Segunda-feira, 24 DE Janeiro 2011
Mas qual será? Mas qual será? Mas qual será o castigo do jesus? Eu sei lá, sei lá, eu sei lá, sei lá.
publicado por Joca às 11:49
Das ultimas lamentáveis linhas com que nos presentiou apenas retiro o seguinte: "não me interessa se são legais, ilegais, se ferem os direitos fundamentais ou não."
Como referi num comentário anterior, nem se trata de questões de direito mas sim de princípios, e o sr ika acabou de demonstrar que não os tem!! Claramente!! Lamento que a sua ceguez e facciosismo lhe retire esses principios que até sei que tem.
E agora ficará a falar sozinho.
AR a 25 de Janeiro de 2011 às 11:30
Ika,
Numa palavra, ridículo.
Nem vale a pena entrar em debate quando utilizas argumentos como aqueles que estás a utilizar.
Tenho dito.
Joca a 25 de Janeiro de 2011 às 11:47
Certo certo é que o menino não comentou o que eu lhe pedi.

A sua hipocrisia é lamentável e esconde-se nos direitos fundamentais para não comentar certas coisas. Se a Policia fosse a minha casa sem mandato fazer uma busca e lá dentro encontrassem droga, arte roubada o menino continuava a ver-me com os mesmos olhos?

Se disser que sim, mente.

Se disser que como me tinham ferido a minha intimidade e violado os mais básicos direitos fundamentais ao entrarem em minha casa sem mandato não interessava nada se eu tinha lá droga ou arte roubada, mente novamente.

Seja homem em vez de menino.

E não troque o sentido da minha frase. Aquilo que eu disse e quis dizer é que a mim não me interessa as razões pelas quais uma prova não é aceite. A partir do momento que não é aceite, não é aceite. E é isso que se discute. Tivesse sido homem no passado e viria que eu comentava as imagens. Como foi menino e se escondeu atrás de legalidades eu faço o mesmo. Apenas comento se forem aceites como prova.
lmb a 25 de Janeiro de 2011 às 11:51
Só uma correcção...
Mandado e não mandato.
Joca a 25 de Janeiro de 2011 às 12:00
Tem razão Sr. Joca.

Mas o senhor sempre se pautou por outro tipo de comportamento que outros meninos não fizeram. Fosse este blog apenas com o Sr. e eu teria comentado.

Outros, meninos, armados aos espertinho na sua hipocrisia levada a potência máxima, escondem-se nos direitos fundamentais.

Pena não existirem mais adeptos como o Sr. Joca!
lmb a 25 de Janeiro de 2011 às 12:05
Também não vi a sua resposta às minhas perguntas menino Ika...Ou aquelas finge que não vÊ na esperança de que passem despercebidas???
Tenha um minimo de honestidade intelectual! Que é um perito na arte de desconversar e responder numeros quando lhe falam de cores já sabia, agora que consegue ser completamente toldado pela clubite e que é incapaz de criticar o seu clube, isso preocupa-me!
Mas, infelizmente, não me surpreende.
Mostra, a cada linha que escreve que não possui um resquicio de impaarcialidade honestidade intelectual!E isso, até os meninos têm...
Rui Barros a 25 de Janeiro de 2011 às 13:12
Sr. Rui Barros

A minha luta é com os que aqui escrevem posts e não com quem comenta. Com o senhor teria todo o gosto de discutir este assunto, mas noutro local que não este.

Neste blog todos devemos usar o mesmo tipo de postura. Se alguns desses no passado se esconderam atrás de ilegalidades e de direitos fundamentais para se recusarem comentar, coisas, que vieram a público, no presente com esses uso o mesmo tipo de paleio. As imagens valem, comento, não valem, não comento.

Obviamente que mesmo condenando que certa coisas venham a público, desde emails privados (vide caso Cavaco e escutas), escutas em áudio (vide apito dourado com Pinto da Costa, Valentim Loureiro, Luís Filipe Vieira, etc), escutas transcritas (vide Face Oculta com Sócrates e Armando Vara), ou segredos de Estado (vide Wikileaks), a partir do momento que são tornadas públicas esses factos, conversas, casos, são obviamente alvo de comentários, seja para elogiar ou condenar. Esse é e sempre foi o meu principio. No entanto quando se discute com pessoas que usam o argumento da ilegalidade e dos direitos fundamentais para não se discutir factos que foram tornados públicos, eu passo a usar o mesmo tipo de argumento.




lmb a 25 de Janeiro de 2011 às 14:18
Não concordo com o raciocinio porque me parece um pouco de miudo que não discute o que não lhe agrada, mas percebo-o.
Mas como eu nunca usei esse tipo de raciocinios e lhe fiz umas perguntas, acho que lhe ficava bem responder...
Até porque já lhe expliquei que as imagens valem. A Liga pode abrir inquérito de mote próprio.
As questões que lhe fiz ficam no ar. Como não discute com quem comenta, imagino que vá ficar sem as minhas respostas.
Mas também já percebi pela sua postura que preferiu atacar logo os portistas com antigas questões (que todos sabemos serem ilegais) do que apontar o dedo à conduta do JJ. Isso, só por si, já me diz o que preciso de saber em relação à sua postura no futebol. Espero que nunca evolua deste estado, porque está um pequeno passo de começar a agredir fiscais de linha quando a decisao deste lhe desagrade! Depois diz que não existiu nada...
Rui Barros a 25 de Janeiro de 2011 às 14:31
Parece que é hoje que a Comissão Disciplinar vai decidir o que fazer.
Joca a 25 de Janeiro de 2011 às 14:33
Aqui fica o que diz "A Bola" sobre como é que pode ser aberto um inquérito e sobre o uso de imagens televisivas:

"O árbitro Rui Costa não mencionou no relatório qualquer ocorrência disciplinar grave - nada foi escrito sobre os incidentes do final do jogo porque o juiz não estava em condições de observar o que aconteceu entre jogadores e treinadores dos clubes. A ausência de qualquer referência ao assunto, porém, não poupa, desde logo, o treinador do Benfica a um eventual castigo.

A Comissão Disciplinar, que se reúne terça-feira, avaliará, também, os relatórios dos delegados ao jogo, Abel Cutelo e Carlos Marques, seguramente em melhores condições para observar o que aconteceu, e os relatórios policiais. Que podem ser suficientes para abertura de inquérito. De qualquer das formas, a Comissão pode, também, abrir o inquérito «por impulso», como consta do Regulamento Disciplinar, ou «na sequência de denúncia fundamentada».

No caso de ser instaurado o processo de inquérito, a Comissão Disciplinar poderá recorrer à prova de reprodução de imagem televisiva - sempre que a equipa de arbitragem não tenha observado e avaliado «conduta que constitua risco grave para a integridade física dos agentes ou grave atentado à ética desportiva exigida aos intervenientes do jogo».

Será, pois, a avaliação que dela fizerem que determinará qual o enquadramento da sanção disciplinar."
Joca a 25 de Janeiro de 2011 às 14:46
Caro Rui Barros,
Não perca mais tempo... quem tem esta lamentável postura não merece perda de tempo nos comentários. Quem compara escutas que deviam estar em segredo de justiça, com imagens televisivas emitidas em canal público, ou é patético ou poderá estar sob o efeito de qualquer substancio psicotrópica. E depois, ainda assume publicamente que tem duas caras, que é o pior a par de não ter principios.
Por fim até o convida para conversar "noutro lugar"... Cuidado... :)
AR a 25 de Janeiro de 2011 às 14:28

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
14
16
19
20
21
22
23
27
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO