Terça-feira, 02 DE Junho 2009

Este fim-de-semana despediu-se dos relvados mais um grande símbolo do futebol mundial.. Quase a fazer 41 anos (irá comemorá-los no dia 26 deste mês), Paolo jogou o seu último jogo pelo AC Milan, o seu clube de sempre!

Para mim, Maldini foi um dos melhores defesas que vi actuarem! Um belíssimo jogador!

 

Filho de um jogador mítico do AC Milan (César Maldini – que foi um defesa que também coleccionou títulos no clube, como por exemplo uma taça dos campeões europeus), entrou nas camadas jovens do clube aos 10 anos e estreou-se pela equipa principal em Janeiro de 1985 com apenas 16 anos frente à Udinense.

Começou a carreira como defesa esquerdo e ao longo do tempo foi passando a jogar com mais insistência no centro, tendo terminado a carreira quase como libro.
Fez 25 épocas ao mais alto nível na equipa do AC Milan, tendo conquistado 7 Campeonatos Italianos, 1 Taça de Itália, 5 Supertaças Italianas, 5 Ligas dos Campeões (tendo estado em 7 finais!), 5 Supertaças Europeias e 3 Mundiais de clubes (sendo que dois deles foram apenas Taças Intercontinentais).
Pelo seu clube, fez mais de 900 jogos, sendo de invejar os 118 jogos na Liga dos Campeões!
Marcou 33 golos, sendo de realçar que marcou o golo mais rápido em uma final de Liga dos Campeões, aos cinquenta e um segundos de jogo, frente ao Liverpool, em 2005.
Também pela selecção conseguiu um registo de sucesso, disputou o seu primeiro jogo pela selecção A com 19 anos e envergou essa camisola por 126 vezes, tendo marcado 7 golos. Pela selecção não ganhou nenhum título, ainda assim foi vice-campeão mundial em 1998 e europeu em 2000. Retirou-se da selecção aos 34 anos após o mundial de 2002.
De salientar ainda que em 1995, Maldini foi escolhido pela FIFA como o segundo melhor jogador do mundo, perdendo para seu companheiro de equipa George Weah.
Em sua homenagem, o AC Milan mandou retirar a sua camisola com o número 3. Esta camisola somente voltará a ser usada por um dos seus filhos. O que poderá vir a acontecer, já que o seu filho Cristhian já treina nas categorias de base do clube.
publicado por Spaceship às 12:47
Foi, sem dúvida, um grande campeão...já não há jogadores assim, que se mantêm no clube do coração toda a carreira.
Para além de Maldini, há também a destacar o adeus de Figo...outro grande campeão com uma carreira ímpar.
Olha-se para os jogadores de hoje (vide Cristiano Ronaldo, Miguel Veloso...) e para estes e as diferenças de carácter são enormes...hoje em dia, os imbecis que acham que são o centro do Universo estão em maioria...só dá cromos!
Enfim, parece que, a pouco e pouco, os jogadores que eu comecei a ver jogar quando ainda era uma criança estão a terminar (ou já terminaram) a carreira...o tempo passa a correr...

P.S.: apenas uma pequena correcção...o Maldini foi vice-campeão do mundo em 1994 e não 1998 (em 1998, a Itália foi eliminada pela França nos quartos-de-final...esse jogo foi a penáltis e o Di Biaggio falhou o penálti decisivo...atirou à trave).
Joca a 2 de Junho de 2009 às 14:28
Tens toda a razão Joca.. A Itália foi vice-campeã no mundial de 94 nos EUA e não em 98 como tu muito bem referiste! Obrigado pela chamada de atenção! Uma das fontes de onde retirei a informação estava errada.
Tenciono também fazer um post de despedida ao Nedved e outo ao Figo.. Ficam para breve..
Spaceship a 2 de Junho de 2009 às 15:05
É com inteira justiça tudo aquilo que é referido neste post!!
Maldini um senhor do futebol, vencedor de inúmeros titulos, um atleta de eleição pois só dessa forma se consegue jogar num clube de alto nivel como é o Milan até aos 41 anos, e sempre com enorme elegância. Fazem falta ao futebol jogadores como ele, e ao mesmo tempo também digo que começam a escacear.
Só uma questão: pareceu-me ler qualquer coisa relativa ao seu jogo de despedida, onde foi vaiado pelos adeptos ou qualquer coisa parecida..alguém sabe o que aconteceu??

P.S. Só uma pequena comparação/provocação: apesar de ter jogado até aos 41 anos, e sempre num colosso mundial, não conseguiu superar o número de títulos do GIGANTE VITOR BAÍA!!! São factos...
AR a 3 de Junho de 2009 às 19:43
Eu não quero ligar muito à tua provocação, porque quem ganha os campeonatos e as taças são as equipas e o conjunto dos jogadores e não um jogador individualmente.. Além disso, o Baia ganhou imensos títulos, mas sobretudo em Portugal, alguns em Espanha e alguns a nível internacional.. Enquanto o Maldini ganhou todos os sues títulos em Itália (onde a competitividade é muito superior à de Portugal e talvez seja ao nível de Espanha - sendo que no país irmão existem dois crónicos candidatos e depois apareça mais ou dois concorrentes, enquanto que em Itália há sempre mais candidatos ao título) e a nível internacional..
É preciso frisar que Maldini ganhou 5 das 7 finais da liga dos campeões / taça dos campeões europeus que disputou (sendo que uma foi extremamente dificil contra o Glorioso SLB) e ganhou as 5 supertaças europeias que disputou (tendo ganho uma ao FCP).
Não é bem assim...em Espanha, só nos últimos anos, Valência (2 vezes), Corunha, Barcelona e Real Madrid, venceram o campeonato.

Quanto ao Maldini, não percebi os assobios...houve quem dissesse que foi por o Milan ter perdido...quanto a esse jogo, não foi o jogo de despedida, mas sim o último jogo em San Siro...o último jogo do Maldini foi com a Fiorentina, em Florença.
Joca a 4 de Junho de 2009 às 13:04
Em Espanha, está sempre o Barça, o Real e mais um.. Que nos últimos anos foi o Valência e antes havia sido o Corunha.. É preciso recuar muitos anos para ver outros campeões como o Atlético de Bilbau ou Atlético de Madrid.
Em Itália, e se excluirmos o efeito do calciocaos, está sempre o AC Milan, o Inter, a Juve e a Roma.. e ainda houve a Lazio como outsider durante uns anos.. se recuarmos para a decada de 80 e inicio de 90, ainda houve a Sampedoria, o Napoles e o Verona.. ainda mais antigo, o Torino ou a Fiorentina..
Itália já teve 16 equipas diferentes a vencerem o campeonato, enquanto Espanha teve 9 (e nós, 5..)
E em Itália é o Milan, Juventus e Inter (sendo certo que o Inter já não vencia a Serie A, se não me engano, desde 1990 e só com o calcio caos é que conseguiu voltar a vencer).
Desde a década de 80, em Itália foram campeões o Milan, Juventus, Inter, Roma, Lázio, Sampdória e Verona...em Espanha, Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid, Valência, Corunha, Real Sociedad e Atlhetic Bilbao...ou seja, 6 campeões diferentes em cada país.

P.S.: Pode-me ter passado algum campeão em qualquer dos países, mas acho que me lembrei de todos.
Joca a 4 de Junho de 2009 às 15:40
Esqueci-me do Nápoles...
Joca a 4 de Junho de 2009 às 15:53
Sim.. mas repara que em Espanha, é sempre decidido entre Real e Barça.. Num ou noutro ano, lá aparece um dos outros a intrometer-se lá na frente.. Sendo que desde 80, cada um dos outros tem 1 ou 2 campeonatos no maximo..
Em Italia, tens sempre o Inter, o Milan, a Juve, a Roma e um dos outros na luta pelo título (em Itália ainda se poderia adicionar a Fiorentina à lista de candidatos que referi anteriormente, que mesmo nunca tendo ganho, andou muitos anos na luta).
Mas isto acaba por ser uma discussão ridicula.. O Baia tem mais títulos e ponto final!
Spaceship a 4 de Junho de 2009 às 16:30
Com certeza foi um ótimo jogador sim.
fernanda a 15 de Junho de 2009 às 23:24

Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
20
21
22
24
25
27
28
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
ele é tudo o que disseram dele e muito mais....tiv...
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO