Sexta-feira, 30 DE Julho 2010

"Fernando Gomes: "O tempo de Ricardo Costa na Comissão Disciplinar não foi positivo"


Fernando Gomes teceu, esta sexta-feira, duras críticas à disciplina Ricardo Costa, no tempo em que este exercia o cargo de Presidente da Comissão Disciplinar da Liga afirmando que "não foi um tempo positivo" o que o levou a não convidar o antigo dirigente a continuar no cargo pois a anterior comissão "não teria competência”.

"Passámos um período conturbado, muito mais na disciplina do que na arbitragem, foi essa a minha percepção relativamente ao convite ou não convite às pessoas que presidiam a esses conselhos. Não me parece que devamos colocar ao mesmo nível o Vítor Pereira e o Ricardo Costa e por isso mesmo convidámos o Vítor Pereira e não convidámos o Ricardo Costa", disse Fernando Gomes.

Sobre a acção do antigo Presidente da Comissão Disciplinar, Fernando Gomes foi peremptório: "ao longo dos diversos contactos que tive com os todos clubes aquando do processo da minha candidatura havia a ideia generalizada que efectivamente o tempo do dr. Ricardo Costa à frente da Comissão Disciplinar não foi um tempo positivo em termos daquilo que tem de ser a justiça do ponto de vista factual, concreto e objectivo de equidistância e de não grande exposição. A justiça deve ser célere, deve ser competente, deve ser rápida, e nesse aspecto creio que se deram passos significativos, mas também deve ser equilibrada e recatada”, disse, acrescentando que “nessa perspectiva, o sentimento que fui tendo dos próprios clubes é que havia a ideia generalizada de que essa comissão não teria competência e que não deveria continuar"."

 

Felizmente, o tempo dessa miserável Comissão Disciplinar da Liga terminou.

Foi um período vergonhoso, em que pessoas mais interessadas em protagonismo tomaram decisões inqualificáveis.

Para quem pensa que me estou a referir apenas a decisões que tiveram como alvo o F.C.Porto, enganam-se!

Para mim, o que o "geloso" que estava à frente da Comissão Disciplinar e "sus muchachos" fizeram ao Boavista é indesculpável e a mais grave de todas as decisões tomadas!!!

 

publicado por Joca às 14:20
Quarta-feira, 28 DE Julho 2010

Vi agora esta imagem e tinha que a partilhar...

Quem é este cromo?!

Será que tem espelho em casa??!!

É todo um estilo!

publicado por Joca às 19:54
Sexta-feira, 23 DE Julho 2010

Recentemente, Fernando Santos foi considerado o melhor treinador da década na Grécia!
O simples facto de mais um português ser reconhecido e premiado pelo seu trabalho além fronteiras, encheu-me de regozijo e orgulho.. Mas ao mesmo tempo, intrigou-me.. Se por um lado, não me lembrava de Fernando Santos ter ganho nada de relevante na Grécia e de ainda ter tido algumas aventuras mal sucedidas em Portugal durante esse tempo, por outro lado, e logo de repente, lembrei-me do enorme feito conseguido por Otto Reagel com a selecção em 2004..

Assim sendo, foi procurar algumas informações sobre o percurso de Fernando Santos na Grécia durante a presente década.
Ora Fernando Santos, começou a sua aventura grega em 2001/02 no AEK de Atenas (terminou em 2º e ganhou a taça da Grécia) e no ano seguinte esteve no Panathinaikos de onde saiu antes de terminar a época. Regressou em 2003/04 a Portugal para cumprir uma época ao serviço do Sporting. Voltou em 2004/05 ao AEK de Atenas onde esteve dois anos (onde conseguiu mais um 2º lugar) antes de regressar a Portugal para treinar durante uma época e uma jornada o Benfica. Embora tenha ganho o torneio do Guadiana, é despedido após a 1ª jornada e alguns meses depois regressa ao PAOK onde se manteve até 2009/10, nestas duas épocas e meia, o melhor que fez foi um 2º lugar nesta última época.
Nesta altura foi considerado o melhor treinador da década na Grécia e, após o Mundial de 2010, foi apontado como seleccionador Grego.

Deste modo, durante esta década, Fernando Santos treinou os 3 grandes de Portugal e esteve 7 épocas (embora nem todas completas) na Grécia, onde apenas conquistou uma taça da Grécia e alguns 2º lugares..
Parece-me pouco, não só se compararmos com o título de campeão europeu ganho por Reagel ou se compararmos com os treinadores que nos últimos anos passaram pelo Olimpiacos (de 2000/01 a 2009/10, ganharam 8 campeonatos e 4 taças).

publicado por Spaceship às 12:44
Quinta-feira, 15 DE Julho 2010

Volto a um tema que tem gerado polémica.. o empréstimo de jogadores, ou melhor, neste caso o empréstimo excessivo de muitos jogadores a uma só equipa! Hoje começou a treinar no Fátima o 10º jogador emprestado pelo Benfica!!!!!

Ou seja, neste momento, falta apenas um jogador para o Fátima poder entrar em campo apenas com jogadores do Benfica, algo que até pode ser possível, uma vez que o Fátima só tem um guarda redes no plantel..

Mas vamos à contabilização dos 10 “magníficos”.. na defesa está o João Pereira, o Abel Pereira e o Mário Rui, no meio está o Ishmael Yartey, Miguel Rosa, Rafael Costa e Leandro Pimenta, para o ataque fica André Carvalhas, Evandro Brandão e José Coelho..

Por curiosidade, neste plantel ainda estão mais dois jogadores formados no Benfica, mas já sem vínculo ao clube, João Vilela e Veríssimo! Para uma equipa de 19 jogadores e treinada pelo Diamantino Miranda (ex-treinador dos juniores do Benfica), não está mal.. mas.. e se o Fátima jogar com o Benfica para a Taça da Liga ou para a Taça de Portugal? E se para o ano subir de divisão? Fica sem plantel?

Acho esta situação extremamente injusta para todos os adversários do Fátima, uma vez que esta equipa tem mais de meio plantel sem qualquer custo (nem com a aquisição dos jogadores e, eventualmente, nem com os salários deles). Mas para o próprio Fátima também não é muito bom, pois está totalmente dependente do Benfica e pode ficar sem meio plantel a qualquer altura (nomeadamente a meio do ano se em Janeiro o Benfica resolver emprestar os jogadores a outra equipa). E mesmo para o Benfica e os seus jogadores, não seria melhor diversificar os clubes a quem são emprestados para ganharem experiências diferentes? Entre jogarem juntos aqui ou nos juniores, qual é a mais valia?

Por estas e por outras que acho que devia haver um número limite aos empréstimos!

publicado por Spaceship às 23:36
Quarta-feira, 14 DE Julho 2010

Alguns jornais têm estado a elaborar o onze ideal do Mundial.

Esta distinção por mais subjectiva que seja, e independentemente de concordarmos ou não, tem o seu valor e é nessa base que podemos e devemos regozijar-nos pelo facto de jogadores portugueses e jogadores a actuarem no nosso campeonato nacional, terem sido escolhidos para o onze ideal de alguns desses jornais.

Junto alguns exemplos divulgados esta semana.

 

Onze ideal do jornal italiano Gazzetta dello Sport:

Casillas; Lahm, Puyol, Friedrich e Fucile; Muller, Schweinsteiger, Iniesta e Sneijder; Forlán e Villa.

 

Onze ideal do jornal francês L’Equipe:

Casillas; Ramos, Puyol, Friedrich e Coentrão; Khedira, Xavi e Sneijder; Muller, Forlán e Villa.

 

Onze ideal do jornal inglês Telegraph:

Stekelenburg; Pereira, Lugano, Puyol e Coentrão; van Bommel, Schweinsteiger e Sneijder; Müller, Forlán e Villa.

publicado por Spaceship às 14:34
Terça-feira, 13 DE Julho 2010

Agora que terminou o Mundial de 2010, o primeiro jogado em África e o primeiro em que uma equipa europeia conseguiu triunfar fora da Europa, urge apontar os melhores e piores momentos deste mesmo Mundial.

 

Destaques positivos:

1) Desde logo, destaco os vencedores, a Espanha. Ao título de campeã europeia, somou o de campeã mundial e é uma selecção que joga um futebol muito interessante e empolgante. Tem uma excelente selecção, composta por óptimos jogadores e apoiada na espinha dorsal do Barcelona (dos 7 que cedeu à selecção, 6 foram titulares em vários jogos, sendo 5 deles titulares indiscutíveis – Puyol, Piquet, Busquets, Xavi e Iniesta, a que se junta Pedro e no banco Valdes. Para o ano, terá ainda Villa Maravilla).

Duas notas ainda em relação aos vencedores. A primeira, é que dos 23, apenas 4 estão na casa dos 30 anos (Puyol, Marchena, Capdevila e Xavi), pelo que ainda muito podem fazer pela selecção. A segunda prende-se com o facto de terem feito apenas 8 golos nos 7 jogos, sendo que na fase a eliminar ganharam sempre por apenas um a zero e ao intervalo estavam sempre empatados a zero (este fraco pecúlio não traduz as diferenças que se viram entre a Espanha e os seus opositores).

2) A grande prestação das equipas do continente Americano. Aos oitavos de final passaram as cinco equipas da América do Sul – Uruguai (passou em 1º num Grupo que incluía a França e o país organizador), Argentina (também em 1º só com vitórias), Paraguai (também passou em 1º num Grupo que incluía a Itália), Brasil (1º) e o Chile (este foi o único a passar em 2º mas em igualdade pontual com a Espanha), Sendo que as 4 primeiras passaram aos quartos de final (só o Chile foi eliminado pelo Brasil) e acabaram por ser eliminadas nessa fase todas, excepto o Uruguai que caiu nas meias finais. Destaque ainda para o facto de também os EUA (em 1º à frente da Inglaterra) e México (em 2º atrás do Uruguai) terem atingido os oitavos.

3) As carreiras da Alemanha e da Holanda. A primeira surgiu com alguns jogadores experientes como Klose, Butt e Friedrich, mas muitos jovens como Mueller, Ozil, Kross, Boateng e Badstuber, o que permite antever que continue a obter boas classificações nestas provas (recordar que foi semi-finalista neste Mundial de 2010, finalista no Euro 2008, semi-finalista no Mundial de 2006, má prova no Euro 2004, finalista no Mundial de 2002..). A Holanda, perdeu a sua terceira final num mundial, tinha uma grande equipa, com grandes jogadores, mas a acusarem alguma idade e a mostrarem ser necessário renovar. Van Bronckhorst, Van Bommel, Mathijsen, Kuyt e Ooijer já passaram dos 30.. De qualquer modo, depois de terem ganho todos os jogos da fase de qualificação, ganharam também todos os jogos neste mundial, excepto a final.

4) Destaques individuais para as exibições de Iniesta, Villa, Forlan, Sneijder, Mueller e Schweinsteiger. Em termos de golos, marcaram-se poucos, mas decerto que o golo de Van Bronckhorst ao Uruguai ficará na memória de muitos.

5) A performance da Nova Zelândia. Muitos a apontavam como um bobo da corte, mas despediu-se do mundial sem uma única derrota. É certo que jogou sempre com muitas cautelas defensivas e pouco ou nada arriscou no ataque, mas terminou com três empates e melhor seria impossível!

6) O polvo Paul! Acertou em todos os resultados da selecção alemã, mais o da final! Mesmo com 50% de probabilidades, acertar em 8 jogos é obra!

7) A super adepta Larissa Riquelme!

 

Destaques negativos:

1) Para além da fraquíssima prestação com duas derrotas e um empate, traduzidos no último lugar do Grupo com 4 golos sofridos e apenas 1 marcado, é de ressalvar o comportamento da selecção francesa! Jogadores enviados para casa a meio do torneio, plantel a criticar abertamente o treinador, plantel a recusar-se treinar e a deixar a ameaça de não comparecer a jogos, treinador a não cumprimentar treinadores adversários,.. Enfim, um comportamento deplorável a todos os níveis!

2) A par da eliminação precoce da França, a eliminação da Itália também como último classificado na fase de Grupos. Também os ex-campeões se despediram sem vitórias, averbando uma derrota e dois empates que se traduzem num saldo negativo de 5 golos sofridos e 4 marcados. Também a Inglaterra e Portugal foram precocemente eliminadas nos oitavos de final (tudo bem que foram eliminadas por equipas muito fortes, mas não deixavam de ser candidatos e de ocuparem lugares cimeiros do ranking da FIFA).

3) As equipas africanas a ficarem aquém das expectativas. Quando muitos apontavam este mundial como um mundial em que essas selecções iam despontar, apenas o Gana passou os grupos, acabando por perder nos quartos de final na lotaria dos penalties (depois de terem falhado um penalty no último minuto do prolongamento). De resto, a Africa do Sul e a Costa do Marfim ficaram em 3º com 4 pontos, enquanto a Nigéria, a Argélia e os Camarões ficaram em último. Sendo que a equipa de Etoo nem um ponto fez e as outras duas ainda obtiveram um ponteco.

4) Destaques individuais para as fracas exibições de alguns dos melhores do mundo, como CR, Káká, Rooney, Ribery e Messi.

publicado por Spaceship às 13:44
Quarta-feira, 07 DE Julho 2010

Há várias formas de olhar para o negócio João Moutinho. Todas positivas, acho. Eis algumas.

1. É bom sinal. Negócios destes, entre dois «grandes» do futebol português, significa que o clima que se respira permite que a racionalidade económica e futebolística vença a rivalidade saloia. E isso é óptimo.

2. F.C. Porto ganha. Os «dragões» procuraram em Portugal o sucessor perfeito para Raul Meireles. Sim, porque a chegada de João Moutinho antecipa a partida do médio que o F.C. Porto valorizou no Mundial 2010. Se por acaso não for assim, o que não acredito, Vilas-Boas ficará de repente com gente «a mais» para o meio-campo.

3. Bom para Moutinho. Cansado no Sporting há tempo de mais, o jogador percebeu que os seus dias em Alvalade tinham terminado. A última época foi fraca, o que lhe custou o Mundial 2010. Um facto que só contribuiu para reforçar a convicção de Moutinho: devia partir. Um clube novo, desafios diferentes, tudo indica que melhor decisão não podia ter tomado. No FCP não vai ter de carregar uma equipa ás costas, vai ser mais um numa máquina que costuma ser bem oleada, pelo que, considero que aos 23 anos e com toda a experiência que já possui, e sem a dificuldade de adaptação ao campeonato pode finalmente passar de um bom jogador a um grande jogador: Explodir!!

4. E até o Sporting. Parece difícil defender que o negócio é bom para os «leões». Mas acho que é, por uma razão simples: o João Moutinho que os adeptos leoninos adoram já não apareceu muitas vezes na época passada e não estava disponível para 2010-11. O Sporting vendeu um jogador que, de certa forma, já não tinha. Visto assim, dez milhões é um bom preço (sim, porque pagar um milhão por metade do passe de Nuno André Coelho é outra coisa). Pior, na perspectiva do Sporting já agora, foi ter permitido que Varela chegasse ao Dragão como chegou…Lamento ainda as afirmações/acusações do presidente do Sporting. Pressionado pela reacção dos adeptos, esteve muito mal!

5. Finalmente: Pinto da Costa claramente ao ataque e a demonstrar que é o melhor gestor da história do futebol. Com uma SAD consolidada, lembro todos os últimos resultados sempre positivos, entendeu que era ano de investir fortemente numa equipa que estava a precisar de sangue novo depois de 4 campeonatos seguidos. Pena foi não o ter feito o ano passado, porque se calhar tinha liquidado de vez o SLB.

Terça-feira, 06 DE Julho 2010

Segundo vários órgãos da comunicação social que reproduzem algumas palavras ditas por Karl-Heinz Rummenigge (presidente do Bayern de Munique), foi apresentada uma proposta de 20 milhões por Fábio Coentrão que foi imediatamente rejeitada pelo Benfica que, supostamente, não está interessado em falar com ninguém a não ser que apresentem o valor da cláusula de rescisão de 30 milhões. Valor que o Rummenigge considera exorbitante, mesmo admitindo que Coentrão é um bom jogador.

Ora, não sei se será totalmente verdade ou não, bem pode ser mais uma (de muitas) especulação da comunicação social com palavras retiradas do contexto. De qualquer modo, considero que 20 milhões é um valor bastante elevado para alguém que, embora novo, só joga naquela posição desde Novembro.

A vamos o que o futuro nos reserva..

publicado por Spaceship às 18:51
Sexta-feira, 02 DE Julho 2010

O Benfica vendeu Angel Di Maria ao Real de Madrid por 25 milhões aos quais podem ainda acrescer mais cinco milhões de euros indexados à utilização do jogador (embora não tenha sido indicado nenhum número mínimo de jogos, basta ser inscrito na ficha de jogo, não precisa de jogar) e mais seis milhões de euros de prémios de performance desportiva (também não foi especificado).

Deste modo, a venda do Di Maria pode vir a atingir os 36 milhões de euros, o que o tornaria na venda mais elevada alguma vez efectuada por um clube português, mas ainda assim aquém dos 40 milhões da sua cláusula de rescisão.

No entanto, o Benfica apenas detinha 70% do seu passe (por isso agora só recebeu 17,5 milhões e se todos os objectivos forem cumpridos poderá vir a receber um total de 25,2 milhões), visto que 20% pertenciam ao "Benfica Stars Fund" e 10% ao seu empresário Jorge Mendes.

O Benfica já tinha recebido 4,4 milhões em Setembro quando vendeu os 20% do passe do Di Maria ao Fundo que o havia avaliado em 22 milhões, logo se o Benfica recebesse (como recebeu) uma oferta superior a esse valor e não vendesse o jogador, teria que recomprar o passe por esse montante.

Assim sendo, o Fundo que havia gasto 4,4 milhões, agora recebeu 5 milhões e gerou uma mais valia de 0,6 milhões para quem investiu nesse fundo (sendo que também pode vir a receber mais 2,2 milhões de lucro se os restantes objectivos forem cumpridos).

Logo, para mim, e uma vez que considero que Di Maria não vale nem de perto nem de longe metade disto, foi um óptimo negócio para todas as partes, para o jogador, para o clube e para os investidores no Fundo. Claro que Jorge Mendes também ganhou e bem! Agora recebeu 2,5 milhões e ainda pode vir a receber mais 1,1 milhões.

Belos números!

 

PS – O Fundo ainda tem 18 jogadores, sendo que o mais valioso é agora Cardozo, avaliado em 20 milhões e em quem o Fundo detém 20% do passe (já pagou 4 milhões ao Benfica).

publicado por Spaceship às 09:27
Quinta-feira, 01 DE Julho 2010

 

Terminada a participação da Selecção no Mundial, importa fazer um balanço e perspectivar o futuro.

 

Quanto ao Mundial:

1 - Portugal conseguiu atingir o que lhe era exigido (oitavos-de-final);

2 - Jogou como equipa, apagando a má imagem deixada pela "manta de retalhos" que participou no Euro 2008, onde perdeu com a Suiça (fase de grupos) e com a Alemanha (na primeira eliminatória da fase a eliminar);

3 - Foi a única selecção que teve de defrontar o 1.º e 2.º classificados do ranking FIFA. Jogou de igual para igual com ambos, sendo derrotada apenas pela Espanha (Campeã da Europa) e pela margem mínima;

4 - Ronaldo, mais uma vez, não jogou nada. Para além disso, provou, novamente, que não tem perfil para capitão de equipa;

5 - Temos, finalmente, guarda-redes (Eduardo) e defesa-esquerdo (Coentrão);

 

Relativamente ao futuro:

1 - Não percebo como é que há quem discuta a continuidade de Carlos Queiroz.

Está, apenas, a meio do seu contrato e está a fazer um bom trabalho (na selecção principal e na reorganização do futebol jovem).

Ficou nos 16 melhores do Campeonato do Mundo, sendo eliminado pela Campeã da Europa, por 1-0...é um mau resultado?!

É engraçado como toda a gente dizia que Portugal não tinha grandes hipóteses de ser Campeão do Mundo e agora parece que o mínimo exigível era trazer a Taça!

Haja coerência!!!

2 - Estão reunidas todas as condições para, daqui por 2 anos, termos uma boa participação no Euro 2012.

A grande maioria dos jogadores que estiveram presentes no Mundial vai lá estar, e a esses tem que se juntar, por exemplo, Bosingwa, Nani, Varela ou Ruben Micael.

 

 

P.S.: é incrível aquilo que se houve na televisão.

Ontem, estive a ver o Ribeiro Cristóvão a destilar ódio em relação ao Carlos Queiroz na SIC Notícias.

A sua falta de seriedade é inacreditável.

Para fazer valer o seu argumento de que o Carlos Queiroz devia ir embora, disse que os seleccionadores da Itália, França, Grécia e Nigéria tinham deixado as suas selecções, por isso, o caminho de Carlos Queiroz devia ser o mesmo.

O que se esqueceu de dizer é que todas essas selecção foram eliminadas na PRIMEIRA FASE do Mundial...nenhuma delas chegou aos oitavos-de-final!

publicado por Joca às 09:48
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
29
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Contador de Visitas
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Este senhor quer tapar o sol com a peneira......ex...
Os portistas Saõ e serao sempre os mesmos m...
Ah caiu o mito porque tu o dizes? Makes sense.
E não vao ficar por aqui... este ano tb ja esta de...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO