Sexta-feira, 01 DE Outubro 2010

Paulo Bento anunciou esta sexta-feira os convocados para a dupla jornada de qualificação para o Campeonato da Europa 2012, dia 8 frente à Dinamarca no Estádio do Dragão e no dia 12 frente à Islândia em Reiquiavique.

Destacam-se os regressos de Hélder Postiga e Carlos Martins, as estreias de Paulo Machado e João Pereira e manutenção de Sílvio e Varela.

Paulo Bento anunciou ainda que Cristiano Ronaldo vai manter-se como capitão..

 

Lista de convocados:

Guarda-redes: Beto, Eduardo e Rui Patrício;
Defesas: Bruno Alves, Fábio Coentrão, João Pereira, Ricardo Carvalho, Rolando e Sílvio;
Médios: Carlos Martins, João Moutinho, Pepe, Miguel Veloso, Paulo Machado, Raúl Meireles e Tiago;
Avançados: Ronaldo, Danny, Hélder Postiga, Hugo Almeida, Liedson, Nani e Varela.

 

Força Portugal!

publicado por Spaceship às 18:12

A segunda jornada europeia ficou saldada com 2 derrotas, 0 golos marcados e 5 golos sofridos na Champions e com 2 vitórias, 6 golos marcados e 0 golos sofridos na Liga Europa! É esta a frieza dos números que infelizmente não mostrou o que efectivamente se passou em campo!

A primeira equipa a entrar em campo foi o Braga que recebeu o Shakhtar Donetsk, o seu principal rival na luta pelo segundo lugar no Grupo. A primeira parte pertenceu na totalidade ao Braga que dominou o jogo e teve 3 ou 4 oportunidades de golo flagrantes, desde bolas aliviadas sobre a linha de golo a remates dentro da pequena área a passarem ao lado do poste, mas nenhuma entrou e ao intervalo estava tudo a zero. No reatamento, o Braga continuou a mandar no jogo, mas foi o Shakhtar a marcar no primeiro remate que fez à baliza. Um remate de Luiz Adriano aos 55mn com algumas culpas para Felipe que deixou a bola passar por debaixo do seu corpo. O Braga respondeu de imediato e em pouco tempo criou várias oportunidades de golo. Mas aos 72mn, Luiz Adriano volta a marcar um golo quase igual ao anterior. Este golo praticamente matou o jogo e o Braga pouco mais fez até ao final. Já nos descontos, Paulo César comete penalty que Douglas converteu e fixou o resultado final num exagerado 0-3 que nada reflecte o que se passou em campo.

No dia seguinte, o Benfica deslocou-se a Gelsenkirchen para defrontar um Shalke04 que está a fazer um péssimo inicio de época (o ano passado foi 2º e este ano perdeu os 4 primeiros jogos, tendo ganho e empatado os dois últimos). O Benfica começou bem o jogo e foi dominando a primeira parte, controlando o jogo e tendo as melhores oportunidades.. Saviola desperdiçou um lance de golo quase certo. Sempre que o Benfica acelerava o jogo, desequilibrava e dava a sensação que era a única equipa que podia marcar.. Mas não o fez e isso foi dando alento ao Shalke que foi crescendo e na segunda parte foi começando a dominar o jogo, sobretudo ao conseguir dominar o meio campo. Infortúnio para o Benfica que viu Gaitan e Cardozo lesionarem-se (o Paraguaio ficará um mês de fora). Entretanto, a quase 15mn do fim, há um centro para a área do Benfica, Peixoto, mal posicionado salta antes de tempo, não chega à bola que sobra para Farfán que tranquilamente meteu o primeiro golo. O Benfica acusou a pressão e 10mn depois, David Luiz perde uma bola para Raul e permite um contra-ataque rápido concluído por Huntelaar. Este 2-0 também é muito penalizador para o que se passou em campo!

Já ontem, o Porto deslocou-se à Bulgária para defrontar o CSKA de Sófia e conseguiu mais uma vitória! O Porto dominou toda a primeira parte e teve várias oportunidades de golo que foram sendo consecutivamente desperdiçadas. A única excepção foi aos 20mn quando Hulk desmarcou Falcao e este marcou o único golo da partida (estava milimetricamente adiantado em relação ao último defesa, mas como sempre defendi, em caso de dúvida deve ser beneficiado o ataque!). O 0-1 que se verificava ao intervalo era muito curto para o domínio exercido pelo Porto que sempre que se aproximava da área, criava instantaneamente perigo. Na segunda parte o jogo foi mais repartido e bem mais equilibrado com oportunidades de golo a intercalarem-se em cada uma das balizas. É certo que o Porto podia ter voltado a marcar, mas também poderia ter sofrido. A vitória foi justa, mas o resultado final de 0-1 foi curto para o que o Porto fez na primeira parte!

A ronda concluiu-se com o Sporting Lisbon a receber o Levsky de Sofia. O treinador voltou a mexer no esquema táctico e a mudar vários jogadores na frente de ataque com efeitos muito positivos. O Sporting fez o que quis o jogo todo, não dando grandes veleidades ao adversário e criando oportunidades de golo atrás de oportunidades. Foram cinco golos, mas podiam ter sido mais! 1-0 aos 30mn por Carriço, 2-0 aos 43mn por Maniche, 3-0 aos 53mn por Salomão (o seu primeiro golo pelo Sporting), 4-0 aos 60mn num golão de Postiga e 5-0 aos 80mn por Matias Fernandez. Um destaque apenas para Postiga que fez um jogão. Marcou e deu a marcar, no minuto seguinte ao seu golo, acertou em cheio no poste e pouco depois, quase marcou de calcanhar.. No entanto, Paulo Sérgio deve ter achado que já era demais e com 20mn ainda por jogar, resolveu substituir o melhor em campo. De qualquer modo, fica um grande jogo e um resultado de 5-0 para a história.

publicado por Spaceship às 12:52
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
19
23
24
25
28
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
ele é tudo o que disseram dele e muito mais....tiv...
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO