Sexta-feira, 16 DE Setembro 2011

O Sporting surpreendeu tudo e todos quando sobre o fecho do mercado vendeu dois jogadores que tinham sido titulares nos jogos já realizados e ao adquirir um médio brasileiro de selecção.

Se a venda de Djalo (embora ainda envolta em confusões devido à hora a que terá sido concretizada) foi bastante proveitosa, já a de Postiga me parece ser estranha.. Principalmente por o Sporting vender o avançado titular da selecção nacional por apenas 1 milhão de euros. Espero que não tenha havido nenhuma negociata paralela pelo facto de o Porto ter ainda 50% dos direitos do Postiga..

Mas também a compra de Elias parece algo confusa.. Embora seja um grande jogador (logo no primeiro jogo que fez, foi titular e marcou um dos golos que permitiram ao Sporting obter a primeira vitória no campeonato), já não pode jogar nas competições europeias, o que é logo um grande problema. Mas ainda mais estranho é que apenas 3 semanas após a compra, o Sporting tenha decidido vender metade do passe à empresa Quality Football Ireland III Limited, próxima do agente FIFA Jorge Mendes. Até aqui, nada de mais.. Mas esta empresa pagou 3,85 milhões de euros pelos referidos direitos numa eventual venda de Elias, que tinha custado 8,85 milhões de euros.. Ou seja, Elias desvalorizou mais de 1 milhão nestas três semanas.. Estranho, muito estranho..

publicado por Spaceship às 11:22

O Porto inaugurou a Champions ao receber o Shakhtar Donetsk. O Porto começou com todo o gás e rapidamente Hulk meteu uma bola na trave com um remate de longe e outra no poste na transformação de uma grande penalidade sofrida por James. Desperdícios no ataque e sofrimento na defesa com Helton a dar um frango e a permitir que Luiz Adriano inaugurasse o marcador aos 12”. O Porto não ficou abalado e continuou a atacar, chegando ao empate num livre directo a mais de 30 metros da baliza, um tiro de Hulk deu o empate aos 28”. Aos 51” Kleber encostou para golo após grande trabalho de James e deu a vitória justíssima ao Porto que na parte final poderia ainda ter dilatado a vantagem, não só por James ter acertado na trave, mas também por terem terminado a jogar contra 9 (os centrais Rakitskiy e Chygrynskiy foram (muito bem) expulsos aos 40” e 80”).

Seguiu-se o Benfica que recebeu o Man Utd. Para cá chegar, o Benfica passou o Trabzonspor com 2-0 e 1-1 (equipa que entretanto foi repescada e na fase de grupos foi ganhar 1-0 ao campo do Inter de Milão) e o Twente com 2-2 e 3-1 (equipa com grande ataque, mas defesa frágil). O jogo foi bastante vivo e muito bem disputado. O Benfica chegou ao golo aos 24” num belo gesto técnico de Cardozo, após excelente jogada de Gaitan. Perto do intervalo, Giggs teve um rasgo de génio e empatou o jogo. O mesmo Giggs ainda teve uma excelente oportunidade já na segunda parte, mas foi o Benfica que teve mais perto do golo, Nolito por duas vezes, Gaitan e Aimar poderiam ter dado a vitória ao Benfica.

Já na Liga Europa, o Sporting voltou a ganhar, desta feita no campo do Zurique. A equipa portuguesa entrou muito bem e aos 4” Ínsua marcou o primeiro. Aos 20”, e após grande jogada de Ínsua, Wolfswinkel fez o segundo. Depois o Sporting adormeceu e voltou a sofrer um livre indirecto dentro da área por Rui Patrício agarrar uma bola passada pelo pé de Onyewu. Felizmente, o Zurique acertou no poste. Na segunda parte, o Sporting abrandou muito e permitiu que o Zurique criasse muito perigo e metesse mais uma bola no poste e outra na trave.. Cumpre ainda referir que para aqui chegar, o Sporting passou com alguma dificuldade o Nordsjaelland com 0-0 fora e 2-1 em casa.

Depois jogou o Braga e conseguiu a proeza de ganhar pela primeira vez em Inglaterra, embora o Birmingham jogue na segunda divisão, é uma equipa forte e logo no inicio do jogo criou uma óptima oportunidade infantilmente desperdiçada por Rooney. Mas no minuto seguinte, aos 6”, Hélder Barbosa faz um grande golo e coloca o Braga na frente. O Braga foi sempre controlando o jogo e a posse da bola e foi sem surpresa que chegou ao segundo por Lima aos 59”. Depois o Birmingham carregou e foi criando vários lances de perigo e proporcionando boas defesas a Quim, que nada podia fazer quando aos 71” King marcou. O Braga tremeu, mas aproveitou o balanceamento ofensivo dos ingleses para explorar o contra-ataque e aos 88” Helder Barbosa fechou as contas com o terceiro. Grande resultado do Braga. Antes, tinha tido alguma dificuldade com o Young Boys, ao empatar a zero em casa e a dois na Suíça.

 

Uma palavra ainda para o Nacional que depois de despachar o Hafnafjordur com 1-1 fora e 2-0 em casa, ganhou ao Hacken em casa por 3-0, perdendo depois fora por 2-1, acabou por ficar fora da fase de grupos por perder por 3-0 com este Birmingham em Inglaterra após o empate a zero na Madeira. Também o Guimarães que passou o Midtjylland com 0-0 e 2-1, acabou por ficar de fora ao perder por 2-0 e 4-0 com o Atlético de Madrid (o segundo jogo foi em casa e podia ter sido ainda bem mais pesado). Ficou, mais uma vez, provado que ests equipas não têm estaleca para andar na Europa e que Portugal não pode ter mais de 3 ou 4 equipas nas competições europeias.

publicado por Spaceship às 11:07
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
15
17
18
19
21
23
24
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Este senhor quer tapar o sol com a peneira......ex...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO