Segunda-feira, 07 DE Novembro 2011

Sábado o Porto foi a Olhão e tudo parecia bem encaminhado para os visitantes quando logo aos 2”, Kleber foi carregado por Mauricio na área e o Porto beneficiou de um penalty. Hulk permitiu a defesa e na recarga também não conseguiu fazer melhor. O lance moralizou o Olhanense que defendeu sempre com muita gente e não deu espaços ao Porto, mesmo quando o Porto conseguia chegar à baliza, estava lá o guarda-redes para evitar males maiores. O jogo foi de sentido único e o Olhanense só criou perigo em dois ou três contra-ataques e um ou outro lance de bola parada, mas sempre sem grandes sobressaltos.. O empate foi penalizador para o Porto que foi sempre a melhor equipa e a única que procurou mesmo ganhar o jogo. Cumpre ainda salientar um lance aos 19” em que a bola toca no braço de Mexer depois de desviada por um colega mesmo em cima dele.. Embora sem ser consensual, podia ter sido marcada grande penalidade.

No domingo o Benfica foi a Braga jogar e o jogo fica lamentavelmente marcado por 3 interrupções de jogo na primeira parte por falta de luz. Em cada uma das interrupções o jogo esteve mais de 10” interrompidos e essas interrupções talvez tenham lesado mais o Benfica que tem feito grandes inícios de jogos e tem feito segundas partes lamentáveis. Para além das interrupções, a primeira parte fica marcada pelo golo de Lima de penalty aos 45” a castigar uma mão de Emerson (a meu ver, bem assinalada porque a bola desviou-se da trajectória, mas foi igual a muitas que ficam por marcar..). Mas também pela ausência de expulsão de Djamal por agressão a Gaitan (aos 6”) e por um lance em que talvez tenha existido penalty sobre Luisão (aos 13”). Na segunda parte o Benfica tentou dar a volta aos acontecimentos, mas sem conseguir rematar e com o Braga a contra-atacar com perigo. O Benfica empatou aos 71” em mais um belo lance de Rodrigo, com Douglão a dar uma ajuda.. Até ao fim, houve oportunidades para ambos ganharem, mas sem concretizarem.

Seguiu-se o Sporting que era suposto jogar após o fim do Benfica, mas devido aos mais de 30” de atraso devido às falhas de luz, acabou por começar sem que o Benfica tivesse terminado. A recepção ao Leiria correu bem, com Matias a fazer uma grande jogada que culminou no primeiro golo aos 8”. O Sporting continuou a procurar ampliar a vantagem, mas aos 21”, um erro do jovem estreante Ilori, deixou Djianiny sozinho frente a Patrício e empata o jogo. O Sporting voltou a carregar, mas perto do intervalo, foi o Leiria quem podia ter marcado. No reatamento, Matias volta a marcar e a colocar o Sporting na frente. Depois, entre brinde de Ilori e vários desentendimentos entre Patrício e os defesas, foi um milagre não ter surgido o empate. Pelo meio, João Pereira escapou-se de um vermelho directo porque o arbitro não o viu pisar um adversário que estava no chão.. Já nos descontos, um defesa toca com a mão na bola na área e permite que van Wolfswinckel eleve para 3-1 de penalty.

Palavra para o Maritimo que voltou a ganhar e continua nos lugares cimeiros.

publicado por Spaceship às 23:00
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Contador de Visitas
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Este senhor quer tapar o sol com a peneira......ex...
Os portistas Saõ e serao sempre os mesmos m...
Ah caiu o mito porque tu o dizes? Makes sense.
E não vao ficar por aqui... este ano tb ja esta de...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO