Terça-feira, 30 DE Novembro 2010

Ontem Jorge Jesus abandona a flash interview porque se recusou a falar de outros assuntos para além do jogo que acabava de terminar. Para os menos atentos diz o Artigo 26º - Comunicação Social (Regulamento das Competições da LPF)

"18.No final de cada jogo em directo, será realizada uma entrevista (Flash Interview), de carácter obrigatório, que o operador televisivo integrará na... sua emissão normal e deverá respeitar os seguintes termos:

a...) Terá de se iniciar nos 5 minutos após o efectivo termo do jogo, tendo uma duração máxima de 90 segundos para cada interveniente, e apenas deverá versar sobre as ocorrências do jogo que se acabou de disputar;"

 

 

Ora Jesus já tinha falado do jogo nada mais tinha a dizer e o jornalista sabia ou devia saber bem que estava a sair fora do âmbito da entrevista. O Jesus fez o que tinha a fazer. Perguntou se o jornalista queria falar do jogo, ele disse que ele é que escolhia as perguntas. Ora nem o trabalho dele sabe fazer, na flash interview apenas se "deverá falar sobre as ocorrências do jogo". Perante isto Jesus disse então xau.

 

Hoje por causa de uma suposta agressão posterior ao mesmo jornalista (que terá de ser provada em tribunal) emitem o seguinte comunicado:

  

 

"Na sequência das ocorrências no final do encontro de ontem entre o Beira Mar e o Benfica e que, segundo relata a Comunicação Social, terminaram com ameaças e escolta policial a um jornalista da TVI, a FC Porto – Futebol, SAD não pode deixar de recordar um rol de comportamentos que têm um clube e uma pessoa como denominadores comuns e que configuram perfis dignos de um filme sobre "gangsters".

1 – Agressão à estalada a um amigo do guarda-redes Moretto em pleno Aeroporto de Lisboa;

2 – Agressões a um cidadão junto à Caixa Geral de Depósitos de Telheiras, na sequência de um estacionamento indevido;

3 – Desrespeito pelo trabalho de um jornalista e agressão a um repórter de imagem da RTP à saída de uma reunião com Hermínio Loureiro. Os relatos dizem ainda que um dos intervenientes pegou no microfone da estação e o atirou ao chão;

4 – Agressão a pontapé ao Team Manager do FC Porto, verificada em plena área técnica do Estádio da Luz e que, apesar do esforço de um dirigente para, previamente, desviar o foco das imagens, ficou inequivocamente registada;

5 – Invasão de um estúdio da SIC no decorrer de um programa em direto.

Todos estes factos, sublinhe-se, têm sempre o mesmo emblema associado. Foram amplamente difundidos nos Média e rapidamente esquecidos, ao mesmo tempo que revelavam a urbanidade, o estilo e, acima de tudo, a credibilidade de quem os praticou e/ou comanda.

Porto, 29 de Novembro de 2010"

 

Em relação ao ponto 1 quem atropela jornalistas à saída do tribunal devia estar caladinho. O ponto 2 são tão verdade como as agressões à Carolina Salgado ou as encomendas de agressões a Bexigas. O ponto 3 faz-me lembrar um jogo das antas em que no fim do jogo quando já estava quase a passar o genérico o reporter da RTP é agredido. O ponto 4 quem teve Guarda Abel não tem moral para vir falar. Ponto 5 que eu saiba o Luis Filipe Vieira não foi com pistolas,a SIC achou que ele tinha o direito ao contraditório. E não esquecer que Pinto da Costa também tentou entrar nos estúdios da TVI tendo sido impedido por Julio Magalhães.

 

Ora quem já fez igual devia estar caladinho.

 

Agora pergunto porque razão vieram falar do Benfica. Parece que estão com medo e nem os 8 pontos de avanço os sossega. Absurdo não só o conteúdo mas ainda a razão pela qual o emitiram.

 

Mas as imagens do Jesus fizeram-me lembrar mais ou menos isto

 

 

 

publicado por lmb às 00:57
Tudo isto é lamentável!

Ante de mais, devo dizer que não concordo com a atitude de Jesus. Vi em directo e achei que ele tinha toda a razão, mas que a perdeu na forma intempestiva como abandonou a flash interview e da forma lacónica como se despediu (obviamente, que o reporter a seguir ainda fez pior ao fazer juízos de valor e comentários que mostraram que nem os regulamentos supra citados ele conhecia).
Ainda assim, Jesus retratou-se e na conferência de imprensa após o jogo, abordou outros temas para além do jogo e respondeu a perguntas semelhantes à que o jornalista do flash interveiw lhe tinha colocado.
De qualquer modo, e embora não concorde com a atitude de Jesus na flash interveiew, quantas vezes a comunicação social portuguesa não mostrou com orgulho atitudes semelhantes de Mourinho em conferências de imprensa ao serviço do Chelsea, Inter e Real (ainda recentemente na véspera de um jogo da Champions em que lhe perguntavam por um jogador que ele não tinha convocado, ele perguntou porque não lhe faziam perguntas sobre os 11 que iam jogar e abandonou a sala dizendo que já iam tarde)..

Agora, não percebo porque a direcção do Porto tem que vir falar neste caso que não lhe diz respeito nenhum! Esta atitude é completamente ridicula e injustificada!
Spaceship a 30 de Novembro de 2010 às 17:03
1 - A pergunta do jornalista é perfeitamente normal.
Sempre que um clube está a passar por um período menos bom, os jornalistas fazem este tipo de perguntas.
Ica, espero que não sejas hipócrita e digas que foi a primeira vez que viste um jornalista a fazer perguntas destas na flash interview.
Basta veres as flash interviews do Jesualdo Ferreira, no ano passado.
Se o art. que citas diz o que diz, então que, de uma vez por todas, seja implementado.
2 - A atitude do jorge jeus, sobretudo a forma arrogante e mal educada como se dirige ao jornalista, é reprovável.
3 - Os comentários do jornalista, após a saída de jesus, são igualmente censuráveis, mas apenas demonstram, mais uma vez, o baixo nível em que se encontra o jornalismo português.
4 - O comunicado do F.C.Porto é completamente ridículo.
Esta situação não tem nada a ver com o clube, por isso, acho que devia ter ficado calado.
5 - Não ponho minimamente em causa que o jornalista da TVI tenha sido agredido (independentemente de ter sido um simples empurrão ou algo mais forte).
Joca a 30 de Novembro de 2010 às 19:32
Só vi agora o vídeo.
Lembro-me perfeitamente de estar a ver isto em directo.
Foi no Estádio do Bessa, mais precisamente, na sua inauguração.
Quanto à atitude do Pinto da Costa, ainda é pior do que do jesus.
Ele respondeu assim porque o jornalista lhe perguntou se tinha cumprimentado o Rui Rio, que também estava presente e com quem não tinha boas relações (algo que ainda hoje se mantém).
Por uma questão de honestidade intelectual, gostava que tivesses arranjado este vídeo com a pergunta que foi feita a Pinto da Costa e não apenas com a resposta.
Acho que te ficou mal.
Deduzo que, por uma questão de coerência, da mesma forma que dizes que jesus fez o que tinha de fazer, também deves dizer que Pinto da Costa fez o que tinha que fazer.
Afinal, o que estava em causa era a inauguração do Estádio do Bessa, logo, qualquer pergunta que não fosse relacionada com isso não devia ser feita.
Em vez de te ver a tentar desculpar uma atitude infeliz com outra, gostava de te ver criticar uma atitude infeliz do teu treinador.
A mim, como já viste várias vezes neste blog e vez agora outra vez, não me custa nada criticar o que está mal no meu clube ou nos seus dirigentes.
Gostava de ver a mesma atitude da tua parte...
Joca a 30 de Novembro de 2010 às 20:48
Pois bem,
Concordo em absoluto com o que em termos gerais tanto o Spacship como o Joca disseram. JJ arrogante e mal educado, perdeu qualquer razão que pudesse ter, e por outro lado, embora todos os marionetes do benfica, a saber ika, Seara e o pateta mor que está no dia seguinte, se apresentaram com a leitura de um artigo que, como diz e bem o Joca, nunca é repeitado. Qunatas e quantas vezes são abordados outros temas neste espaço, sem que venham com este triste argumento?? Por outro lado, quantas vezes os clube violam também esse regulamento enviando outros jogadores?? Por isso, aquilo que retiro, além da já referida falta de educação é o nervosismo que existe para os bandos da luz.
Qunanto à oportunidade do comunicado do FCP, eu não o faria. No entanto, depois do lamentável comunicado do benfica a seguir ao jogo em guimarães, julgo que já não há medidor de estupidez para estas picardias. Mas, em abona da verdade, o comunicado de resposta do slb é tão ou mais ridiculo, por isso...
Finalmente, referir que nem sequer abri o filme, mas ainda bem. Segundo o comentário do joca, ainda não contestado, é apenas mais uma demonstração da desonestidade intelectual do sr ika.
AR a 2 de Dezembro de 2010 às 10:20
Senhor(a) AR, não foi Vossa Excelência que colocou um post a criticar um determinado comunicado do benfica utilizando palavras e expressões ofensivas?

Que direito ou moral tem Vossa Excelência para dizer que o senhor(a) Ika só fala de fait divers e que quer trazer mais lama???? Que dizer da sua actuação e da sua enorme falta de coerência e honestidade?

Adicionalmente, você veio falar de um comunicado que o Benfica emitiu após situações que se passaram no seu próprio jogo, não se intrometendo nem trazendo à baila outros clubes! Já o senhor(a) Ika veio manifestar a sua indignação (de forma bem mais polida que você), por o porto ter emitido um comunicado sobre algo que se passou noutro jogo e que não envolveu mais nenhuma equipa, nem teve nada a ver com o resultado do jogo nem influenciou jogos futuros! O porto emiscuiu-se em algo com o qual não tem nada a ver! Foi completamente rídiculo! O direito à estupidez foi completamente exercido e ultrapassado!

Comportamento do porto: rídiculo e estúpido!
Comportamento de AR: desonesto, incoerente e rídiculo!
Anónimo a 6 de Dezembro de 2010 às 10:25
Senhor(a) AR, o seu post de terça-feira 14 de Setembro de 2010 com o título “DIREITO À ESTUPIDEZ!!”, terminava com os seguintes parágrafos:

“Isto é repugnavel, vergonhoso e espero reprovação de qualquer pessoa que goste de futebol e tenha vergonha na cara.
Termino explicando o titulo do post bem como o seu início. Vivemos em Democracia, é o menos mau de todos os regimes, mas tem de existir bom senso. É permitido o direito à estupidez, mas devia ter limites! Ou então pagar imposto!”

Faço minhas as suas palavras e endereço-as total e inteiramente ao comunicado da administração do fcp sobre o que se passou após a flash interview entre Jorge Jesus e um jornalista da TVI em Aveiro!
Anónimo a 6 de Dezembro de 2010 às 16:33
Só mais uma coisa... gostava de ver o sr ika escrever sobre futebol. Normalmente apenas escreve sobre fait divers que não interessam nada ao futebol nem em nada ajuda à boa imagem deste mercado mundial que todos gostamos. Mas só gosta de escrever sobre "lama"...porque será??
AR a 2 de Dezembro de 2010 às 10:30
Vamos por partes

Caro Joca eu se coloquei apenas este filme é porque foi o único que encontrei. Isto não é uma transcrição de um artigo que eu eventualmente podia ter retirado só o que me apeteceu. Esta parte do filme foi a única que encontrei no youtube. Quanto a ninguém cumprir nada tem a ver com o caso concreto. O Jesus limitou-se a dizer "então xau". Como fez o Jesualdo Ferreira o ano passado quando soube da presença dentro da sala de imprensa de um determinado órgão de comunicação social com quem o FCP estava de relações cortadas. Mais como disse o Spaceship o Jesus na conferência de imprensa respondeu a tudo.

Caro AR a sua falta de nível está no mesmo grau do seu clube. Uma instituição associar a gangsters os membros de outra é muito grave. Aquilo não foi uma carta de um adepto mas sim da instituição FCP SAD. O comunicado do FCP nada tem a ver com o que o Benfica fez após o jogo do Guimarães. O Benfica não insultou o FCP como fez o FCP. O FCP fez insulto gratuito.

Mais uma vez o meu apreço para com o senhor Joca que sabe discordar com nível e argumentos. Os outros fazem o de sempre.
lmb a 2 de Dezembro de 2010 às 11:12
Sr. Ika,
Onde está o insulto no comunicado do FCP?? Não vejo qualquer, embora discorde dele.
De resto apenas registar mais uma vez a diferença do Spaceship, que assim que viu o comunicado do slb também o criticou e se afastou dessa atitude. Já o sr ika, essa aplaude, ou pelo menos esconde-se no silêncio. Tipico!!
E por aqui me fico, não contribuo mais para este peditório que em nada dignifica o futebol, e só aqui aparece porque é de lama que o sr ika gosta de falar, na falta de argumentos futebolisticos.
AR a 2 de Dezembro de 2010 às 22:45
Caro AR

Se acha que esta expressão: "têm um clube e uma pessoa como denominadores comuns e que configuram perfis dignos de um filme sobre "gangsters", não é ofensiva nem um insulto estamos conversados em relação à sua postura.

A diferença dos comunicados é abismal e além disso é uma resposta a um insulto gratuito.

Lama foi o FCP que a criou e mais ninguém .

Quanto ao resto tenho falado de futebol o senhor é anda na lua
lmb a 2 de Dezembro de 2010 às 23:25
Amigo AR, só um ponto. Embora eu não concorde com a atitude de Jesus, acho o comunicado do Porto completamente descabido! Jesus até podia ter faltado ao flash interview, podia ter insultado ou agredido o jornalista em directo, podia ter feito coisas bem piores do que as que fez, mas ainda assim, nada disso justifica que qualquer outro clube emita um comunicado expressamente sobre esse assunto!
Se tivesse sido o Beira-Mar a emitir algum tipo de comentário na qualidade de organizador do jogo, eu compreendia, agora um outro clube, que não tem nada com o assunto, acho muito, mas mesmo muito estranho.
Spaceship a 6 de Dezembro de 2010 às 12:19
Eu continuo a discordar da atitude do JJ, mas é com algum espanto que vejo tal atitude a ser extremamente difundida e comentada em diversos programas desportivos (quer televisivos, quer radiofónicos).. O meu espanto é ainda maior quando a grande parte das pessoas que têm criticado, em situações semelhantes protagonizadas por Mourinho, têm elogiado.. Estranho!

Quanto ao comunicado do FCP, mantenho a minha a perplexidade! Continuo sem entender ou perceber porquê a SAD do FCP emitiu tal comunicado sobre algo que não lhe diz respeito nenhum!

Finalmente, e algo que ainda não tinha falado por não ter conhecimento na altura, reprovo também o comunicado de resposta do Benfica! Teria feito melhor se tivesse ignorado a provocação absurda do FCP. Mas os dirigentes entenderam continuar com este clima de guerrilha estípido e responderam na mesma moeda, mostrando que quem tem telhados de vidro, não deve atirar pedras..

Tudo isto era perfeitamente evitável e é completamente prejudicial ao ambiente (cada vez mais) inflamado em que o nosso futebol vive..
Spaceship a 2 de Dezembro de 2010 às 12:33

Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
15
17
19
20
21
25
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
ele é tudo o que disseram dele e muito mais....tiv...
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO