Quinta-feira, 16 DE Junho 2011

Destaques positivos

O foco principal desta época é sem sombra de dúvidas para o FCP. Ganhou praticamente tudo o que havia para ganhar este ano. Começou a época por vencer a Supertaça, seguiu-se uma caminhada gloriosa no campeonato onde terminou invicto com 27 vitórias e 3 empates, deste modo, fixou o máximo de pontos em 84 (numa liga com 16 equipas e a vitória a valer 3 pontos), foi o melhor ataque com 73 golos (mais 12 que Benfica) e melhor defesa com 16 golos (quase metade de Benfica, Sporting e Nacional – todos com 31). Depois venceu a Liga Europa com destaque para as goleadas que impôs nos dois jogos dos quartos de final e na primeira mão da meia-final. Terminou a época com a vitória na Taça de Portugal com um resultado também ele de salientar, vitória incontestada por 6-2! Saliente-se ainda os prémios de melhor marcador do campeonato para Hulk com 23 golos (João Tomás e Falcao ficaram atrás com 16) e de melhor marcador de sempre numa única edição de uma prova europeia para Falcao com 17 golos!

Segue-se o Braga. Embora não tenha logrado fazer um campeonato tão bom como no ano passado, ficou em 4º tendo discutido o 3º com o Sporting até à última jornada. Ainda para mais, saliente-se o excelente final de época, uma vez que a meio do campeonato (após a 15ª jornada) estava em 7º. Mas o destaque bracarense é sem sombra de dúvidas a brilhante carreira europeia que fez.. Logo nas eliminatórias da Champions, arrumou com classe o Celtic e o Sevilha, na fase de Grupos da Champions conseguiu 3 vitórias o que é muito bom para um estreante. Passou para a Liga Europa onde eliminou, entre outros, Liverpool, Dinamo de Kiev e Benfica até chegar à final onde perdeu por apenas 1-0.

Destaque ainda para o comportamento das equipas do Norte, é que as equipas nortenhas estiveram em grande e disputaram as finais de quase todas as competições (Supertaça, Taça de Portugal, Taça da Liga e Liga Europa) apenas o Benfica se intrometeu nessas disputas. Para além das chamadas de atenção para o Porto e o Braga, juntava ainda os percursos de Guimarães, Paços de Ferreira e Rio Ave. O Guimarães ficou em 5º lugar no campeonato e foi à final da Taça de Portugal. O Paços ficou em 7º (a 1 ponto da Europa) e foi à final da Taça da Liga. O Rio Ave ficou em 8º e destacou-se o comportamento de João Tomás que aos 36 anos foi o melhor marcador português do campeonato com 16 golos.

Adicionalmente, a este percurso nortenho, registe-se que sobem à Primeira Liga, o Gil Vicente e o Feirense (além disso na Segunda Liga, até ao oitavo classificado, são só equipas do norte – Trofense, Oliveirense, Arouca, Leixões, Moreirense e Aves).

Destaque final para o Beira-Mar que, com nove jogadores, foi a equipa que mais jovens com menos de 23 anos utilizou (embora alguns desses fossem jogadores emprestados pelos grandes, pelo menos teve o mérito de apostar nos miúdos).

 

Destaques negativos 

Do lado dos destaques negativos, logo à partida, há que apontar o Benfica. Foi uma época do “quase”.. Depois de ter ganho o campeonato na época anterior, os discursos de inicio de época foram bem ambiciosos e utópicos. A equipa ficou em 2º no campeonato, chegou às meias finais da Taça de Portugal e da Liga Europa (pior, só se perdesse as competições na final e o campeonato nos últimas jornadas como o Sporting em 2004/05). Apenas se salvou a conquista de mais uma Taça da Liga que é muito pouco para um clube com tantas ambições.

Também para esquecer foi a época do Sporting. Mais uma época perdida com trocas de treinadores, dirigentes e presidente. A mais uma época sem qualquer troféu e em que a equipa ficou muito cedo afastada de qualquer conquista (o melhor que conseguiu ainda foi chegar à meia final da Taça da Liga) e onde só na última jornada conseguiu alcançar o último lugar do pódio, há que salientar que o clube vendeu os melhores jogadores (com a agravante de vender o capitão para um dos principais rivais) e pouco ou nada comprou de jeito.

Claro que não se pode esquecer de referir o Portimonense e a Naval que desceram de divisão, sem deixarem grandes saudades. Além disso, a Naval foi a única equipa da primeira liga que não apostou em nenhum jogador com menos de 23 anos! Futuro muito negro para esta equipa..

publicado por Spaceship às 18:49
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO