Terça-feira, 15 DE Setembro 2009

Se há jogadores que me intrigam e nos quais não consigo ver a qualidade e o valor que outros anunciam, Polga talvez seja um dos casos mais flagrantes de todos.

Este jogador de 30 anos encontra-se a cumprir a sua sétima época ao serviço do Sporting, onde tem sido titular indiscutível. Desde que chegou na época 2003/04 que se afirmou como o grande patrão da defesa do clube de Alvalade!
Para mim, é um jogador fraco e um dos grandes responsáveis pelos fracassos do clube de Alvalade nestes últimos anos.
Se qualitativamente é difícil e discutível definir se determinado jogador é bom ou mau, já quantitativamente, essa definição pode ser mais rigorosa. Posso afirmar que acho que Polga é fraco a defender, pouco decisivo e algo vacilante na abordagem aos lances e facilmente ultrapassável no "um-para-um" pelos adversários, mas isso não passa da minha humilde opinião. No entanto, analisando alguns dos seus números e registos, todos podem comprovar que Polga é fraco!
Em 7 anos, Polga jogou 169 jogos na primeira divisão portuguesa (tendo sido titular em 168!) e tem o fantástico registo de ZERO golos marcados no nosso campeonato!
Alguém se lembra de um defesa central titular indiscutível de algum dos grandes que tenha estado um ou dois anos sem marcar golos? Agora, este senhor, não só está à 7 anos sem marcar golos, como inclusivamente já desperdiçou soberanas oportunidades de o fazer ao falhar grandes penalidades.
Em abono da verdade e em sua defesa, tenho que referir que Polga já marcou golos ao serviço do Sporting.. Sim, na época 2007/08, a jogar na Champions, marcou por duas vezes ao Dínamo de Kiev, primeiro num jogo em Kiev em que o seu clube ganhou por 2-1 e depois em casa, na transformação de uma grande penalidade, permitindo que o Sporting voltasse a ganhar, desta feita por 3-0..
Por outro lado, muitos salientam o facto de este ser o único futebolista campeão do mundo ao nível de selecções a actuar no campeonato português, mas de que vale isso se ele nada faz cá em Portugal?
Seja de que forma for, estamos perante um jogador que em 7 anos já fez mais de 200 jogos pelo clube de Alvalade e apenas conseguiu festejar dois golos.. Sinceramente, acho que só os guarda-redes poderão ter um registo pior..
publicado por Spaceship às 12:50

Será que é verdade? Não quero aqui levantar nenhuma polémica nem sequer iniciar a discussão sobre um assunto que não presenciei, nem sequer envolveu a minha equipa.

Venho apenas mostrar o que alguns “órgãos de comunicação social” fazem para terem notícias e matérias de suposta investigação jornalística. Não estando aqui em discussão a reputação deste “órgão de comunicação social”, apenas gostaria de saber como se pode comprovar que de facto a pessoa entrevistada era apanha-bolas nesta altura, e que estaria no estádio das Antas neste jogo, mais precisamente, como é que o comum dos mortais pode verificar se esta pessoa de facto estava ou não no “local do crime” ou se será apenas para atirar poeira para os olhos dos seus leitores e para os adeptos zbordem lisbon?
Atentem ao jornalismo de investigação levado a cabo pelo jornal oficial do clube de Alvalade:
 
 

«Muitos ainda escrevem que o golo foi «limpo», alguns acreditam nisso. Quase 35 anos depois, o verdadeiro autor do golo do nevoeiro, num célebre FC Porto-Sporting, José Maria Ferreira de Matos, explicou ao jornal Sporting como tudo aconteceu naquela tarde de nevoeiro. Actualmente a trabalhar em Lisboa, o ex-apanha-bolas da formação «azul e branca» e árbitro amador, mostrou-se arrependido pelo seu acto irreflectido.

JORNAL SPORTING – De que se lembra desse dia?
JOSÉ MARIA FERREIRA DE MATOS – Lembro-me do intenso nevoeiro que estava. Antes do jogo, o «chefe» dos apanha-bolas, o Valter Leitão, distribuiu-nos pelo campo e mandou-me para trás da baliza. Recordo-me que o Sporting começou a ganhar. Na segunda parte, a vantagem continuava do Sporting, mas nunca pensei em fazer o que acabaria por fazer. Eu era conhecido pelas asneiras que fazia, mas também nunca ninguém pensou que fizesse o que fiz.

– Como foi o lance?
– Não sei bem como a bola chegou a mim, mas sei que ela veio ter comigo e vi o Gomes a pôr as mãos na cabeça. Sem pensar, dei uns passos e fui até ao canto da baliza, meti a bola lá dentro e fugi para o mais longe possível. Então, vejo o Damas a ralhar comigo, mas eu pirei-me para trás do ‘bandeirinha’; ele já tinha a bandeirola no ar a assinalar o golo. Foi quando os jogadores do Sporting correram para o árbitro, a reclamar. Aí o juiz, que julgo não ter visto bem o lance, começou a mostrar cartões.
 
(…)»
 
 
A entrevista pode ser lida na integra em: http://www.sporting.pt/Info/Noticias/noticiasgerais_jornalosporting_entrevistajosemariaferreiramatos_0_53774.asp
 
PS – Peço desculpa a todos por incluir neste bolg matéria de um pasquim clubistico, mas achei piada ao facto de tentarem desenterrar algo que sucedeu à quase 35 anos..
publicado por Spaceship às 10:02
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
19
20
26
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO