Terça-feira, 13 DE Março 2012

A recente direcção da Liga tinha como um dos pilares na sua candidatura o alargamento da segunda liga para 22 clubes (com a inclusão das equipas B e que já saudámos) e da primeira liga para 18 clubes..

Confesso que não sei quais as grandes diferenças de termos uma primeira liga com 18 (conforme já tivemos num passado recente e iremos voltar a ter) ou com 16.. Já vi vários argumentos a favor e contra cada uma das hipóteses, mas acho que acaba por ser mais do mesmo..

Ambos os alargamentos foram votados e aprovados.. Até aqui, nada de mais e até era expectável que isto sucedesse, afinal se era uma das principais medidas do candidato escolhido pela grande maioria dos clubes.. O que espanta é a forma como tal vai suceder.. Na primeira liga, não desce ninguém.. ficam os 16 e sobem os 2 primeiros da segunda liga.. E na segunda liga, os 2 primeiros subiram, entram os 2 melhores da 2ª divisão, entram 6 equipas B e ficam os restantes 14.. Ou seja, ninguém desce! Nem na primeira, nem na segunda liga!

Para mim, é absurdo! Temo muito pela competitividade e pela verdade desportiva se apenas as equipas do topo da tabela é que vão lutar por objectivos (ganhar a liga, apuramento para a Champions e apuramento para a Liga Europa), enquanto mais de metade das equipas já não terá que lutar pela manutenção, nem evitar a despromoção.. em termos práticos ficar em 7º ou 8º é o mesmo que ficar em 10º ou mesmo 15º ou 16º..

publicado por Spaceship às 23:49

A primeira equipa a entrar em campo foi a Académica, visto que o Porto apenas começou a jogar na segunda e pouco ou nada fez na primeira parte.. De facto os primeiros 45’ terminaram com apenas 1 remate do Porto (uma boa oportunidade desperdiçada por Janko) e 3 da Académica, uma das quais a dar golo aos 38’ por Edinho. Entretanto a primeira parte acaba com o árbitro a assinalar mal um fora de jogo a Hulk em que o avançado do Porto surgia sozinho e contornava Peiser.. Erro grave que custou um golo certo ao Porto (seria um falhanço escandaloso se Hulk não marcasse de baliza aberta depois de contornar Peiser).. A recomeçar a segunda parte mais um erro do árbitro ao não assinalar uma penalidade sobre Hulk.. Pouco depois, mais um lance em que James cai na área, à primeira vista parecia penalty, mas só na repetição se vê que foi simulação, neste lance esteve bem o árbitro.. Assim como voltou a estar bem quando, já nos descontos, assinalou penalty por mão de Pape Sow que Hulk converteu e estabeleceu o empate final. Pelo que o Porto fez na segunda parte, merecia mais, mas foi prejudicado pelo que não fez na primeira parte e pela acção do árbitro.

No dia seguinte, o Benfica entrou em Paços de Ferreira ao ataque e logo aos 3’, há um lance com algumas dúvidas na área do Paços com Luiz Carlos a agarrar Jardel e impedir que este saltasse num canto (benefício da dúvida por haver muita confusão e eventualmente por Jardel também ter agarrado o adversário).. O Benfica atacou muito no inicio e não marcou e aos poucos o Paços ia explorando o contra-ataque com muito perigo.. Num deles, Michel marcou aos 28’.. O Benfica acusou o golo e passou a atacar sem grande nexo e sem grande perigo, enquanto o Paços ia criando várias oportunidades de golo em contra-ataques muito venenosos.. Quase em cima do intervalo, erro grave do árbitro que considera simulação de Bruno César quando este foi carregado na área.. A segunda parte começou no mesmo tom em que acabou a primeira, o Benfica a atacar sem perigo e o Paços em contra-ataque sempre muito perto do golo.. De repente, e numa altura que o Paços parecia perto do segundo golo, Nelson Oliveira fez uma arrancada e Gaitan igualou aos 63’.. Pouco depois, aos 68’ Bruno César punha o Benfica na frente.. Aos 75’ Michel via o segundo amarelo e o jogo ficou condenado.. até final, mais um lance com alguma dúvida com Nélson Oliveira a cair na área e um vermelho directo muito excessivo a Ricardo aos 89’ (só entendo se tiver sido por palavras, porque a entrada era apenas para amarelo). Resultado justo para equipa que mais atacou, embora a mais perigosa até tenha sido o Paços..

Pouco depois, o Sporting recebia o Guimarães e fazia uma grande exibição.. O Sporting esteve numa grande noite e, em contrapartida, o Guimarães foi quase inexistente.. Nilson acabou por ser o melhor dos visitantes, negando vários golos.. ainda assim, sofreu 5!!!! Nilson já tinha feito duas ou três grandes intervenções quando Wolfswinkel marcou aos 21’.. O mesmo Nison conseguiu manter a margem mínima até ao intervalo. Mas no recomeço, Matias dilatou a vantagem.. O Guimarães esboçou uma ligeira reacção, mas aos 70’ Izmaelov marcou de penalty o terceiro e acabou com essa tentativa de reacção.. Até ao final, o Guimarães desistiu e Jeffren entrou para ganhar ritmo e marcar dois golos aos 80’ e aos 87’. Vitória mais que justa..

 

Nota ainda para o Braga que somou a 11ª vitória.. em casa, sofriada e pela margem mínima contra o último (que ate teve um golo limpo anulado), mas não deixa de ser notório o facto de ter as 11 vitórias serem o melhor registo vitorioso de toda a primeira liga, o que lhe permite estar em 2º com o Benfica a apenas 1 ponto do líder, Porto.

publicado por Spaceship às 23:26
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
29
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO