Terça-feira, 15 DE Setembro 2009

Será que é verdade? Não quero aqui levantar nenhuma polémica nem sequer iniciar a discussão sobre um assunto que não presenciei, nem sequer envolveu a minha equipa.

Venho apenas mostrar o que alguns “órgãos de comunicação social” fazem para terem notícias e matérias de suposta investigação jornalística. Não estando aqui em discussão a reputação deste “órgão de comunicação social”, apenas gostaria de saber como se pode comprovar que de facto a pessoa entrevistada era apanha-bolas nesta altura, e que estaria no estádio das Antas neste jogo, mais precisamente, como é que o comum dos mortais pode verificar se esta pessoa de facto estava ou não no “local do crime” ou se será apenas para atirar poeira para os olhos dos seus leitores e para os adeptos zbordem lisbon?
Atentem ao jornalismo de investigação levado a cabo pelo jornal oficial do clube de Alvalade:
 
 

«Muitos ainda escrevem que o golo foi «limpo», alguns acreditam nisso. Quase 35 anos depois, o verdadeiro autor do golo do nevoeiro, num célebre FC Porto-Sporting, José Maria Ferreira de Matos, explicou ao jornal Sporting como tudo aconteceu naquela tarde de nevoeiro. Actualmente a trabalhar em Lisboa, o ex-apanha-bolas da formação «azul e branca» e árbitro amador, mostrou-se arrependido pelo seu acto irreflectido.

JORNAL SPORTING – De que se lembra desse dia?
JOSÉ MARIA FERREIRA DE MATOS – Lembro-me do intenso nevoeiro que estava. Antes do jogo, o «chefe» dos apanha-bolas, o Valter Leitão, distribuiu-nos pelo campo e mandou-me para trás da baliza. Recordo-me que o Sporting começou a ganhar. Na segunda parte, a vantagem continuava do Sporting, mas nunca pensei em fazer o que acabaria por fazer. Eu era conhecido pelas asneiras que fazia, mas também nunca ninguém pensou que fizesse o que fiz.

– Como foi o lance?
– Não sei bem como a bola chegou a mim, mas sei que ela veio ter comigo e vi o Gomes a pôr as mãos na cabeça. Sem pensar, dei uns passos e fui até ao canto da baliza, meti a bola lá dentro e fugi para o mais longe possível. Então, vejo o Damas a ralhar comigo, mas eu pirei-me para trás do ‘bandeirinha’; ele já tinha a bandeirola no ar a assinalar o golo. Foi quando os jogadores do Sporting correram para o árbitro, a reclamar. Aí o juiz, que julgo não ter visto bem o lance, começou a mostrar cartões.
 
(…)»
 
 
A entrevista pode ser lida na integra em: http://www.sporting.pt/Info/Noticias/noticiasgerais_jornalosporting_entrevistajosemariaferreiramatos_0_53774.asp
 
PS – Peço desculpa a todos por incluir neste bolg matéria de um pasquim clubistico, mas achei piada ao facto de tentarem desenterrar algo que sucedeu à quase 35 anos..
publicado por Spaceship às 10:02

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
19
20
26
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
ele é tudo o que disseram dele e muito mais....tiv...
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO