Segunda-feira, 15 DE Agosto 2011

O pontapé de saída no campeonato de 2011/12 foi dado na sexta-feira em Barcelos onde o recém promovido Gil Vicente recebeu o Benfica. O Gil Vicente entrou sem receio e a jogar ao ataque, o Benfica aproveitou esse atrevimento para explorar os espaços e aos 7” Nolito inaugurou o marcador (estaria milimetricamente em fora-de-jogo, mas no minuto anterior Jara ia sozinho para a baliza quando lhe foi mal assinalado um fora-de-jogo que não existiu). Pouco depois, aos 20”, Saviola dilatou a vantagem. O Benfica adormeceu e o Gil Vicente, que criou vários lances de perigo, acabaria por encurtar a desvantagem ainda na primeira parte por Hugo Vieira aos 37”. A segunda parte voltou a ser muito viva, mas com um enorme domínio do Benfica que esteve várias vezes perto de fazer o terceiro.. Jara falhou um lance quase inacreditavelmente e pouco depois, o mesmo “carrasco” da 1ª jornada da época passada, volta a fazer um golaço.. Laionel aos 72” fez o empate. O resultado acaba por ser justo face à vontade e determinação que o Gil demonstrou desde o inicio.

 

Seguiu-se, no sábado, o Sporting a receber o Olhanense e pouco depois do inicio já se queixava de um penalty por marcar a seu favor por mão na bola de Izmaily.. Talvez atordoados por essa falha da arbitragem, deixaram Wilson Eduardo (por curiosidade, um jogador leonino emprestado aos algarvios) fazer um golaço de fora da área estava decorrida meia hora de jogo. Aos 37”, Jeffren tem uma entrada brutal em que por milagre só vê o amarelo quando devia ter sido expulso. Na segunda parte, o Sporting entrou mais determinado e viu Postiga marcar aos 69”, mas o arbitro invalidou mal por fora de jogo inexistente (havia um outro jogador do Sporting em fora de jogo, mas sem influência no lance). Mesmo com todas as contrariedades, o Sporting acabaria por marcar por Izmailov aos 79”. Resultado com forte influência da arbitragem.

 

Finalmente, no domingo, o Porto foi a Guimarães jogar pela terceira vez consecutiva com o Vitória local. Mas a vitória no jogo havia de sorrir, novamente, ao Porto. Foi o jogo mais vivo e interessante da jornada com ambas as equipas a terem excelentes oportunidades de golo e com ambos os guarda-redes a fazerem excelentes exibições. Já nos descontos da primeira parte e num lance recorrente em vários jogos, é assinalado penalty a favor do Porto. O lance é claro, na marcação de um canto, um defesa do Guimarães impede um jogador do Porto de saltar, agarrando-o e derrubando-o, pena é que nem sempre sejam marcados estes lances.. Hulk converteu o penalty e decidiu o jogo pela margem mínima. Durante a segunda parte, as oportunidades já não foram tão flagrantes, mas o jogo continuou vivo e disputado até ao fim.

publicado por Spaceship às 20:30
Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
16
17
20
26
27
28
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Contador de Visitas
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Este senhor quer tapar o sol com a peneira......ex...
Os portistas Saõ e serao sempre os mesmos m...
Ah caiu o mito porque tu o dizes? Makes sense.
E não vao ficar por aqui... este ano tb ja esta de...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO