Quarta-feira, 05 DE Maio 2010

A penúltima jornada, que tinha um escaldante Porto – Benfica como principal destaque, tinha ainda como aliciante o facto de todos os jogos se realizarem em simultâneo e de o Benfica se poder sagrar campeão (bastava-lhe pontuar no Dragão ou que o Braga não ganhasse em casa ao Paços de Ferreira).

 

Começando pelo jogo mais importante, Porto e Benfica defrontaram-se num ambiente perfeitamente escaldante que incluiu apedrejamento de ambos os autocarros, vandalismos a casas do Benfica e do Porto em várias localidades e arremesso de bolas de golfe, isqueiros e petardos para o relvado (e bancadas) durante o jogo.

Quanto ao jogo verdadeiramente dito, o Benfica até entrou melhor e logo aos 4mn, Di Maria rematou à entrada da área, a bola desvia em Beluschi, bate na trave e sai.. Incrivelmente, é assinalado pontapé de baliza – logo por este primeiro lance se viu que o árbitro estava ali para roubar descaradamente o Benfica ;) . Logo depois, Fucile faz falta sobre Di Maria e de seguida pisa-o, Di Maria reage e o árbitro dá amarelo aos dois. À passagem do minuto 13, amarelo para Coentrão por falta feia sobre Fucile e 2mn depois amarelo a David Luiz por uma falta banal sobre Hulk. Seguiu-se mais uma falta de Fucile que voltou a derrubar Di Maria e gerou alguma confusão entre jogadores, mas não houve cartões. Aos 20mn falhanço incrível de Javi Garcia à boca da baliza após centro de David Luiz. Pouco depois começa o maior assédio à baliza do Benfica e o Porto começa a chegar com perigo à baliza de Quim.. Em cima da meia-hora de jogo, Coentrão faz uma falta feia sobre Hulk e arriscou novo amarelo que não saiu. Aos 35mn, lance na área do Porto com Álvaro Pereira a cortar uma bola e Maxi a cair.. No campo foi mesmo à minha frente e pareceu-me limpo, em casa vendo em câmara lenta e em vários ângulos fico com a sensação que Álvaro tocou primeiro no joelho de Maxi e só depois na bola. Pouco depois, Hulk remata de longe e Quim defende para canto. Aos 38mn David Luiz faz obstrução na área a Hulk, talvez também merecesse a marcação de penalty. Aos 40mn Javi faz falta sobre Guarin e também vê o amarelo e 2mn depois, canto de Beluschi e Bruno Alves salta mais alto que Luisão e marca o primeiro. Até final, mais dois remates perigosos de Hulk e Meireles e um amarelo para este último.

A segunda parte começa com o Porto novamente em cima do Benfica e Farias aos 50mn remate muito forte de ângulo apertado a obrigar Quim a ceder canto. Um minuto depois, Coentrão puxa a camisola de Fucile à entrada da área e volta a puxar novamente dentro, Fucile cai para cima de Coentrão e o árbitro ou considera simulação ou falta ofensiva de Fucile. Este protesta e no seguimento dos protestos (puxou a camisola ao árbitro segundo o relatório do Larápio), leva o segundo amarelo e é expulso. Na jogada imediatamente a seguir, Maxi obriga Beto a boa defesa para canto. Aos 57mn no seguimento de um centro de Maxi, Luisão aproveita uma atrapalhação de Rolando e remata para o golo. Bruno Alves vê o amarelo por protestos e na jogada seguinte, Luisão faz uma falta feíssima e, com sorte, apenas vê o amarelo. Aos 59mn Belushi trabalha bem na entrada da área do Benfica, deixa-se cair e faz com que a defesa encarnada se desconcentre e a bola sobra para Farias que oportuníssimo marca. Nos festejos, Jesualdo é expulso por palavras ao 4º árbitro. Foi a segunda expulsão da sua longa carreira, a segunda consecutiva! Aos 64mn Fernando leva amarelo por falta feia sobre Aimar. Aos 65mn num contra-ataque rapídissimo do Porto e em vantagem numérica, Guarin remata de fora da área ao lado. No minuto seguinte, Carlos Martins marca um livre, a bola sobra para Saviola que remata ao lado. Aos 70mn, grande trabalho de Aimar e bela defesa de Beto. Aos 73mn, Guarin responde com um grande remate ao poste sem hipóteses para Quim. Aos 75mn, Di Maria cai na área, fico na dúvida se simula e se protesta, caso o tenha feito, merecia o segundo amarelo como Fucile. Aos 78mn, Ramires faz uma falta dura sobre Beluschi e também ele vê o amarelo. Aos 80mn, Weldon, solto na área, remata ao lado. Até que aos 82mn, o momento do jogo, Beluschi recebe de Guarin, faz um túnel a Aimar e remata em arco, fazendo um golaço. Com isto terminou o jogo, há a salientar um livre marcado por Hulk com a bola a sair por cima e um amarelo a Maxi por falta sobre Alvaro Pereira.

Vitória justa para a melhor equipa em campo. Muitos erros do árbitro com influência no jogo (e nos seguintes, uma vez que o Benfica ficou sem 3 jogadores para a jornada seguinte e o Porto sem Fucile até ao fim da época – levou dois jogos de castigo, um pela expulsão e outro pela conduta anit-desportiva para com o árbitro), mas penso que sem influência na justiça da vitória do Porto.

 

Ao mesmo tempo jogou-se um Braga – Paços de Ferreira que era também bastante importante, mas a primeira parte foi jogada sem qualquer interesse. Na segunda parte e sabendo-se o resultado favorável ao Porto, o Braga entrou melhor, mais atacante e mais dominador. O Paços também arriscou mais com contra-ataques venenosos e até esteve perto de inaugurar o marcador, mas desperdiçou uma bela oportunidade com um avançado a rematar ao lado quando estava sozinho frente a Eduardo. Aos 56mn e com o Benfica empatado, o guarda-redes suplente do Paços deixa fugir uma bola fácil e Meyong faz o golo da vitória. O Braga terminou em cima do adversário, mas não conseguiu dilatar a vantagem. De qualquer modo, manteve-se na luta pelo título e garantiu um lugar na champions, relegando o Porto para o terceiro lugar.

 

Nos restantes jogos, a assinalar a derrota do Leixões que o relega para a segunda divisão com a companhia do Belem. A derrota (mais uma) do Sporting em casa frente à Naval de Inácio, com a particularidade do golo da Naval ter sido marcado escassos segundos após o segundo golo do Porto, o que originou uma enorme festa nas bancadas de Alvalade. Destaque ainda para os empates a zero do Guimarães no campo do Rio Ave e do Nacional a três em Coimbra, que conjugados com a vitória do Marítimo em casa por 2-0 ao Setubal, fazem com que este trio dispute a última vaga na Europa. Vantagem do Guimarães que tem mais 3 pontos que as equipas insulares.

 

Posto isto, na última jornada, discute-se quem será o campeão e quem vai ocupar a terceira vaga na taça Europa.

publicado por Spaceship às 18:30

Desculpem a frontalidade, mas acho que já todos estarão cansados das atordoadas que têm vindo a público sobre as virgens ofendidas que todos os benfiquietas representam nestes tempos. Passo a resumir a posição generalizada dos últimos acontecimentos em meia dúzia de pontos:

  • Apesar dos piores episódios do DESPORTO em Portugal terem sido protagonizados por adeptos do Benfica (mortes e comas), os adeptos do Porto é que são uns animais;
  • Coitados de nós, que apenas queríamos jogar à bola e não nos deixaram (pensamento vermelho)… só porque se quiseram vingar de algo que, apesar de ter sido no nosso estádio por profissionais contratados por nós, nos foi completamente alheio;
  • Isto chegou a um estado calamitoso por culpa do Porto;
  • O Luisão não é expulso pelas agressões contra Nacional, SCP e Porto porque até é bom moço;
  • O Fucile é bem expulso por que simula, mas o Di Maria caiu sem intenção de simular nada;
  • O Fucile teve um comportamento indigno e leva mais um jogo, o Luisão simula uma agressão para o público, leva 1000.€, mas isso não é indigno… é de louvar;
  • É lamentável que pessoal contratado pelo Porto tenha provocado o Jesus, aliás, muito mais grave do que as já provadas provocações de stewards na Luz;
  • As provocações deste ano e agressões do ano passado a responsáveis do Porto no túnel da Luz, não são nada quando comparadas com a vergonha deste fim-de-semana;
  • O Record é que sabe Toda a Verdade;
  • Os responsáveis do Benfica são uns Santos, no tempo do Guarda Abel é que tudo estava mal, agora… “tasse bem”!
  • As pedradas aos veículos de 4 rodas são muito piores quando têm lá dentro pessoas, excepto se uma das pessoas lá dentro for o Presidente do Porto;
  • Pegar fogo a uma camioneta, não só é menos perigoso que umas valentes pedradas… como até dá aquele efeito giro de fogueira, para quem está a ver ao longe;
  • As imagens do Luisão não são trabalhadas, as do túnel da Luz são esclarecedoras e em Braga vê perfeitamente a mão do Mossoró no meio de 40 braço e 40 pernas… no entanto, é preciso ter cuidado antes de nós, leigos do futebol, julgarmos outras imagens menos fidedignas (Lusa) de acontecimentos do ano passado;
  • As pedradas em autocarros são um fenómeno recente no futebol nacional… e mesmo que não o fossem, as deste ano seriam muito piores do que as pedradas de anos anteriores, porque eram de calcário… e como qualquer pessoa culta sabe, o calcário aleija muito mais;
  • As escutas do Pinto da Costa são o maior crime deste século e do anterior juntos, mas as escutas do Vieira com o Valentim Loureiro são inócuas;
  • Considerar um steward como público é uma aberração, mas compará-lo a um interveniente do jogo que não pode ser castigado como tal, é perfeitamente aceitável e até razoável, desde que o Dr. Ricardo Costa assim o entenda, como professor universitário que é;
  • Os adeptos do Estoril são, provavelmente, os piores adeptos do mundo, com culpas directas no caso do very-light e no coma do hoquista do Porto;
  • As pedradas ganham uma nova dimensão de censura quando são arremessadas dentro de um perímetro de 500 metros do estádio do Dragão… têm menor importância a distâncias superiores, e perdem qualquer relevância quando são atiradas a partir da 1ª estação de serviço na A1;
  • Nem o Benfica, nem os seus adeptos se metem em confusões desse tipo… excepção ao diabito vermelho que não leu os regulamentos do estádio da Luz e entrou em campo… palavra de catequista;
  • Apesar de castigado, a impunidade da CD da Liga a tudo o que diga respeito ao SLB, permite que o Rui Costa se passeie por onde está proibido no estádio do dragão. O Pinto da Costa por um mero discurso na casa do Clube da Trofa foi castigado em mais 3 meses… mas os inconscientes do CJ da Federação vieram mais uma vez revogar essa pena, e classificar de má fé a decisão do CD da Liga;
  • O SLB este ano, por mera coincidência, jogou 5 horas e 40 minutos, durante todo o campeonato contra 10 ou 9 jogadores dos adversários, o que corresponde a 3,8 jogos…
  • O único agrupamento de adeptos que está acusado de associação criminosa, tráfico de armas e droga nos tribunais Portugueses, tem sede e faz as suas reuniões do estádio da luz. Mas os outros é que são maus.

Tento, corajosamente, penetrar na bruma lógica que emana dessas cabeças cintilantes. É o resultado do medinho/terror de morrer na praia que está a retirar a pouca lucidez que a nação benfiquista ainda teria.

 

Abraço Champions

publicado por fred às 16:27
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
22
23
25
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO