Quinta-feira, 03 DE Fevereiro 2011

Meus bons amigos

 

Ontem disputou-se um jogo da Taça entre as melhores equipas nacionais da actualidade que nos últimos tempos tinham andando a trocar galhardetes entre os seus treinadores. Um deles dizia com o peito cheio que nos mais recentes confrontos os jogos estavam em 10-1, dando a ideia que uns eram fabulosos e outros medíocres.

 

Esta arrogância passou para os adeptos do FCP que estavam sempre atirar o 5-0 e a dizer que eram muito superiores com muita maior qualidade. Nunca lhes passou pela cabeça ter a humildade de reconhecer que esse jogo foi atípico e não era demonstrativo da real diferença entre as duas equipas. Ora foi esta atitude dos 10-1 e dos 5-0 essa prepotência que ontem lhes fez irem para casa cabeçudos e a pensar que se calhar o plantel não é assim tão equilibrado e tão bom como alguns pensam e querem fazer passar e bastando haver a falta de um ou outro jogador importante (Falcão, Otamendi, Álvaro Pereira) o rendimento não é o mesmo.

 

Obviamente que este argumento apenas pode ser utilizado para desculpar jogos menos conseguidos da melhor equipa de todos os tempos, já outros dizerem que demoraram tempo à adaptar-se à falta de 2 jogadores importantes como Di Maria e Ramires era desculpa e pouca competência na elaboração de planteis.

 

Mais outro ponto de interesse é que ainda há pouco ter dito que a má abordagem táctica do Jesus no jogo do campeonato ao colocar o David Luíz a defesa esquerdo onde só meteu água e não atinou com as marcações foi uma das grandes causas para a goleada era apenas desculpa de mau perdedor e querer desvalorizar a vitória do FCP.

 

Mas ontem era vê-los a crucificar o melhor futuro central do Mundo, aka novo Pepe, Maicon ou o melhor trinco da actualidade do mundo que fez uma assistência ao Javi e dizer que o Benfica não ganhou o jogo, o FCP é que o perdeu e por causa de dois erros individuais.

 

O Benfica foi superior ao FCP, o FCP não conseguiu jogar, não fez nada de jeito, excepto um remate de longe do Hulk à figura (embora com força que não permitiu ao Júlio César segurar a bola)e uma jogada em que o James Rodriguez tentou armar-se em Falcão (tentou dar de calcanhar) e falhou de baliza aberta.

 

O Benfica foi uma equipa unida, bem distribuída e humilde. Acredito que o Jesus  espicaçou os jogadores do Benfica com as declarações do Vilas-Boas dos 10-1 levando os jogadores do Benfica a comerem a relva.

 

Claro que no Dragão há sempre palhaçada e nem com a tentativa patética de equilibrar as coisas com a expulsão do jogador que mais estava a desequilibrar a partida, Fabio Coentrão, foram lá.

 

Mas como disse e bem o Jesus nada está ainda ganho, e o FCP pode ir à Luz perfeitamente fazer o mesmo e ganhar 2-0.

 

Percebem aqui a diferença de atitude, o respeitar o adversário, o não ter a arrogância e a prepotência do que se é o maior só porque se ganhou em casa do Rival. Foi isso que faltou a cada um de vos portistas, humildade e respeito pelo adversário.

 

publicado por lmb às 10:43
Tenho que ser completamente honesto e admitir que não estava à espera que o Benfica ganhasse. Ao longo do dia tive a oportunidade de falar várias vezes sobre o jogo e admiti sempre que acalentava a esperança que o Benfica conseguisse um resultado que mantivesse a eliminatória em aberto, sendo que um empate já seria bom!
Assim sendo, a vitória foi uma surpresa!
Analisando friamente os acontecimentos, penso que o resultado final deveu-se essencialmente a dois factores:
1) A alteração táctica do Benfica. Jesus voltou a mexer na estrutura, mas desta vez esteve bem. Retirou Aimar (um médio ofensivo) para colocar Peixoto no centro do terreno e a apoiar mais Javi Garcia. Com esta alteração, o Benfica ganhou mais força e mais combatividade no meio-campo, onde habitualmente apenas Javi defende. Desta feita, teve dois homens a defender e a pressionar mais o meio campo do Porto. Equilibrando totalmente o jogo.
2) O desacerto dos jogadores do Porto. Foram erros individuais de alguns jogadores que deram dois golos ao Benfica e poderiam ter dado ainda mais (Cardozo ficou a milimetros de roubar uma bola a Helton). Mas foi também uma noite completamente desinspirada de Hulk que pouco ou nada fez durante o jogo. O melhor jogador do campeonato, apenas apareceu quando efectuou um remate de longe.
Mas também achei que AVB esteve mal no escalonamento da equipa e do banco, se Falcao e Otamendi não jogaram por não estarem em condições, não percebi as ausências de Fucile (era apontado para lateral esquerdo e nem no banco ficou aparecendo Sereno adaptado à esquerda - embora nem tenha comprometido) nem de Walter (o único ponta de lança de raíz no plantel a par de Falcao).
Spaceship a 3 de Fevereiro de 2011 às 12:51
Caro Spaceship

Já eu estava plenamente convicto. Alias disse-o aqui no meu trabalho e escrevi em alguns comentários no Facebook de alguns amigos. Pensava que ia ficar 1-2.

Notava muita arrogância por parte de adeptos e do FCP e sentia que os jogadores do Benfica tinham o 5-0 encravado e queriam mostrar que tinha sido apenas e só um mau jogo e a juntar a isto as declarações do 10-1 devem ter sido usadas pelo Jesus para os motivar com algo como:"Já viram o que o gajo está a dizer, está a dizer que vocês não valem a ponta que são muito fracos e que eles é que são bons, provem aquele gajo que são melhores, não o deixem continuar a gozar convosco nem permitam que a vantagem dos 10-1 aumente"


Nave, responde-me a uma coisa, o Hulk ainda está suspenso?
lmb a 3 de Fevereiro de 2011 às 13:00
A verdade é que o Porto não jogou nada. Apesar de os golos do benfica terem resultado de dois erros individuais de jogadores do Porto e não de jogadas colectivas do benfica, o benfica jogou melhor.
Quer pela táctica escolhida quer pelo banco, não foi a noite mais feliz do AVB.
Em relação à expulsão do Coentrão, não me parece que tenha sido justa. Houve uns cartões por mostrar por uns cotovelos marotos, mas nada que alterasse o jogo.
O benfica ganhou porque jogou melhor e extremamente motivado. O Porto não pareceu o Porto. Esperemos que daqui a 70dias aconteça tudo ao contrário.
Rui Barros a 3 de Fevereiro de 2011 às 14:26
O Porto não jogou nada e o Benfica mesmo sem ter sido brilhante, fez o quanto baste para ganhar! Mesmo com 10, o Benfica esteve mais perto de fazer o terceiro do que o Porto de reduzir...

O Coentrão foi muito mal expulso... O segundo amarelo é ridículo.
Belluschi devia ter ido para a rua... E admito que o Cardozo também podia ter ido para o balneário mais cedo... Mas se o Belluschi fez muito mais e pior e amarelo viu, então por consistência e coerência, o Cardoso nem amarelo devia ter visto!

E o Fucile? Aquilo do Facebook é verdade? Será mesmo do dele? xiiiiiii...
Ricardo Coração de Leão a 3 de Fevereiro de 2011 às 15:54

Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
19
20
21
23
24
26
27
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO