Segunda-feira, 02 DE Abril 2012

Decorridas 30 jornadas em Espanha (ainda faltam 8), o Real Madrid atingiu a marca de 100 golos marcados!

Este facto aguçou a minha curiosidade e foi ver a classificação do campeonato. Claro que sabia que o Real comandava com 6 pontos de avanço para o Barça, mas o que mais me chamou a atenção foi a diferença abismal do Real e Barça para o resto..

O Real tem 78 pontos e o Barça 72, enquanto o 3º que é o Valência tem apenas 48! Está a 30 do Real e 24 do Barça.. O último (Gijón) tem 25 pontos, logo o Valência está mais perto do último do que do segundo.. O Real e o Braça têm mais de 20 vitórias (25 para o Real e 22 para o Barça), qualquer um deles tem ¾ de vitórias face aos jogos feitos, enquanto que a equipa com mais vitórias depois deles, é o Málaga com 14, ou seja menos de metade dos jogos feitos..

Depois e olhando para os golos, o Real já chegou aos famosos 100 golos e o Barça vai com 86.. o terceiro melhor ataque volta a ser o Valência, com 46 (depois ainda aparecem Málaga e Atlético de Bilbau com 44 e Levante, Atletico de Madrid e Rayo Vallecano com 42).. Ou seja, Real e Barça têm o dobro dos golos marcados que os outros melhores ataques..

Mesmo nos golos sofridos, estas equipas destacam-se.. O Barça apenas sofreu 22 e o Real 27, todos os outros já sofreram mais de 30 golos, de referir que a terceira melhor defesa é a do Sevilha com 31 golos sofridos..

E isto tem-se verificado nos últimos anos.. Cada vez mais Real e Barça mostram que são de um campeonato completamente à parte face a tudo o resto..

publicado por Spaceship às 23:41

A jornada iniciou-se ao final da tarde de sábado no Dragão com o Porto a receber o super-defensivo Olhanense. No entanto o Porto entrou a todo o gás e a jogar de forma muito rápida conseguiu derrubar várias vezes a muralha defensiva do Olhanense.. e não fosse Fabiano em dia de grande inspiração e podia ter goleado. O aviso foi feito logo na primeira jogada com pouco mais de 20” de jogo, e não parou mais.. foram várias as oportunidades de golo, até Lucho ter inaugurado o marcador aos 24’. O Porto continuou a carregar sem que o Olhanense procurasse o empate. Novamente, até ao golo e James aos 66’, foram várias as oportunidades de golo para o Porto. O 2-0 foi escasso dada a produção atacante do Porto, mas um prémio para um guarda-redes que fez uma excelente exibição.

Seguiu-se o jogo na Luz, com o Benfica a receber um Braga que estava em 1º lugar e com uma série vitoriosa histórica. O Benfica entrou a mandar no jogo, a controlar e a dominar, jogando no meio campo do Braga e pressionando muito à frente. O Braga remeteu-se para a defesa e procurou explorar o contra-ataque rápido. O Benfica ia controlando, tinha mais posse de bola (chegou aos 2/3) e mais remates, mas o Braga é que tinha as melhores e mais claras oportunidades. Aos 78’, Elderson comete falta na área (nem amarelo viu) e Witsel converte a penalidade, inaugurando o marcador. Quase de imediato (aos 82’) e após um livre, Artur deixa a bola escapar para o Elderson que restabelece o empate, redimindo-se do penalty cometido. Já nos descontos (91’), Bruno César marca o golo da vitória. O Benfica foi a equipa que mais vez por ganhar o jogo e por isso acaba por ser premiada, mas pelas oportunidades criadas pelo Braga, se tivesse terminado empatado, também se aceitava.

Já no domingo, o Sporting foi jogar ao campo do Leiria e aproveitou a deslocação ao campo do último classificado, para fazer descansar a equipa e entrar com 7 jogadores novos, assim do habitual onze, apenas ficaram Patrício, Xandão, Ínsua e Carriço (sendo que este não pode jogar na Ucrânia na quinta por castigo). Com tanta novidade, o Leiria em contra-ataque ia aproveitando as faltas de rotinas dos jogadores leoninos para fazer mossa, mas sem conseguir marcar.. aos poucos, o Sporting assentou o jogo e alguns jogadores procuravam dar nas vistas para lutarem pela titularidade (quem mais se destacou terá sido Arias, embora dificilmente roube o lugar a João Pereira). O Sporting falhou bastante, assim como a iluminação que obrigou a uma pausa de 10’ na segunda parte, já com alguns titulares em campo (Matias, Schaars e Wolfswinckel), o Sporting chegou ao golo da vitória aos 101’ (jogaram-se 14’ para lá dos habituais 90’). Vitória justa de uma equipa que não ganhava fora desde finais de Outubro (CINCO MESES) e não marcava golos fora desde meio de Janeiro (DOIS MESES E MEIO).

publicado por Spaceship às 16:42
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO