Segunda-feira, 17 DE Janeiro 2011

http://www.ogol.com.br/img/jogadores/44/16844_ori_jorge_fucile.jpg

publicado por Joca às 14:25
Sábado, 15 DE Janeiro 2011
Como podem ver, o fenómeno "Emplastro" já ultrapassou as fronteiras do nosso país...
publicado por Joca às 17:28
Quinta-feira, 13 DE Janeiro 2011

https://1.bp.blogspot.com/_7rO7du1BOvI/TLubC-AenSI/AAAAAAAAHlo/bW1OQlsaqcg/s320/jardel+olhanense.JPG

"Isidoro Sousa, presidente do Olhanense, confirmou a Record que estão a decorrer negociações a propósito de uma eventual transferência do central Jardel para o Benfica.

As conversas iniciaram-se de manhã e vão prolongar-se esta tarde, não tendo sido possível ainda chegar a um entendimento. Isidoro Sousa não excluiu que ainda hoje possa haver novidades.".

- Fonte: "Record" (de ontem).

 

A manhã e a tarde de que fala o Presidente do Olhanense são as do jogo com o benfica para a Taça de Portugal!

Este é o comportamento de um clube que se considera o paladino da verdade desportiva...

Como se costuma dizer, mais depressa se apanha um mentiroso do que um coxo!

publicado por Joca às 12:25
Quarta-feira, 12 DE Janeiro 2011

http://static.vg.no/leonora/bildarkiv/1099864330.86035.jpg

O ika, no seu último post, dá ironicamente os parabéns a quem defende que o FCP ganha porque "tem sempre as melhores equipas".

Aqui fica o link para uma entrevista de uma das muitas "super-estrelas" que passaram pela luz nos últimos 15 anos.

Estou a falar de Karadas, ex-ponta de lança/actual defesa do poderosíssimo Kasimpasa da Turquia (eu sei que vocês sabiam que o clube era turco, mas resolvi dizer na mesma).

Entre outras coisas, diz que o penálti exibido no meu post anterior não é penálti!

A sério?! Quem diria...

Voltando ao comentário do ika supra citado, relembro-lhe, apenas, os seguintes jogadores que o F.C.Porto vendeu nos últimos anos:

Ricardo Carvalho (€ 30M), Pepe (€ 30M), Paulo Ferreira (€ 20M), Bosingwa (€ 20,5M), Deco (€ 21M), Andersson (€ 31,5M), Lisandro (€ 24M) ou Lucho (€ 20M).

O FCP não ganha porque "tem as melhores equipas", o F.C.Porto ganha porque tem as melhores equipas.

Eu sei que vos custa, mas a verdade por vezes é dura.

 

Voltando ao "mágico" Karadas, aqui fica o link...

 

http://www.ionline.pt/conteudo/56691-karadas-o-penalti-contra-o-estoril-e-claro-que-o-arbitro-errou

publicado por Joca às 22:02
Estou a ver que hoje há quem esteja numa de demagogia, por isso, aqui fica uma bela imagem. P.S.: preparem-se para mais posts do género do último por parte do ika...ele teve conhecimento de um novo site que certamente irá usar como fonte mais vezes.
publicado por Joca às 16:40

Hoje estou nostálgico, e resolvi partilhar estas imagens com os meus amigos. .

Assim se faz um campeão, assim se cria uma estrutura vencedora. Parabéns aqueles que defendem que o FCP ganha porque "tem sempre as melhores equipas".
publicado por lmb às 16:17

 

Ora para não dizerem que são blogs apenas parciais, fica aqui a cópia do jornal.  O Boavista foi fundado em 1903. Esta noticia é de 1976.

publicado por lmb às 12:54

Na conferência de imprensa de antevisão da partida com o Pinhalnovense, esta terça-feira, André Villas-Boas assumiu: “Esta é uma competição que nunca foi ganha pelo mesmo clube três vezes consecutivas. Interessa fazer história, pelo que é uma competição que não queremos deixar fugir”.

 

Eu sei que o treinador ainda é jovem e andou algum tempo pelo estrangeiro, motivo pelo qual pode ter algumas lacunas ao nível do historial das competições nacionais!

Pode não saber que o Benfica conseguiu ganhar a taça de Portugal três vezes consecutivas em 1951, 1952 e 1953.. Eu também não sabia, mas fui ver! E ainda acrescento que a bem da verdade, se pode considerar que o Benfica a ganhou 4 vezes consecutivas, uma vez que também a ganhou a taça de Portugal em 1949 e em 1950 não foi disputada!

Mas se calhar já tinha idade suficiente para se ter apercebido que o Benfica voltou a ganhar a taça de Portugal três vezes consecutivas em 1985, 1986 e 1987!

publicado por Spaceship às 10:08
Segunda-feira, 10 DE Janeiro 2011

 

Meus Caros,

Terminada a 15ª jornada, terminou também a primeira volta. É tempo de um balanço.

O mais imediato dá conta de um FC Porto que cedeu apenas quatro pontos em 45 possíveis. Dois empates em dois jogos fora, um contra um dos outros dois candidatos ao título. De resto, 13 vitórias, 36 golos marcados e apenas seis sofridos. Mas os números raramente conseguem contar uma história completa. Muitos falam de números de anteriores épocas, mas lembro que o FCP tem mais 4 pontos que o campeão do anterior campeonato. Acrescento a isto, a má carreira do SC Braga, que está pagar desportivamente caro a presença (excelente) na Champions. De resto, o meio da tabela está bastante equilibrado, com duas equipas claramente inferiores, a saber Portimonense e Naval.  

Mas sem dúvida que a grande referência deve ser dada ao FCP, e à sua excelente meia época. Deve-se dar destaque ao André Villas Boas, mas há que acrescentar-lhe outros detalhes. É preciso perceber, por exemplo, que aquela que é a defesa menos batida da Europa resistiu à perda de Bruno Alves e sobreviveu às lesões sucessivas de Sapunaru, Fucile e Álvaro Pereira. É preciso reter que o meio-campo resistiu à saída de Raul Meireles e à ausência forçada de Fernando. E é preciso ter consciência de que o melhor ataque do campeonato resistiu às baixas de Varela, Cristian Rodríguez e Falcao.

Na verdade, este FC Porto resiste, endurece e cresce sob a famosa pressão (nos olhos e cabeças de alguns), pelo que, acredito mesmo que esta equipa com o portista Villas Boas muito vai ganhar.

Até breve

publicado por AR às 23:51

Cumpriu-se a 15ª jornada, ou seja, atingimos a metade do campeonato e o Porto lidera confortavelmente com 8 pontos de vantagem sobre o Benfica. A liderança do Porto é completamente inquestionável (apenas 2 empates e 13 vitórias) e, para já, ofuscam o que o Benfica fez na época passada (nesta altura, o líder tem mais 5 pontos que tinha o líder da época passada). O Benfica segue com alguma tranquilidade no 2º lugar com 5 pontos de vantagem sobre o Sporting, que passou a ter uma diferença de 4 pontos para o surpreendente Leiria. Destaque muito negativo para o 7º lugar de Braga com menos de metade dos pontos do Porto!

 

Mas voltando à jornada, a primeira equipa a entrar em campo, foi o Porto na recepção ao Marítimo no sábado. O Porto tomou logo conta do jogo mas teve algumas dificuldades em criar perigo. Chegou ao golo aos 37” num tiro de Guarin a 40 metros da baliza. Um golaço! O colombiano estava inspirado e de calcanhar serviu Moutinho que acertou no poste em cima do intervalo. Na segunda parte, o Porto conseguiu ser bem mais perigoso e dispor de inúmeras oportunidades de golo. Sem surpresa, chegou ao segundo num belo golo de Hulk aos 60”. Assistiu-se a uma tímida tentativa de recuperação do Marítimo que criou dois lances de perigo e converteu um deles por Baba aos 70”. Mas o Porto não se intimidou e voltou à carga e passados 5”, Guarin volta a fazer um bom golo. Aos 80” numa jogada rápida, James Rodriguez faz o 4-1 final. Até final ainda houve mais dois lances de golo e sempre para o Porto. Resultado justíssimo e claro para o Porto, sem qualquer lance duvidoso.

 

Seguiu-se o jogo em Alavalade entre o Sporting e o Braga. Os bracarenses entraram melhor, a quererem mandar no jogo, controlando a bola e o posicionamento territorial. Mas foi o Sporting o primeiro a marcar, no primeiro remate á baliza do jogo. Aos 11”, Salomão (que entrara para o lugar do lesionado Postiga aos 8”) faz um grande golo de calcanhar, numa jogada em que Vukcevic e João Pereira estavam em posição irregular quando lhes passaram a bola. Aos 13”, Liedson isola Valdez e o Sporting chega aos 2-0 em apenas dois remates à baliza. Aos 17” Paulo César reduz, também faz golo no primeiro remate à baliza. O resto do jogo foi bastante equilibrado e com boas oportunidades de golo para ambos os lados e belas defesas dos dois guarda-redes, ainda assim, talvez tenha sido o Sporting o mais perigoso (Liedson ainda acertou uma bola no poste) e acabou por merecer a vitória. Quanto a lances duvidosos, realce apenas para o lance de golo do Sporting que deveria ter sido interrompido por duas vezes devido a foras-de-jogo de jogadores leoninos.

 

Já no domingo, o Benfica viajou a Leiria para defrontar o surpreendente 4º classificado. Mas este Leiria sem Carlão e sem Silas, é bem diferente e o Benfica venceu incontestavelmente. O Benfica fez uma boa primeira parte, com inúmeras oportunidades de golo, mas só por uma vez marcou (aos 27” por Saviola). O resultado ao intervalo era bastante curto para a quantidade de oportunidades desperdiçadas (nomeadamente pelo Saviola). A segunda parte foi bem mais calma, o Benfica terá tido um ou dois bons ataques, até sofrer um susto aos 72” quando na sequência de um canto, Roberto sai mal, perdendo o duelo aéreo com um adversário que por pouco não fez golo. Mas este lance espevitou o Benfica que pouco depois metia uma bola no poste por Sálvio e voltava a criar alguns lances de perigo. Aos 80”, Gaitan fez o 2-0 e aos 90”, Cardozo selou o 3-0 final, pelo meio ainda houve um golo bem anulado aos leirienses por fora-de-jogo! Mais um resultado claro, sem qualquer polémica a nível de arbitragem.

 

Uma última nota para a Naval agora treinada por Carlos Mozer, o último classificado foi a Guimarães ganhar por 2-1 no terreno de 5º classificado.

publicado por Spaceship às 18:46
Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
14
16
19
20
21
22
23
27
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO