Terça-feira, 31 DE Agosto 2010

A primeira equipa a entrar em campo foi o Benfica, num jogo que tradicionalmente costuma ser fácil, em casa contra o Setúbal. Tudo parecia começar em grande, Roberto no banco e na primeira jogada de ataque, Cardozo marca! Aos 4 minutos, melhor seria difícil de imaginar.. Mas eis que aos 20mn, Maxi faz um atraso assassino e Júlio César (tenho a sensação que é completamente burro e que deviam investigar o QI dele), não consegue controlar nem aliviar a bola e acaba por fazer penalty e ser expulso. Vislumbrou-se terror na cara dos adeptos com Roberto a ter que entrar.. Mas de besta a bestial foram apenas alguns segundos, os que bastaram para defender o penalty de Hugo Leal e manter a baliza inviolável até ao fim (é verdade que também nunca foi posto verdadeiramente à prova). Em cima do intervalo, Luisão aumentou a vantagem e poucos minutos depois do reatamento, Aimar selou o 3-0 final!

 

Seguiu-se o Braga que recebeu o Marítimo. Num jogo em que se notou algum cansaço em ambas as equipas, foram mais fortes os guerreiros do Minho, que foram os que mais atacaram e os que mais procuraram o golo e a vitória. Foram premiados mesmo em cima do intervalo com um golaço do seu defesa direito, Silvio (merecidamente chamado à selecção nessa noite). Os insulares começaram a época bem cedo devido à participação na taça Europa, e embora tenham começado com 4 vitórias (uma delas por 8-2), seguiram-se 5 derrotas! O afastamento europeu e o último lugar com zero pontos, podem ser cruciais para o treinador..


Nessa noite, o FCP viajou a Vila do Conde para defender o primeiro lugar. Com um Hulk em óptimo momento de forma, ganhou inequivocamente por 2-0. No entanto, não me pareceu tão fácil como os números aparentam. Desde logo, aos 22 mn, no lance do primeiro golo, há fora de jogo de Falcao.. Embora digam que ele não interfere na jogada, eu não concordo porque ele está mesmo na frente do redes e cai em cima dele mal a bola passa.. Pouco depois, aos 39 mn, Alvaro Pereira comete um penalty que não é assinalado. Já na segunda parte, aos 65 mn, Hulk volta a marcar e a fechar o marcador. Obviamente que o Porto foi a única equipa a merecer ganhar este jogo, isso nem está em questão, a forma como o conseguiu é que pode não ter sido a mais justa..

 

Finalmente, na segunda-feira, o SCP, moralizado pelas vitórias frente ao Marítimo e ao Brondby, viajou à Figueira da Foz para jogar com uma Naval que tinha dado muito trabalho ao FCP e que depois tinha ido ao Algarve ganhar ao Portimonense. Mas este jogo foi bem diferente.. O SCP não deu grandes hipóteses à Naval para que jogasse e foi conseguindo aqui e ali furar a barreira defensiva dos da casa. À meia hora, uma bola na barra, Em cima do intervalo, Liedson em posição irregular corre para uma bola, a que um colega chega primeiro e passa-lhe para fazer o primeiro golo. No reatamento, é mal assinalado um penalty para Matias fazer o segundo. Depois deixa de haver história.. Djaló faz mais um e a Naval faz o tento de honra.

 

Uma palavra para Toscano, um brasileiro que chegou esta semana ao Guimarães e fez três golos ao Nacional e ainda teve mais dois ou três bons remates a que Bracali correspondeu com boas defesas! A ver a sua evolução!

publicado por Spaceship às 09:15
Caro Spaceship,
Pela primeira vez esta época sou obrigado a fazer algumas correcções à sua análise da jornada em abona da verdade. Espero que tenha sido mero erro de análise ou mesmo esquecimento, e não sintomas do nervosismo existente no nação benfiquista.
Assim, relativamente ao jogo do slb, estranho não ter evidenciado pela negativa as duas (aliás, mais duas) agressões do Cardozo, uma com o pé ao central do Setubal ainda na primeira parte, e outra já na segundo com uma já clássica cotovelada. Ora, isto são situações que têm sido reiteradas neste início de época e que têm passado sem qualquer sanção. Não conto consigo para branquear estas situações, pelo que acredito ter sido um mero esquecimento.
Depois no que ao jogo de Vila de Conde diz respeito, não há qualquer fora de jogo do Falcao no primeiro golo. Aliás, embora nenhuma das analises dos especialistem detectem qualquer infracção aquilo que ouvi alguns doentes falar foi de uma hipotética falta e não fora de jogo. Depois, há um contacto com o GR, já a bola roçava as redes, por isso, perfeitamente legal. Relativamente ao penalti, aceito que tenha ficado um por marcar, da mesma forma que ficou na semana passada contra o Beira Mar e a favor do FCP, e aí não vi tantas virgens ofendidas preocupadas com isso. Ou será que há penaltis e pnaltis, conforme as conveniências???
AR a 31 de Agosto de 2010 às 10:35
Amigo AR, a minha análise está sujeita ao erro não só derivado à minha clubite (algo que tento combater para ser rigoroso e justo), mas também devido a eventuais esquecimentos e/ou lances que não vi ou não prestei a melhor atenção. Feito este ponto prévio, respondo:
1 - Em relação às duas supostas agressões do Cardozo. A primeira "com o pé ao central do Setubal ainda na primeira parte", confesso que não tenho ideia de nada e não me lembro de nada. Já consultei os jornais e nenhum faz referência a algum lance desse género. Já em relação à cotovelada no final do jogo, confesso que não vi os últimos minutos e só soube do lance quando foi aqui falado pela primeira vez (penso que pelo Fred no post sobre o check point). Se deu cotovelada, é para ser punido como mandam as regras, no entanto, ao ver o Tribunal de OJOGO (quando procurei informação sobre o lance anterior), reparei que dos três especialistas, apenas um refere que é falta para vermelho, os outros dois, apenas referem que é falta, mas sem qualquer acção disciplinar.. No entanto, volto a dizer que não vi o lance.
2 - Quanto ao jogo de Vila do Conde, para mim, Falcao está adiantado em relação à bola, ainda que ele não interfira directamente na jogada, o simples facto de estar mesmo em frente e em cima do redes (acabando por cair em cima dele) pode ter condicionado a sua acção.. Relativamente ao penalty, é claro, tão claro como o que ficou por marcar frente ao Beira-Mar, no entanto, no jogo anterior, o penalty não tem qualquer influência na vitória folgada do FCP, já este penalty, fica sempre o "e se...". De qualquer modo, volto a repetir, independentemente destes erros, o FCP foi justo vencedor e a sua vitória não deve ficar manchada/ensombrada por erros de arbitragem!
Pois caro Spaceship infelizmente estes colegas de blog não merecem a sua forma diplomática de ser.

No ano passado depois de um claro 6-1, vieram reclamar se não fosse o 3-1 com um penalty gamado o Benfica provavelmente teria empatado o jogo. Disseram que o penalty é que foi a mauzinha para a goleada. O facto de o Benfica ter jogado muito bem era um pormenor, pois tudo se resolveu naquele lance. Obviamente que o facto de o golo do Nacional ter sido duvidoso, ou de terem anulado um golo limpo ao Benfica na 1ªparte foi esquecido. Isto para voltar a dizer, no passado jogar bem e ter ajudas com erros dos arbitros era um escandalo, agora no presente, desde que se jogue bem, os erros são justificados porque se jogou bem e melhor que o adversário. O caro amigo não se deve esquecer como eles foram o ano passado.

Em relação às tais coteveladas do Cardoso são idênticas às do Benny, ou seja, não é nada, segundo o critério de utilização de braços defendido no passado pelos portistas. Como tal, se no passado é nada agora é nada. Não vejo o porquê da choradeira.

Os tais eventuais pontapés, não me parecem mais graves que as entradas no ar e com os pitões nas costas dos adversários feitas pelo Bruno Alves e que já foram aqui neste blog apresentadas. Na altura estas entradas foram justificadas com poder de impulsão, garra na disputa dos lances. Pois seja esse então o critério.


lmb a 31 de Agosto de 2010 às 11:37
Pois Spaceship eu também no vi o jogo, mas ontem as jogadas do cardozo foram das mais analisadas do famoso "dia seguinte", e na da pisadela até o cego gomes da silva evitou falar... acho que diz tudo. Se juntarmos a isso as anteriores agressões já protagonizadas pelo Cardozo e pelo David Luiz é algo que começa a ser preocupante.
Quanto ao lance do 1º golo do fcp, aconselho te a ler os mesmos especialista que referes para o "defenderes" o cardozo, nenhum deles considera existir fora de jogo. Se podes questionar uma eventual falta (que não considero) fora de jogo não há mesmo, está atraz do último defesa.
Termino só referindo que é a primeira vez que vi uma análise com interpretações tão diferentes das minhas, só por isso a surpresa ser maior.
AR a 31 de Agosto de 2010 às 11:42
Quanto ao pontapé ou pisadela do Cardozo, na primeira parte e embora a tenha visto toda, não tenho mesmo ideia de nada.. Se ontem falaram disso no famoso "Dia Seguinte", não vi. De todos os programas em que se fala de futebol, acho esse o mais fraco e raramente o vejo! Quanto à cotovelada, dos três "especialistas", apenas o Coroado a interpreta como agressão, os outros dois referem que é algo perfeitamente normal, e que embora se devesse ter marcado falta, não deveria haver nenhuma sanção disciplinar (nem sequer amarelo).
Quanto ao que os mesmos "especialistas" dizem sobre o Falcão, apenas o Coroado refere que há falta e fora-de-jogo de Falcão (duas irregulariedades), os outros dois dizem que é legal, embora o Pedro Henriques afirme que Falcao está em fora-de-jogo posicional e que não interfere na jogada.. o que eu já não tenho tanta a certeza, apenas e só pelo facto dele estar em cima do redes.

Penso que a interpretação diferente que fazemos dos lances, não é nada de mais, e até é saudável que tal aconteça! Não quero que os meus relatos da jornada se transformem em monólogos.
De qualquer modo, penso que é claro que as eventuais agressões de Cardozo, pouco ou nada influênciaram o resultado final na Luz.. Já os eventuais erros em Vila do Conde, acabam por manchar uma vitória justa e clara do FCP.
Spaceship a 31 de Agosto de 2010 às 12:03
Spaceship,
Desde já concordo que monólogos é coisa para disfarçar conferencias de imprensa de clubes que não têm treinadores capazes de ter um discurso fluente. Por isso, gosto das tuas analises e quase sempre estou de acordo com elas, o que não foi claramente este o caso.
Depois, e em sequência do raciocínio brilhante de outro bloguista, lembrei me de perguntar umas coisa: se considera que houve lances que assombram uma vitória que toda a gente considerou justíssima por parte do FCP (talvez como uma qq que já se fala neste blog por 6-1, que confesso não saber do que se trata, mas enfim), como classifica a vitória do slb no último campeonato com tantos casos em campo, que há sempre, mas principalmente com todos os casos que existiram fora dele?? será que não se pode também considerar que tiraram brilho a um campeonato que até poderia ser justo???
AR a 31 de Agosto de 2010 às 12:40
Obviamente que sim! Considero que o Benfica foi um justíssimo vencedor do campeonato passado, foi a equipa mais forte, teve o melhor ataque e a melhor defesa (a par do Braga) e foi a que jogou melhor e praticou um futebol mais atractivo!
Obviamente que os casos que surgiram retiraram algum brilho a algo tão claro e natural.
A referência à vitória de 6-1 do Benfica frente ao Nacional é pertinente, uma vez que o SLB estava a ganhar por 1-0 quando é mal validado um golo ao Nacional e pouco depois é mal invalidado um ao Benfica. Mas muita gente ignorou estes dois erros, para se centrarem num novo erro do arbitro que assinala mal um penalty que deu o 3-1 ao Benfica e muitos afirmaram que isso foi determinante.
Os erros, quando têm influência directa nos resultados, ensombram sempre esses mesmos resultados! Agora, não devem é retirar a justiça ao resultado final.
Assim como afirmo que independentemente de tudo o que aconteceu na época passada, o Benfica foi justo vencedor, também digo categóricamente, que independentemente de haver ou não fora-de-jogo/falta no primeiro golo ou de não ter sido marcado um penalty a favor do Rio Ave, o Porto foi única equipa a merecer a vitória! Disso não tenho qualquer dúvida!
Spaceship a 31 de Agosto de 2010 às 12:55
Caro Spaceship,
Portanto, resumindo esta jornada:
O SCB foi beneficiado ao ver um penalty contra si perdoado, quando o jogo estava 1-0.
O FCP idem (não concordo com o lance do golo, porque tal como o Spaceship refere, a interferência do Falcão acontece “mal a bola passa” e não antes da bola passar).
O SCP teve um penalty mal assinalado a seu favor, também quando o jogo estava 1-0.
E o SLB, o maior beneficiado desta jornada, viu o árbitro poupar a dupla expulsão do Cardozo e ainda logrou ganhar com a expulsão do Júlio César, já que lhe ofereceu a redenção do Roberto e a recuperação de um negócio de 8,5M€ que, segundo consta, já estava com um carimbo na testa e na ressaca para o Principado… salvo se tal não fosse outro negócio “Hlebiano”.
fred a 31 de Agosto de 2010 às 14:32
Mas fred,

O Sporting além do penalti duvidoso marcou o 1º golo com um fora de jogo de km, mas só se fala do penalti do Rio Ave. Porque será??? medo, nervosismo??
AR a 31 de Agosto de 2010 às 14:33
Eu tb refiro que o primeiro golo do SCP é em fora-de-jogo.. o que adicionado ao penalty, que faz com que o jogo fique em 2-0, termina logo com o próprio jogo.
E volto a referir que o FCP ganhou em Vila Conde com toda a naturalidade. Caso tivesse sido marcado fora de jogo ao Falcao (que aceito que pudesse ter sido marcado, tal como aceito que se tenha validado o golo) ou se tivesse marcado o penalty (este sim, o erro do jogo), o jogo seria diferente, mas o FCP teria tudo para ganhar na mesma. Logo não ponho em questão a atribuição dos 3 pontos!
Spaceship a 31 de Agosto de 2010 às 15:29
Spaceship,

Em abono da verdade desportiva, e depois de analisar o lance ontem através do programa Trio de Ataque, uma vez que não tive oportunidade de assistir ao jogo, cumpre referir que o penalti que fazes referência e que eu concordo que teria existido é precedido de fora de jogo claro e evidente. O cruzamente que o Sapunaru corta de cabeça para a zona onde é cometido o penalti, era dirigido a um jogador que está claramente fora de jogo. Dessa forma o penati nunca teria existido.
Apesar de em muitos outros sítios se continuar a tentar esconder a realidade dos factos, neste nosso espaço espero que todos, mas mesmo TODOS, continuemos a defender a verdade dos factos!!
AR a 2 de Setembro de 2010 às 12:02
É verdade! Também vi o mesmo programa e só aí me apercebi que tinha havido um erro ao não ter sido assinalado fora-de-jogo antes.. Sendo que nesse mesmo programa também se avançou para o facto de o jogador em fora de jogo não se ter feito ao lance, a bola foi na sua direcção, mas foi um jogador do Porto que a foi buscar e aliviar, sem ser minimamente importunado..
De qualquer modo, um erro não pode ser compensado por novo erro..
Spaceship a 2 de Setembro de 2010 às 13:00
Caro Spaceship,

Perfeitamente de acordo. Somos um exemplo de bem "discutir" nunca despindo as nossas camisolas!! :)
AR a 2 de Setembro de 2010 às 15:29
"Somos"!?!?

O Sr. Ar não se toca mesmo. O Sr AR nunca despe o clubismo. Nisso o senhor tem muito aprender com o Sr. Joca e o Sr. Spaceship. Nunca coloque "somos" quando o senhor é muito diferente da outra possa a quem se pretende colar.

Ganhe juízo!

lmb a 2 de Setembro de 2010 às 15:38
Sr ika, não me lembro de me ter dirigido a sí, por isso mantenha-se no seu lugar.
Sempre discuto de forma elevada, este foi mais um exemplo. Agora com facciosos e com pessoas frontalmente desonestas na análise, torna-se dificil. Ainda assim, dificilmente me conseguem apontar falta de educação ou menos elegancia na abordagem dos temas... já outros....
AR a 2 de Setembro de 2010 às 15:43
O Sr. Ar quando escreve no blog, escreve para toda a gente que o lê. Quer consersas privadas pegue no telefone, use sms, ou convide o Sr. Spaceship para um jantar romântico.A partir do momento que publica no blog sujeita-se à critica.

Eu até podia deixar a troca de piropos entre os dois de lado, não fosse eu reparar que o Sr. Ar se tentava colocar a uma forma de estar que não corresponde à verdade.

O Sr. Ar é fanático e cego a discutir futebol, logo nunca na vida eu poderia deixar que se colasse a uma pessoa de bem, neutral e nada fanática como ao Sr. Spaceship.

Se fosse o Sr. Joca a dizer isso, eu diria apenas concordo, porque sei ver, que ele juntamente com o Sr. Spaceship são os únicos que na medida do possível despem camisolas quando discutem os assuntos.
lmb a 2 de Setembro de 2010 às 15:54
sr ika,
Quanto ao que aqui escreve, apenas leio com agrado um rasgo de lucidez quando descreve como neutro e imparcial o Spaceship e o Joca, auto excluindo-se desse grupo. Pode ser um bom começo!!
AR a 2 de Setembro de 2010 às 16:07

Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
15
18
21
22
28
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
ele é tudo o que disseram dele e muito mais....tiv...
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO