Terça-feira, 27 DE Outubro 2009

Mais uma vitória do Benfica, contra uma equipa fraquinha.

 

Este Benfica continua a não convencer pois, apenas consegue ganhar por muito a equipas fracas. Não é uma equipa demolidora como o FCP que consegue ganhar em casa por 3-2 ao último classificado.

 

O Benfica apenas conseguiu ganhar por 6-1 ao 4º classificado, o Nacional, equipa essa como sabemos ser fraquinha.

 

Aliás o Benfica até ao momento em 8 jogos apenas 30 golos, contra o avassalador ataque do FCP com 18 golos.

 

 Aproveito ainda para mostrar vergonha pelo meu treinador que não sabe contar, pois apenas levantou quatro dedos quando devia ter levantado seis.

 

 p.s: Obviamente que Jesus teria tido mais nível se apenas tivesse levantado o dedo do meio, como fazem outros treinadores

 

 

publicado por lmb às 00:57
Vou esperar pelo jogo de hoje para analisar toda a jornada, mas acho que em relação ao Benfica, para além dos 30 golos em 8 jornadas, penso que podemos ainda realçar que nos 14 jogos oficiais, o Benfica fez 48 golos, o que dá uma média de 3,43 golos por jogo..
Mesmo na Europa, onde o Benfica já pereu por duas vezes, tem 12 golos em 5 jogos (média de 2,40 por jogo)..
É sem sombra de dúvidas um ataque muito forte, onde para além da categoria e do bom momento de forma dos jogadores, acho que é de destacar a filosofia trazida por este treinador, que nunca descansa e que, independentemente do resultado, obriga sempre os jogadores a correrem e a pressionarem para procurarem mais golos.
Gosto da atitude!
Spaceship a 27 de Outubro de 2009 às 09:22
Pois bem,
Quanto à jornada, aguardo pelo fim para fazer os meus comentários. Não faço qualquer comentário à excitação do sr Ika, pois e como ele muitas vezes refere o que me interessa é que neste momento, embora pareça não ser, o Benfica e o Braga comandam o campeonato com 3 pontos de avanço. Parece que já há campeão mas estamos muito longe...
Depois lamento profundamente a atitude quer do sr Ika quer do sr spaceship. Ambos parecem, e digo parecem pois não quero acreditar que se revejam na atitude vergonhosa, sem dignidade do individuo que é treinador do benfica. É daqueles que nunca será um digno campeão, pois quem não sabe ganhar nunca será grande.
Quanto ao infeliz apontamento do sr ika, que continua a dormir e acordar a pensar do seu maior pesadelo, o FCP, refiro que o gesto do Prof. Jesualdo foi devidamente sancionado. No entanto, e apesar de considerar nada de comparável, foi um gesto dirigido ao momento, e não um gesto reiterado de provocação mesquinha a UM COLEGA DE PROFISSÃO!! Se tens verticalidade e educação como sei que tens deves compreender, não faças a ceguez clubistica fazer te perder os principios de boa educação.
AR a 27 de Outubro de 2009 às 10:02
O Jesus sempre foi um pavão e convencido e muito pouco humilde. Já o era antes de ir para o Benfica. Agora no Benfica continua o mesmo. Entre ele e o Manuel Machado existe uma rivalidade com muitos anos. São anos e anos a trocarem bocas e piadinhas um ao outro.

O Jesus tinha aquela do "fico orgulhoso de ficar à frente do mestre da táctica" encravada na graganta. À primeira oportunidade vingou-se.

Na minha maneira de estar na vida eu não teria uma atitude daquelas, mas a grande parte das pessoas quando tem algum ressentimento com outro, mal possa vingar-se ou atirar a cara do outro alguma coisa, fá-lo. O Jesus apenas fez o que a maior parte dos seres humanos infelizmente fazem.

Mas atitudes destas são idênticas a mandar calar os adeptos da equipa da casa, a ir festejar golos para junto da bancada dos adversários. Aliás o melhor treinador do Mundo tem atitudes muito parecidas com esta, e não vejo iguais criticas da tua parte, caro AR.

E comparar uma pequena provocação a um adversário com um gesto ordinário como aquele que o Jesualdo não faz qualquer sentido.

lmb a 27 de Outubro de 2009 às 10:17
AR, relativamente ao gesto do Jesus, já disse tudo no post sobre esse tema..
Relativamente às faltas de respeito para com colegas de profissão, acho que toleramos bem melhor estas provocações mesquinhas entre treinadores, do que as agressões violentas entre jogadores..
Assim como vocês me chamaram a atenção para o exagerado esbracejar e o uso dos cotovelos pelo David Luiz nos jogos iniciais do campeonato, também eu gostava de vos chamar a atenção para um lance entre Bruno Alves e Songu.. Depois dos puxões e empurrões, há uma queda e um pézinho malandro a atingir a cabeça do jogador da Académica.. Para mim, este tipo de situações, é bem pior e muito mais grave para com os colegas de profissão..
Spaceship a 27 de Outubro de 2009 às 11:50
1 - Se o treinador do meu clube fizesse o gesto em causa eu limitava-me a censurá-lo.
Como já viram noutros temas (salários e comissões na SAD do F.C.Porto), não tenho qualquer problema em criticar aquilo que se passa no meu clube.
Já outras pessoas, em vez de se limitarem ao gesto em causa, tentam desconversar...é triste!

2 - Lances do jogo benfica - Nacional:
a) quantos aos possíveis foras-de-jogo no "golo" anulado ao benfica e no golo do Nacional, para mim, quer um, quer outro são casos idênticos...são lances de muito difícil análise...admito que o fiscal-de-linha marque ou não os foras-de-jogo;
b) "penálti" sobre o Aimar, que deu origem ao 3-1...ridículo!!!!!!
c) 0 4-1 começa com uma falta clara do Javi Garcia (os benfiquistas deste blog falam tanto do Bruno Alves, mas ainda não os ouvi dizer nada sobre o Javi Garcia...já não via um caceteiro assim há muito tempo...atenção que isto não invalida que eu o ache um bom jogador...ao contrário de outros, não sou faccioso);
d) há quem diga que o Patacas devia ter visto o2.º amarelo na 1.ª parte, numa falta que cometeu sobre o Di Maria...ridículo!!! Há apenas um toque normalíssimo e o Di Maria faz uma fita descomunal (nada de novo, aliás).
Em conclusão, gostaria de fazer notar que com o jogo completamente em aberto (estava 2-1), o benfica, com 2 golos claramente irregulares, resolve o jogo, passando a vencer por 4-1...só não vê quem não quer.

3 - Já que alguém falou no jogo do F.C.Porto, aqui fica o que eu penso:
a) quanto ao lance do 3.º golo do F.C.Porto, aquilo que eu penso é o que já referi relativamente ao que ocorreu no jogo do benfica...é daqueles lances muito difíceis de ajuizar...nestes lances, admito que o fiscal-de-linha marque fora-de-jogo ou não marque;
b) no 2.º golo da Académica há mão de Sougou, logo, devia ter sido anulado;
c) quanto ao lance do Bruno Alves, acho que não se passou nada de especial...vocês só levantam essa questão por ter sido o Bruno Alves o envolvido no lance.
Joca a 27 de Outubro de 2009 às 12:11
1) Censurei e condenei os gestos de Jesus. Apenas falei noutras situações que ocorreram por achar que os comentários do post inicial eram demasiado inflamados e não justificavam tamanha contestação face a outros gestos recentes e mais graves!
2) Nos lances de fora-de-jogo, há fora de jogo no golo do Nacional e não há no do Benfica que foi anulado. Logo, em duas situações iguais, há duas análises diferentes, que beneficiam ambas o Nacional.. O penalty mal assinalado, embora tenha tido influencia sobre um resultado em aberto, é preciso referir que esse resultado estava em aberto porque o arbitro validou um golo em fora-de-jogo ao Nacional e anulou um limpo ao Saviola.. Logo, quer este lance, quer o do 4-1 acabam por ser apenas mais dois casos numa péssima arbitragem que inicialmente prejudicou o Benfica e no fim o Nacional, no fim, é capaz de ter ficado ela por ela..
3) So ia falar no jogo do FCP na análise da jornada, mas concordo com a tua analise aos golos, no final, á vitoria é justa.. Qt ao Bruno Alves, apenas fiz essa advertência por causa do respeito pelos colegas de profissão que o AR defendia. Para mim, agressões e jogadas violentas são bem mais graves que os gestos e as picardias de treinadores. Claro que há agressões e violências em mais estádios e mais equipas, só referi a do Bruno Alves por ser mais próxima em termo de tempo e por todos nós termos visto de certeza!
Spaceship a 27 de Outubro de 2009 às 13:00
Meus caros,
Já dei a minha opinião sobre o principal tema deste post. No entanto chamaram à colação o o lance do Bruno Alves. Considero que nada de anormal se passou, não considero sequer que seja uma agressão. Incrivel a noticia tendenciosa do jornal Record sobre este tema.
E reitero ainda que, acho mais normal atitudes entre jogadores no calor do jogo, desde que não seja falta de dignidade como seja cuspidelas. Portanto, e em resposta directa ao meu caro Spacship, não vejo qualquer algressão, muito menos falta de respeito sobre um colega de profissão por parte do Bruno. Mais, o proprio Sougou já referiu, aliás como muitos outros colegas de profissão que não houve qualquer intenção do Bruno Alves, nem tão pouco o consideram um jogador violento, apenas duro como se quer um central.
AR a 27 de Outubro de 2009 às 14:37
Eu não vi o jornal Record, mas posso dizer que o jornal Ojogo também falava em agressão e ponderava a hipótese de haver sumaríssimo (hipótese entretanto já retirada pelo próprio jornal porque o arbitro ajuizou esse lance e referiu-o no relatório, não dando qualquer relevância ao facto).
Sei que entretanto já nos afastámos e muito do tema, mas noto que quando o Bruno Alves emprega o seu físico e os braços nas disputas de bola, vocês queiram ver isso como uma atitude normal de um jogador duro e forte que decorre do calor do jogo, mas quando o David Luiz faz o mesmo, venham falar sempre em jogo faltoso..
Para mim, qualquer lance em que alguém use violência em demasia e que possa pôr em perigo um adversário, é jogo perigoso e é uma falta de respeito para com o colega de profissão.. É bem mais grave uma bota ou um cotovelo na cabeça de um adversário do que um gesto com os dedos a fazer 4.. Tenham paciência!
Spaceship a 27 de Outubro de 2009 às 15:01
Caro Spaceschip,
Temos prespectivas diferentes, o treinador é o general o orientador de homens, e como tal terá que ser sempre superior. Tu achas a mesma coisa, discordamos. Aliás como da análise que fazemos das atitudes do mourinho, ou Jesualdo. Mas viva a democracia!!
AR a 27 de Outubro de 2009 às 15:56
Obviamente que o treinador (assim como os dirigentes e presidentes) têm que ser os primeiros a dar o exemplo e têm que manter sempre a calma para não inflamarem os ânimos e não darem azo a que haja maiores conflitos nos relvados ou bancadas..
Sempre fui de opinião que os gestos de Jesus foram completamente desnecessários, evitáveis e condenáveis.. Mas acho que, no passado recente, houve piores..
De qualquer modo, acho hilariante as explicações dadas por Jesus na conferência de imprensa para explicar os gestos.. Já tinha ouvido belas desculpas, mas estas roçam o sublime!
Spaceship a 27 de Outubro de 2009 às 16:41

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
17
19
20
21
24
25
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
ele é tudo o que disseram dele e muito mais....tiv...
eu estava a nascer mas nesse ano a unica coisa que...
Correctíssimo ao dizer página mais negra da nossa ...
Então por que foi irradiado o Calabote?
Grande cabrinha... uma pessoa humilde.. de um cora...
....sou benfiquista " desde pequenino", ouvi o rel...
Oferecido de empréstimo ao privadosEstou pronto pa...
Oferecido de empréstimo entre detalheSão detalhe n...
Calabote ter sido erradicado (pois se fosse irradi...
benfica é o lider como a aguea e ...
Posts mais comentados
54 comentários
39 comentários
32 comentários
30 comentários
28 comentários
26 comentários
blogs SAPO