Sexta-feira, 08 DE Maio 2009

 

Bryan Roy (na foto a segurar a Taça Uefa, conquistada frente ao Torino, ao lado de Van Gaal e Frank de Boer), foi um futebolista holandês a quem, no ínicio da sua carreira, auguraram um grande futuro.

Nascido em Amsterdão em 1970, Bryan Roy era um extremo-esquerdo muito veloz e com excelente técnica.

Formado no Ajax, estreou-se pela 1.ª equipa em 1987, com apenas 17 anos.

Não demorou muito até que se começasse a destacar, tendo-se estreado, com somente 19 anos, na selecção holandesa, que representou entre 1989 e 1995, tendo marcado 9 golos em 32 jogos..

Manteve-se no Ajax, onde marcou 16 golos em 108 jogos, até 1992, altura em que se tranferiu para o Campeonato mais forte da época, ou seja, para a Serie A, mais concretamente para o Foggia.

É preciso lembrar que estávamos num período pré-Acórdão Bosman, pelo que, em Itália, cada equipa apenas podia apresentar 3 estrangeiros ao mesmo tempo...foi graças a isso que, por exemplo, a Udinese contratou Zico, a Reggiana teve Futre ou o Foggia contou com Bryan Roy . 

A passagem de Bryan Roy por Itália foi razoável, tendo participado em 50 jogos e marcado 14 golos, entre 1992 e 1994.

Após ter participado no Mundial de 1994, em que marcou um golo, Bryan Roy transferiu-se para o Nottingham Forest, de Inglaterra.

As duas primeiras épocas na Premier League foram muito boas, tendo estabelecido, na primeira época, uma dupla atacante de respeito com Stan Collymore (que, no final dessa época, foi para o Liverpool).

A época de 1996/1997 marca o ínicio do declínio da carreira de Bryan Roy. As constantes lesões não lhe permitem atingir o seu nível e, no final dessa época, decide que é tempo de mudar de ares. Para trás ficaram 85 jogos e 24 golos ao serviço do Forest.

A próxima paragem de Bryan Roy foi o Campeonato Alemão, ao serviço do Hertha de Berlim.

Nesta nova etapa da sua carreira, Bryan Roy nunca apresentou um nível exibicional condizente com a sua qualidade.

Manteve-se no Hertha de 1997 a 2000, tendo marcado apenas 3 golos em 50 jogos.

Regressado à Holanda, para representar o NAC Breda, Bryan Roy jogou apenas mais uma época, efectuando 14 jogos e marcando 2 golos.

Terminou a sua carreira com apenas 31 anos.

Tendo em conta aquilo que prometeu no início, pode-se dizer que a carreira de Bryan Roy ficou, claramente, aquém do esperado.

Actualmente, Bryan Roy é treinador das camadas jovens do Ajax.

 

publicado por Joca às 14:54

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
17
23
25
26
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO