Terça-feira, 13 DE Julho 2010

Agora que terminou o Mundial de 2010, o primeiro jogado em África e o primeiro em que uma equipa europeia conseguiu triunfar fora da Europa, urge apontar os melhores e piores momentos deste mesmo Mundial.

 

Destaques positivos:

1) Desde logo, destaco os vencedores, a Espanha. Ao título de campeã europeia, somou o de campeã mundial e é uma selecção que joga um futebol muito interessante e empolgante. Tem uma excelente selecção, composta por óptimos jogadores e apoiada na espinha dorsal do Barcelona (dos 7 que cedeu à selecção, 6 foram titulares em vários jogos, sendo 5 deles titulares indiscutíveis – Puyol, Piquet, Busquets, Xavi e Iniesta, a que se junta Pedro e no banco Valdes. Para o ano, terá ainda Villa Maravilla).

Duas notas ainda em relação aos vencedores. A primeira, é que dos 23, apenas 4 estão na casa dos 30 anos (Puyol, Marchena, Capdevila e Xavi), pelo que ainda muito podem fazer pela selecção. A segunda prende-se com o facto de terem feito apenas 8 golos nos 7 jogos, sendo que na fase a eliminar ganharam sempre por apenas um a zero e ao intervalo estavam sempre empatados a zero (este fraco pecúlio não traduz as diferenças que se viram entre a Espanha e os seus opositores).

2) A grande prestação das equipas do continente Americano. Aos oitavos de final passaram as cinco equipas da América do Sul – Uruguai (passou em 1º num Grupo que incluía a França e o país organizador), Argentina (também em 1º só com vitórias), Paraguai (também passou em 1º num Grupo que incluía a Itália), Brasil (1º) e o Chile (este foi o único a passar em 2º mas em igualdade pontual com a Espanha), Sendo que as 4 primeiras passaram aos quartos de final (só o Chile foi eliminado pelo Brasil) e acabaram por ser eliminadas nessa fase todas, excepto o Uruguai que caiu nas meias finais. Destaque ainda para o facto de também os EUA (em 1º à frente da Inglaterra) e México (em 2º atrás do Uruguai) terem atingido os oitavos.

3) As carreiras da Alemanha e da Holanda. A primeira surgiu com alguns jogadores experientes como Klose, Butt e Friedrich, mas muitos jovens como Mueller, Ozil, Kross, Boateng e Badstuber, o que permite antever que continue a obter boas classificações nestas provas (recordar que foi semi-finalista neste Mundial de 2010, finalista no Euro 2008, semi-finalista no Mundial de 2006, má prova no Euro 2004, finalista no Mundial de 2002..). A Holanda, perdeu a sua terceira final num mundial, tinha uma grande equipa, com grandes jogadores, mas a acusarem alguma idade e a mostrarem ser necessário renovar. Van Bronckhorst, Van Bommel, Mathijsen, Kuyt e Ooijer já passaram dos 30.. De qualquer modo, depois de terem ganho todos os jogos da fase de qualificação, ganharam também todos os jogos neste mundial, excepto a final.

4) Destaques individuais para as exibições de Iniesta, Villa, Forlan, Sneijder, Mueller e Schweinsteiger. Em termos de golos, marcaram-se poucos, mas decerto que o golo de Van Bronckhorst ao Uruguai ficará na memória de muitos.

5) A performance da Nova Zelândia. Muitos a apontavam como um bobo da corte, mas despediu-se do mundial sem uma única derrota. É certo que jogou sempre com muitas cautelas defensivas e pouco ou nada arriscou no ataque, mas terminou com três empates e melhor seria impossível!

6) O polvo Paul! Acertou em todos os resultados da selecção alemã, mais o da final! Mesmo com 50% de probabilidades, acertar em 8 jogos é obra!

7) A super adepta Larissa Riquelme!

 

Destaques negativos:

1) Para além da fraquíssima prestação com duas derrotas e um empate, traduzidos no último lugar do Grupo com 4 golos sofridos e apenas 1 marcado, é de ressalvar o comportamento da selecção francesa! Jogadores enviados para casa a meio do torneio, plantel a criticar abertamente o treinador, plantel a recusar-se treinar e a deixar a ameaça de não comparecer a jogos, treinador a não cumprimentar treinadores adversários,.. Enfim, um comportamento deplorável a todos os níveis!

2) A par da eliminação precoce da França, a eliminação da Itália também como último classificado na fase de Grupos. Também os ex-campeões se despediram sem vitórias, averbando uma derrota e dois empates que se traduzem num saldo negativo de 5 golos sofridos e 4 marcados. Também a Inglaterra e Portugal foram precocemente eliminadas nos oitavos de final (tudo bem que foram eliminadas por equipas muito fortes, mas não deixavam de ser candidatos e de ocuparem lugares cimeiros do ranking da FIFA).

3) As equipas africanas a ficarem aquém das expectativas. Quando muitos apontavam este mundial como um mundial em que essas selecções iam despontar, apenas o Gana passou os grupos, acabando por perder nos quartos de final na lotaria dos penalties (depois de terem falhado um penalty no último minuto do prolongamento). De resto, a Africa do Sul e a Costa do Marfim ficaram em 3º com 4 pontos, enquanto a Nigéria, a Argélia e os Camarões ficaram em último. Sendo que a equipa de Etoo nem um ponto fez e as outras duas ainda obtiveram um ponteco.

4) Destaques individuais para as fracas exibições de alguns dos melhores do mundo, como CR, Káká, Rooney, Ribery e Messi.

publicado por Spaceship às 13:44
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
29
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO