Quanto a isto, nem perco mais tempo a dizer o que quer que seja.
Joca a 31 de Agosto de 2010 às 14:38
Brilhante Joca,

Curto e simples ainda que a explicares uma coisa óbvia. Nem ia perder mais tempo com isto, mas depois desta explicação não podia deixar de te dar os parabéns!!! Será que assim o sr ika entende??? Não foi dinheiro, foi opção... e dizer que o Bruno Alves não é jogador top mundial na sua posição é ceguez!!!
AR a 31 de Agosto de 2010 às 14:54
Para o Sr. Ar tenho a dizer que tanto eu como o Sr. Spaceship dissemos que foi o dinheiro, logo não entendo como foi capaz de dizer que as nossas posições eram contrárias e que quer que eu entenda.

Em relação ao Bruno Alves, parece que sou eu tão cego como são o Chelsea, o Man United, o Arsenal, o Liverpool, o Barcelona, o Real Madrid, o Inter, o Milan, a Juve, o Bayern, o Lyon, etc e tal que não o quiseram vir buscar. Se realmente ele é um dos melhores certamente que o tinham vindo buscar. Mas não, o unico potentado europeu foi o Zennit.

lmb a 31 de Agosto de 2010 às 15:09
Caro ika,
Tente ler 3 vezes antes de responder, talvez assim consiga interpretar correctamente o que é escrito. Vou colocar em letras maiusculas o que o Joca disse, para ver se percebe: NÃO FOI O DINHEIRO!!! QUEM PAGARIA O SALÁRIO ERA O BARCELONA, APENAS SE PODERIA DISCUTIR A PERCENTAGEM QUE CADA CLUBE, BARCELONA E CLUBE PARA ONDE FOSSE EMPRESTADO, PAGARIAM DESSE ORDENADO!!!
AR a 31 de Agosto de 2010 às 15:12
Sr Ar tanto eu como o Sr. Spaceship defendemos que foi por dinheiro. Por isso fale para os dois. Mais, ele pensou mais além, e pensou ficar numa equipa que findo o empréstimo fique com ele e lhe possa pagar salários próximos do que ele recebe. Algo que no Benfica nunca aconteceria.

Mais, devia saber que na Internet escrever só com maísculas significa estar a gritar com a outra. Baixe o tom. Se é para discutir nas tabernas não conte comigo
lmb a 31 de Agosto de 2010 às 15:20
Caro ika,
Desconhecia essa linguagem bloguista. Apenas escrevi em maiúsculas para ver se conseguia ler melhor e assim entender melhor. Mas parece que nem assim.
O Spaceship e o Joca já tentaram explicar que não foi o dinheiro que influenciou o jogador pois ele receberia sempre o mesmo, por isso... assunto arrumado
AR a 31 de Agosto de 2010 às 15:52
Caro Ar.

Vou ter de lhe explicar tudo desde o inicio, para ver se percebe de uma vez por todas. No meu 1º comentário às 11:56 fiz estas duas observações: 1º Inglaterra tem um melhor campeonato que o nosso 2º Para futuro (ou seja findo o emprestimo de 1 ano que coincide com o fim do contrato com o Barcelona) teria melhores condições que em Portugal.

Passo a citar-me: "O jogador Hleb optou por um campeonato bem mais interessante que o nosso. Em termos monetários as previsões futuras serão mais vantajosas se ficar no Birminghman do que se vier para Portugal."

O Sr. Spaceship seguindo a mesma linha de raciocinio ás 12:23 diz :"Penso que a decisão de regressar a Inglaterra para um clube que nunca jogou na Europa em detrimento de vir para um clube que está na Champions, mostram nitidamente que o jogador não está interessado no prestígio, mas sim que está acomodado e prefere o dinheiro." Curiosa a expressão acomodada pois eu digo algo parecido quando digo que para quem ganhou tudo no Barcelona jogar a Champions é argumento curto, mais aliciantes teriam de existir. Aliciantes esses que são os já referidos: melhor campeonato, melhores prespectivas salarias futuras.



Continuando

Por volta das 13.09 o Sr Ar diz que eu defendi a direcção quando não o faço e que o Sr. Spaceship teve uma posição equilibrada quando ambos defendemos o mesmo.

O Sr. Joca um bocado mais atento que o Sr. Ar, pois percebeu que tanto eu como o Sr. Spaceship tinhamos possições identicas pelas 14:38 afirma: "Eu não percebo como é que vocês dizem que ele preferiu o dinheiro".

Opnião que discordei como sabe por volta das 15h15 onde volto a reforçar que "Em termos futuros ele sabe que se ficasse no Benfica nunca na vida poderia ter um ordenado a que está habituado ou pelo menos próximo do que está habituado. Obviamente que essa foi a razão dinheiro."

O Sr. Spaceship novamente por volta das 15:39 vem reforça a posição e acrescentar algo que eu já tinha referido desde o 1ª comentario das 11.56 ao afirmar que: "... Hleb preferia voltar a um país e campeonato que já conhecia e que lhe dariam melhores garantias de futuro (entendo como melhores garantias financeiras no caso de sair do Barça)".

Desde o inicio que justifico a opcção por ir para um campeonato melhor que o nosso, e que ja estava a pensar nas próximas épocas.

Talvez com as horas dos comentários perceba de uma vez por todas que eu
1º não defendi nem critiquei a direcção
2º digo tal como o Nave que o campeonato inglês é mais aliciante que o nosso
3º o dinheiro pesou e muito, não nesta época mas nas futuras.

Está aqui tudo, com horas dos comentários. Se quer criticar uma posição minha critica-a, mas a posição que eu tomo e não outras. E pelo menos seja homem e critique duas pessoas da mesma forma, quando ambas defendem o mesmo.
lmb a 31 de Agosto de 2010 às 16:24
Caro Joca

O Helb pensou em termos futuros e não só na próxima época. Em termos futuros ele sabe que se ficasse no Benfica nunca na vida poderia ter um ordenado a que está habituado ou pelo menos próximo do que está habituado. Obviamente que essa foi a razão dinheiro. Se fosse pelo prestigio e pelo brio, o jogador tinha optado por um clube com nome na europa, que joga a champions e que luta pelo titulo no seu campeonato.

A opcção dele foi clara: "já que não vou para nenhum clube do nível do Barcelona, então que vá para onde me pagam mais"

Em relação ao Bruno Alves, acho que o clube para onde ele foi é demonstrativo que o Bruno Alves não é um dos melhores do mundo nem de longe nem de perto. Se fosse um dos melhores do mundo, certamente estaria num dos melhores do mundo. Aliás em termos desportivos ele foi para uma equipa muito pior que o FCP.

Se eu fosse cego e fanático como o Sr. Joca diria que ele preferiu o Zennit para jogar numa equipa com mais prestigio que o FCP. Como não sou, digo, ele optou para ir ganhar dinheiro, tal como o Hleb.
lmb a 31 de Agosto de 2010 às 15:15
Ainda em relação ao Bruno Alves, digo-te o seguinte...
Já ouviste falar no Robinho?
Ele estava no Real Madrid e quis sair para ir para o Manchester City!
O facto de ele passar a estar, à época, no Manchester City (e não no Real Madrid) significava que ele não era um dos melhores do Mundo?
Claro que não...
O que acontece é que, actualmente, há clubes que têm tanto ou mais poder de compra do que os chamados "grandes" da Europa.
Queres mais um exemplo...
O Mourinho, como ele próprio admitiu, queria contratar o Kolarov (lateral-esquerdo que jogava na Lázio).
Sabes onde é que ele está?
No Manchester City...
Isto para dizer que, hoje em dia, o facto de um jogador estar num clube que não é um dos melhores da Europa não significa que ele não tenha valor para lá estar.
Significa que há clubes não tão grandes que têm mais dinheiro do que esses grandes clubes.

P.S.: não percebo como é que, com base no meu comentário, me podes chamar cego e fanático.
Enfim...
Joca a 31 de Agosto de 2010 às 15:56
Caro Joca o teu comentário tem os argumentos que eu precisava.
Vamos por parte. O caso Bruno Alves vamos separa-lo em dois.

1º O Bruno Alves saiu do FCP para o Zennit por causa do dinheiro. Ele mudou para um clube pior e sem metade do prestigio do FCP. Por isso referi que tu foste cego, quando afirmaste que o Hleb optou pelos ingleses em detrimento do Benfica porque o Benfica não tinha prestigio. Obviamente que o dinheiro foi o que pesou, tal como ao Bruno Alves.

2º Os grandes europeus procuram os jogadores, depois se eles optarem por equipas menores é lá com eles. No Bruno Alves ninguem pegou, a não ser o Zennit. Os jogadores que referes como o Kolarov tiveram um grande europeu atrás dele, agora depois eles optaram por outro clube. O Robinho apesar de bom jogador está longe de ser dos melhores do mundo, tal como o Bruno Alves, é bom, mas não é dos melhores. Como tal estão em equipas de segundo plano europeu. Os melhores, estão nas equipas de 1ºplano europeu, ou mais cedo ou mais tarde acabam por lá chegar.
lmb a 31 de Agosto de 2010 às 16:37
1 - Eu não disse que o benfica tinha menos prestígio que o Birmingham.
O que eu disse foi que o benfica não tem muito prestígio, ou seja, não estabeleci qualquer comparação entre o prestígio dos dois clubes.
Se o benfica, realmente, tivesse um prestígio por aí além, o Hleb, com condições financeiras idênticas nos dois clubes, teria optado pelo benfica.
2 - Caso não saibas, o Barcelona, no ano passado, esteve quase a contratar o Bruno Alves.
Foi público que ele era a opção do director desportivo (Beguristain) para a posição de central, enquanto que a opção de Guardiola (que acabou por prevalecer, com os resultados que se conhece...o jogador já foi recambiado para a origem) foi Chigrynscky, do Shaktar.
Para além disso, é preciso não esquecer que o Bruno Alves já tem 29 anos, logo, só por esse facto há clubes que optam por jogadores mais jovens, com mais anos de carreira pela frente.
Em definitivo, acho que ao dizeres que o Bruno Alves não é um dos melhores centrais da Europa mostras que o teu facciosismo levou a melhor sobre o bom senso.
É pena, mas nada de novo...não me esqueço que achavas que o Pepe era um jogador banal e que jogadores como o Calado ou o Neca (ex-Belenenses e actualmente no Setúbal) eram fabulosos.
Pensando bem, não é só facciosismo...é mesmo não perceber nada de futebol.
Joca a 1 de Setembro de 2010 às 12:59
Ika, registo igualmente o teu silêncio relativamente a comentário supra...
Joca a 1 de Setembro de 2010 às 15:12
Já expliquei ao AR e explico-te a ti. Desde o primeiro comentário que digo que o Hleb preferiu um campeonato melhor que o nosso, e um clube que no futuro (e não apenas esta época) lhe desse melhores condições financeiras. Depois referi que para quem sai do Barcelona, depois de ter ganho tudo, o jogar simplesmente a Champions parece curto. A vossa opnião foi baseada em clubite e para picar. Qualquer pessoa com bom senso, concluiria que ele se foi para um clube de menor dimensão, que nem competições europeias joga, não pensou em prestigio mas em dinheiro. Aliás segundo dizem havia outros clubes ingleses de maior dimensão e ele ainda assim optou pelo de menor. Acho claro como a água, desde que se veja sem clubite e se diga uma opnião e não algo apenas para picar.
Obviamente que comparei-o ao Bruno Alves que saiu do FCP para ir ganhar dinheiro. Ou achas que o Zennit tem mais prestigio que o FCP?'

Os ses valem o que valem. Para a história fica que não foi para o Barcelona. O carlos Lisboa também esteve quase a ir para a NBA, mas nunca foi.
O Lucho tambem saiu com 29 anos e foi para um clube melhor que o Zennit. O Ricardo Carvalho tem 31 e foi para o Real Madrid. O Bruno Alves é bom mas não é dos melhores. A realidade é essa. O Pepe foi para o Real Madrid. Provavelmente eu estava enganado e se calhar é mesmo dos melhores. Em relação ao Bruno Alves comigo concordam todos os grandes da Europa que não o foram buscar. Mas devem ser todos dirigidos por adeptos do Benfica
lmb a 1 de Setembro de 2010 às 15:43
Correndo o risco de estarmos a comentar o diz que disse de jornalistas que mais não fazem que especular para vender jornais, venho apenas clarificar as questões do dinheiro e por isso apenas farei a análise financeira deste episódeo, não fazendo qualquer juízo sobre prestigio, fama ou poder de clubes ou campeonatos!
Para Hleb, enquanto estiver vinculado ao Barça, é indiferente onde joga porque recebe sempre o ordenado estipulado no contrato, apenas pode variar quem lhe paga.
Para o Barcelona já pode haver diferenças significativas porque pode ter que suportar a totalidade dos ordenados, apenas uma percentagem ou até nada. Além disso, pode emprestar o jogador gratuitamente ou pode receber um valor de compensação pelo empréstimo, isto para já não falar em futuras clausulas de opção pelo jogador.
Inicialmente, quando os jornais referiram que Hleb vinha para o Benfica, o clube português apenas pagaria metade do salário e o Barça suportava a outra metade. Ontem, quando avançaram com a intromissão do Birmigham e com a viagem de Rui Costa, já diziam que o Benfica estava disposto a assumir a totalidade do ordenado (que mesmo não sabendo qual o valor em questão, duvido que tal fosse possível) e ainda pagar algo ao Barcelona para obter o empréstimo, o que leva a entender que o clube inglês estaria a negociar nesses moldes com o Barça. Assim sendo, para o Barça este novo negócio era mais vantajoso.

Por fim, o próprio agente de Hleb referiu que ele desconhecia o valor do nosso campeonato e do próprio Benfica (embora antes tivesse elogiado o clube e o campeonato) e que Hleb preferia voltar a um país e campeonato que já conhecia e que lhe dariam melhores garantias de futuro (entendo como melhores garantias financeiras no caso de sair do Barça).
Spaceship a 31 de Agosto de 2010 às 15:39
Ilustres,

O bielorrusso foi ontem apresentado no Birmingham e fez as seguintes declarações à ITV Sport:

"Tinha mais algumas opções, falei com Liverpool, Tottenham e Benfica, mas não houve acordo. O Birmingham queria-me mais que qualquer clube, foi o único a mostrar que me queria para mais do que uma época e foi o único que pdeiu a inclusão de uma claúsula para adquirir o meu passe no final do empréstimo. Foi por isso que me decidi."

Bem hajam!
Anónimo a 1 de Setembro de 2010 às 09:21

Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
15
18
21
22
28
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
ele é tudo o que disseram dele e muito mais....tiv...
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO